???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9714
Tipo do documento: Tese
Título: A semente plantada: educação popular e o cultivo do realismo utópico nas áreas de assentamentos rurais
Autor: Pereira, Ernandes de Queiroz 
Primeiro orientador: Saul, Ana Maria
Resumo: A presente pesquisa apresenta uma análise sobre o processo de educação no contexto do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra - MST, no que tange a um projeto de educação alicerçado nas matrizes pedagógicas de pensamento crítico/emancipatório. Esta concepção inspirada nas ideias de Marx, Gramsci e na Pedagogia do Oprimido de Paulo Freire busca realizar processos educativos através da ação dialógica, como princípio gerador do processo de ensino-aprendizagem significativo. Este fazer educativo fundamentado nas práticas de educação popular decorrentes das próprias situações existenciais dos sujeitos estimula ações políticas de organização, de luta e emancipação dos setores populares da sociedade. Nesse processo, a ação educativa se articula entre o saber elaborado e a realidade, favorecendo experiências educativas libertadoras. Assim, a nossa pesquisa tem como objetivo geral analisar a relação entre as práticas de educação popular e o cultivo do realismo utópico nas áreas de assentamentos rurais conquistadas através da organização do MST no Cariri da Paraíba. Procuramos argumentar que a formação desenvolvida na matriz de educação popular conduzida pelo movimento social é enraizada na comunidade à medida que vai criando novas formas de reinventar e constituir um saber social/político em suas relações cotidianas. Para obter possíveis respostas aos nossos objetivos de pesquisa, adotamos a proposta metodológica que se inscreve no caráter qualitativo, apoiada em fontes secundárias, como levantamento bibliográfico e consultas a documentos; e em fontes primárias através de pesquisa de campo com entrevista semiestruturada e observação participante. A opção pela entrevista semiestruturada e pela observação participante é justificada por se revelarem instrumentos que favorecem o diálogo entre os sujeitos da pesquisa e o pesquisador, assim como a própria participação do pesquisador em atividades realizadas no local da pesquisa favorece a compreensão das experiências práticas vivenciadas no cotidiano dos assentamentos. A nossa análise identificou que O MST como instância de organização dos trabalhadores contribui para desenvolver um pensamento mais questionador sobre os problemas da realidade, e em parte a sua utopia revolucionária, apesar dos limites impostos pela estrutura do capitalismo e pelos limites teórico/críticos dos assentados aponta possibilidade de novos avanços. Foi possível constatar mudanças nas relações sociais e de trabalho nos assentamentos, nas quais os trabalhadores além de discutir e procurar resolver problemas internos também participam de outras esferas de relações fora dos assentamentos. Diante dos conflitos, das contradições e dos limites que envolvem o projeto utópico e a realidade constata-se a necessidade de avançar na articulação da teoria com a prática como condição fundante para efetivamente concretizar um movimento contra-hegemônico
Abstract: This research presents an analysis of the process of education in the context of the Movement of Landless Rural Workers - MST, with respect to a design education grounded in the pedagogical critical thinking / emancipatory. This design inspired by the ideas of Marx, Gramsci and the Pedagogy of the Oppressed by Paulo Freire seeks to accomplish through educational processes of dialogical action, as the generating principle of the teaching-learning meaningful. This make reasoned educational practices of popular education arising from subjects' own existential situations encourages political action organization, struggle and emancipation of the popular sectors of society. In this process, the educational action articulates drawn between knowledge and reality, favoring liberating educational experiences. Thus, our research aims at analyzing the relationship between the practices of popular education and cultivation of utopian realism of rural settlements in areas conquered by organizing the MST in Cariri of Paraíba. We seek to argue that the training in array of popular education conducted by the social movement is rooted in the community as vai creating new ways to reinvent and build a knowledge social / political in their everyday relationships. For possible answers to our research goals, we adopted the proposed methodology, which fits the qualitative character, based on secondary sources such as bibliographic queries and documents, and primary sources through field research with semi-structured interviews and participant observation. The choice of semi-structured interviews and the participant observation is justified because they have proved instruments fostering dialogue between the researcher and the research subjects, as well as the researcher's own participation in activities performed at the site of research favors the understanding of lived experiences in daily practice settlements. Our analysis has identified that as the MST instance of worker organization helps to develop a more questioning thinking about the problems of reality, and partly to its revolutionary utopia, despite the constraints imposed by the structure of capitalism and the theoretical limits / critical of the settlers points to the possibility of new advances. It was possible to observe changes in social relationships and work in the settlements, in which workers and to discuss and seek to resolve internal problems also participate in other spheres of relationships outside the settlements. Given the conflicts, contradictions and limits involving the utopian project and reality finds the need to advance the articulation of theory and practice as foundational condition to effectively implement a counter-hegemonic movement
Palavras-chave: Conscientização
Currículo
Educação popular
Realismo utópico
Awareness
Curriculum
Popular education
Utopian realism
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::CURRICULO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo
Citação: Pereira, Ernandes de Queiroz. A semente plantada: educação popular e o cultivo do realismo utópico nas áreas de assentamentos rurais. 2013. 226 f. Tese (Doutorado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9714
Data de defesa: 28-May-2013
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ernandes de Queiroz Pereira.pdf1,2 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.