???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9693
Tipo do documento: Dissertação
Título: Educar para o pensamento crítico: um estudo sobre a teoria de Adorno aplicada à educação
Autor: Marins, Alexandre Ricardo 
Primeiro orientador: Casali, Alipio
Resumo: O mundo contemporâneo tem presenciado diversas contradições sociais que estão associadas a crises profundas, difíceis de serem superadas. Como consequência dessas crises, percebe-se o crescente descompromisso com o processo de humanização emancipatória, ou seja, no lugar da consciência emancipada o que se promove é a alienação opressora que deteriora as condições de vida e a dignidade humana. Além dos problemas gerados por essas crises, a educação também tem sofrido com a opressão regida pelas classes dominantes que tentam impor suas ideologias através de programas educacionais que alienam e legitimam a manutenção do poder em suas mãos. Ao abandonar o compromisso com a reflexão e com o domínio do conhecimento, a educação escolar passou a apoiar tal situação. Diante dessas questões, e fundamentada nas ideias de Theodor Adorno, a presente dissertação de mestrado assume o objetivo de investigar a teoria desse pensador a respeito do significado e do alcance do pensamento crítico para a emancipação humana, identificando no ambiente educacional elementos de alienação que impedem tal emancipação e propondo pistas de reflexão para superá-los. Para tanto, valeu-se de pesquisa qualitativa exploratória, aplicada em um grupo de alunos concluintes do Ensino Médio de uma escola pública de referência, no interior do Estado de Minas Gerais. Como resultado, apresentam-se para discussão temas importantes como: a relação entre alienação, formação e trabalho; a dialética diante da consciência coisificada; a relação entre educação e poder; o papel do pensamento crítico na educação
Abstract: The contemporary world has been facing many social contradictions associated with deep and overwhelming crises. As a result of such crises, we can observe a growing disengagement with the process of emancipatory humanization, in other words, instead of an emancipated consciousness, there is in fact a strengthening of oppressive, deteriorating conditions concerning life and human dignity. Besides all the problems caused by such crises, education has also suffered the oppression imposed by the ruling classes which try to impose their ideologies through educational programs that alienate and legitimize the maintenance of the status quo according to their concerns. Abandoning the commitment to reflection and the domain knowledge, school politics began to support this scenery. Facing these issues, and based on the ideas of Theodor Adorno, this dissertation analyzes Adorno s views about the meaning and scope of critical thinking for human emancipation, identifying the alienation elements in the educational environment that prevent such emancipation. We also discuss his ideas to overcome them. To develop this study, we worked with a qualitative research, applied on a group of graduating high school students from a model public school in the State of Minas Gerais. As a result, we present a discussion of the most important topics we came across: the relationship between alienation, education and work; the dialectics concerning the reified consciousness; the relationship between education and power; the role of critical thinking in education
Palavras-chave: Teoria crítica
Alienação
Emancipação
Educação
Esclarecimento
Dialética negativa
Teoria estética
Critical theory
Alienation
Emancipation
Education
Enlightenment
Negative dialectics
Aesthetic theory
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::CURRICULO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo
Citação: Marins, Alexandre Ricardo. Educar para o pensamento crítico: um estudo sobre a teoria de Adorno aplicada à educação. 2013. 124 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9693
Data de defesa: 31-Jan-2013
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Alexandre Ricardo Marins.pdf1,36 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.