???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9762
Tipo do documento: Tese
Título: A política de cotas na UEPG: em busca da democratização da educação superior
Título(s) alternativo(s): Policy of quotas at the State University of Ponta Grossa: in search of the democratization of higher education
Autor: Krainski, Luiza Bittencourt 
Primeiro orientador: Ponce, Branca Jurema
Resumo: O presente estudo refere-se a um dos temas centrais no campo da educação superior: a expansão e a democratização do acesso aos cursos superiores. O objetivo geral desta pesquisa foi acompanhar as ações da Universidade Estadual de Ponta Grossa, Paraná, em relação à Política de Cotas, identificando os avanços e as dificuldades vividas. Implantada inicialmente para o período de 2007 a 2014, sua continuidade foi proposta por mais oito anos, a vigorar a partir de 2015. Compreender os fatores que interferem na trajetória acadêmica dos estudantes cotistas em diferentes cursos é fundamental para a elaboração de políticas que possibilitem o amplo direito à educação. A implantação das ações afirmativas, dentre as quais as Políticas de Cotas nas universidades, constituem uma das ações que visam favorecer estudantes egressos de escolas públicas e negros. A concepção que norteia este trabalho é de que o processo de democratização compreende o acesso, a permanência dos estudantes e a qualidade das ações desenvolvidas. Para o encaminhamento desta pesquisa, realizou-se um estudo de caso por entender que essa modalidade de pesquisa possibilita reunir informações sobre um fenômeno contemporâneo dentro de seu contexto. O percurso metodológico envolveu revisão bibliográfica da literatura, pesquisa documental através de documentos oficiais de organismos internacionais, legislação nacional, planos e programas de governo, leis e documentos institucionais da UEPG, entrevista semiestruturada e questionários abertos. Os dados coletados foram tratados na perspectiva de análise de conteúdo, obedecendo às etapas da ordenação, classificação e análise dos dados. Os sujeitos entrevistados são gestores participantes do processo de implantação da Política de Cotas e representantes atuais de órgãos vinculados à política e, alunos ingressantes pela Política de Cotas nos cursos que apresentam maior e menor demanda no vestibular. Os diferentes instrumentos utilizados com gestores e acadêmicos possibilitaram identificar elementos fundamentais para a construção das categorias de análise. Os resultados do estudo demonstram que a Política de Cotas da UEPG vem favorecendo o acesso dos alunos egressos de escolas públicas e, em menor quantidade, de negros. Na trajetória universitária, esses alunos apresentam dificuldades em relação aos conhecimentos adquiridos no Ensino Fundamental e médio, mas procuram suprir em estudos coletivos. A entrada na universidade é acompanhada por um processo de afiliação, ao mesmo tempo institucional e intelectual. No entanto, essa trajetória nem sempre vem acompanhada de uma política institucional que contribui na permanência desses alunos na universidade. Ao trazer o olhar dos estudantes cotistas e dos gestores, esta pesquisa procura contribuir no aprimoramento de ações e políticas institucionais de permanência e de acompanhamento dos alunos pela instituição
Abstract: The present study refers to one of the central themes in higher education: the spreading and democratization of access to university courses. The general aim of this research consists in following the actions of the State University of Ponta Grossa, Paraná, with regards to the Policy of Quotas, to identify the advances and difficulties. Introduced in the period from 2007 to 2014, it continued for another eight years starting as from 2015. Understanding the factors that interfere in the academic path of the students from different courses, is fundamental for elaborating policies which give ample rights to education. The introduction of affirmative actions, among which the Policy of Quotas in the universities, are one of the actions whose aim is to favor students from state schools and black students. The concept supporting this work is that the process of democratization includes the access of the students, the permanence as well as the quality of the actions worked on. For this research, a case study of the exploratory type was done as it was thought that this type of research allows to gather information from a contemporary phenomenon in its real life context. The methodology included a bibliographic revision, a documental research with official documents from international organizations, national legislation, government plans and programs, laws and institutional documents from the State University of Ponta Grossa, semi-structured interviews and open questionnaires. The data collected was seen under the perspective of content analysis, obeying the phases of ordering, classifying and data analysis. The subjects who were interviewed were administrators who took part in the process of implanting the Policy of Quotas and current representatives of entities connected to the policy as well as students entering university by means of the Policy of Quotas in courses which present greater or lesser demand of candidates in the university entrance examination. The different tools used with administrators and students allowed to identify fundamental elements for the construction of categories of analyses. The results of this study show that the Policy of Quotas at the State University of Ponta Grossa favor the access of students from state schools and in smaller number, black students. During the university trajectory, these students present difficulties concerning knowledge acquired in elementary and secondary school but which they try to overcome in collective studies. Entrance into university is accompanied by a process of affiliation, institutional and intellectual. Nevertheless, this trajectory is not followed by an institutional policy which helps to keep these students at university. With regards to quota students and administrators, this research tries to contribute in the improvement of institutional action and policies related to the permanence and monitoring of the students in the institution
Palavras-chave: Educação superior
Política de cotas
Acesso e permanência
Higher education
Policy of quotas
Access and permanence
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::CURRICULO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo
Citação: Krainski, Luiza Bittencourt. Policy of quotas at the State University of Ponta Grossa: in search of the democratization of higher education. 2013. 194 f. Tese (Doutorado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9762
Data de defesa: 13-Dec-2013
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Luiza Bittencourt Krainski.pdf3,14 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.