???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/979
Tipo do documento: Dissertação
Título: Compliance como ferramenta de mitigação e prevenção da fraude organizacional
Título(s) alternativo(s): Compliance as a mitigation and prevention tool for organizational fraud
Autor: Santos, Renato de Almeida dos 
Primeiro orientador: Amorim, Maria Cristina Sanches
Resumo: Fraude é um fenômeno sistêmico que provoca rupturas no tecido social e vultosos prejuízos às organizações governamentais e privadas e, em última instância, ao cidadão. A literatura sobre esse fenômeno ainda é polêmica quanto aos conceitos e indicadores. Os indicadores possíveis são obrigatoriamente indiretos e devem ser utilizados com cuidado. Para lidar com as dificuldades teóricas e de mensuração, propõe-se estudar o fenômeno da fraude na dimensão da percepção moral do indivíduo, com intuito de estimular o desenvolvimento de programas de compliance visando mitigar o risco e controlar a fraude nas organizações, por meio de instrumentos formais e de ações relativas à cultura. O objetivo deste trabalho é aprofundar o conhecimento de fatores que influenciam a decisão do indivíduo no cometimento de fraude em organizações privadas e avaliar os resultados da implantação de programas de compliance na percepção moral dos indivíduos destas organizações. O referencial teórico concentrou-se na revisão conceitual sobre fraude, tendo como base teórica o Triângulo da Fraude (CRESSEY, 1953) e ferramentas de compliance. A pesquisa está baseada em dados secundários cedidos pela ICTS Global, empresa internacional especializada na redução de riscos. Trata-se de uma amostra não probabilística por conveniência, realizada entre os anos de 2004 e 2008, com funcionários e candidatos de 74 empresas privadas situadas no Brasil, em que número final de indivíduos pesquisados totalizou 7.574. Por se tratar de uma pesquisa de tipo exploratória, realizaram-se diversos testes estatísticos baseados em nove indicadores de percepção moral do índice de Análise de Aderência à Ética (AAE). Os dados obtidos com a pesquisa indicam que, na raiz da fraude, está a fragilidade dos princípios éticos; entretanto, o contexto (ou, pressão situacional) e a oportunidade se combinam na produção de atos corruptos ou em conformidade, em que ferramentas de compliance não estancam a problemática da fraude, mas sua inexistência fortalece esse fenômeno
Abstract: Fraud is a systemic phenomenom that provokes ruptures in the social tissue and massive damages to private and governmental organizations, and, ultimately, to the citizens. The literature about this phenomenom is still polemic in the matter of concepts and indicators. The possible indicators are necessarily indirect, and must be handled with caution. To deal with the theoretical and measuring difficulties, this work proposes to study the fraud phenomenom in the dimension of the individual's moral perception, with the goal of stimulating the development of compliance programs that aim to mitigate the risk and control fraud in organizations, through formal instruments and culture related actions. The purpose of this work is to deepen the knowledge about the factors that influence the individual's decision to commit fraud in private organizations, as well as to evaluate the results of the implementation of compliance programs on the moral perception of the individuals from these organizations. The theoretical referential is centered in a conceptual review about fraud, having as theoretical base the Fraud Triangle (CRESSEY, 1953) and compliance tools. The research is based in secondary data provided by ICTS Global, an international company specialized in risk reduction. The data consists in a non-probability convenience sampling, conducted between 2004 and 2008, with employees and candidates of 74 private companies in Brazil. The final number of individuals researched was 7,574. Because it was an exploratory type of research, many different statistic tests were made, based on nine indicators of moral perception from the Analysis of Adherence to Ethics index (AAE). The data obtained by the research indicates that there is a fragility of the ethical principles in the root of the fraud, although the context (or the situational pressure) and the opportunity are combined in the production of acts of corruption or in conformity. It also indicates that the compliance tools do not hinder the problematic of fraud, but its inexistence strengthens this phenomenom
Palavras-chave: Fraude
Corrupção
Ética nas organizações
Fraud
Corruption
Compliance
Ethics in organizations
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Administração
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração
Citação: Santos, Renato de Almeida dos. Compliance as a mitigation and prevention tool for organizational fraud. 2011. 103 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/979
Data de defesa: 11-May-2011
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Renato de Almeida dos Santos.pdf824,87 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.