???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9846
Tipo do documento: Dissertação
Título: A produção acadêmica sobre o componente curricular Filosofia no Ensino Médio (2004-2013)
Título(s) alternativo(s): The academic production on the Philosophy curricular component in High School (2004-2013)
Autor: Mineiro, Francisco Valmir Soares 
Primeiro orientador: Ponce, Branca Jurema
Resumo: Esta pesquisa, inserida no Programa de Pós-graduação em Educação: Currículo da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUC/SP, na linha de pesquisa Políticas Públicas e Reformas Educacionais, tem como objetivo geral traçar um panorama da produção acadêmica sobre o componente curricular filosofia no Ensino Médio, buscando identificar que aspectos, dimensões e particularidades podem ser destacados a partir dessa produção no período de 2004 a 2013, em artigos científicos dos periódicos classificados em estratos A1, A2, B1 e B2, e em dissertações de mestrado e teses de doutorado. Os objetivos específicos são: a) evidenciar aspectos e peculiaridades da produção acadêmica sobre o ensino de Filosofia no nível médio da Educação Básica, no período de 2004 a 2013; b) verificar em que instituições e regiões do Brasil a construção de conhecimento sobre o tema tem sido mais farta; c) aferir se o ano de 2008 foi um marco para o aumento da produção sobre o tema; d) identificar o comprometimento das áreas de Filosofia e de Educação com a produção de conhecimento sobre o componente curricular filosofia no Ensino Médio. Para alcançar os objetivos propostos, utilizou-se o recurso metodológico denominado Estado do Conhecimento para identificar as principais temáticas que têm demarcado a produção de conhecimento sobre o assunto, bem como as possíveis lacunas existentes e campos inexplorados pela comunidade acadêmica sobre o componente curricular filosofia no Ensino Médio. Para tratar dos inúmeros desafios que se apresentam a essa etapa da Educação Básica, contou-se com as contribuições de Krawczyk (2009, 2011), Moehlecke (2012), Frigotto e Ciavatta (2003) e Carneiro (2012). Em relação ao componente curricular filosofia, pautou-se, entre outros, em Severino (2009, 2010, 2011, 2012). Para pensar as atribuições que emergem do currículo e de sua construção, recorreu-se às reflexões de Gimeno Sacristán (2000, 2002, 2013), Chizzotti e Ponce (2012), Moreira e Candau (2007). O estudo do Estado do Conhecimento da produção acadêmica possibilitou constatar a grande contribuição dos Programas de Educação na construção de conhecimentos sobre o componente curricular filosofia: 96% da produção sobre o tema advém dos Programas de Pós-graduação em Educação e 4% dos trabalhos dos Programas de Filosofia. Constatou-se, também, que, na região sudeste, produziu-se um número consideravelmente maior de trabalhos sobre o tema, destacando-se três núcleos: a UNICAMP, a PUC/SP e a UNINOVE. Após a promulgação da Lei 11.684/2008, configurou-se uma ampliação do debate sobre o ensino de Filosofia no Ensino Médio na comunidade científica. A conquista pela legitimação do componente curricular; a consolidação da identidade, como disciplina curricular autônoma, que só se realiza na ação-reflexão da prática docente, desafia a pesquisar sobre a presença da Filosofia no Ensino Médio brasileiro e de que maneira a comunidade acadêmica têm se posicionado a respeito. Defende-se que o componente curricular Filosofia desenvolva seu papel e contribua com a formação de sujeitos autônomos
Abstract: This research, linked to the Graduate Program in Education: Curriculum of the Pontifical Catholic University of São Paulo - PUC/SP, of the research line Public Policy and Educational Reforms, has as main objective to draw an overview of the academic production on the Philosophy curricular component in High School, trying to identify what aspects, dimensions and characteristics can be distinguished from 2004 to 2013 production, in papers of scientific journals classified into A1, A2, B1 and B2 strata, and master's and doctoral theses. The specific objectives are: a) show aspects and peculiarities of academic production on Philosophy teaching at the secondary level of Basic Education in the 2004-2013 period; b) verify in what institutions and regions of Brazil the construction of knowledge on the subject has been more abundant; c) verify whether 2008 was a milestone in the increase of production on the subject; d) identify the commitment of the areas of Philosophy and Education with the production of knowledge on the Philosophy curricular component in High School. To achieve the proposed objectives, we used the methodological resource known as Knowledge of the State to identify the main themes that have marked the production of knowledge on the subject, as well as possible gaps and unexplored fields by the academic community on the Philosophy curricular component in High School. To address the numerous challenges presented at this stage of Basic Education, we counted on the contributions of Krawczyk (2009, 2011), Moehlecke (2012), Frigotto and Ciavatta (2003) and Carneiro (2012). Regarding the Philosophy curricular component, among others, we were guided by Severino (2009, 2010, 2011, 2012). To think about the attributions that emerge from the curriculum and its construction, we appealed to the reflections of Gimeno Sacristán (2000, 2002, 2013), Chizzotti and Ponce (2012), Moreira and Candau (2007). The study of the state of knowledge of academic production enabled to note the great contribution of the Education programs in the construction of knowledge about the Philosophy curricular component: 96% of production on the subject come from Graduate Programs in Education and 4% of the work from Philosophy Programs. We verified also that in the Southeast region a considerably larger number of academic works on the topic were produced, we highlight three centers: UNICAMP, PUC/SP and UNINOVE. After the enactment of the11,684/2008 Law, a broadening of the debate on Philosophy teaching in High School was set in the scientific community. The conquest for the legitimization of the curricular component; the consolidation of identity, as an autonomous curricular discipline, which only takes place in the action-reflection teaching practice, challenges to research on the presence of Philosophy in the Brazilian High School and how the academic community has positioned themselves about it. We advocate that the Philosophy curricular component develops its role and contributes to the formation of autonomous individuals
Palavras-chave: Filosofia
Componente curricular Filosofia
Estado do conhecimento
Filosofia no Ensino Médio
Philosophy
Philosophy curricular component
State of knowledge
Philosophy in High School
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::CURRICULO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo
Citação: Mineiro, Francisco Valmir Soares. The academic production on the Philosophy curricular component in High School (2004-2013). 2015. 131 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9846
Data de defesa: 29-Jul-2015
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Francisco Valmir Soares Mineiro.pdf2,57 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.