???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/951
Tipo do documento: Dissertação
Título: Gestão social e as relações de poder: um estudo de caso de uma rede do terceiro setor
Título(s) alternativo(s): Social management and relations of power: a case study within a third sector network
Autor: Vinhas, Fabíola Dapuzzo 
Primeiro orientador: Junqueira, Luciano Prates
Resumo: As Redes Sociais do Terceiro Setor estão baseadas nas relações entre atores, sejam pessoas e/ou instituições, em torno de objetivos e interesses comuns, a fim de melhorar a realidade social em que estão inseridas. Desse modo, o presente trabalho propõe discutir tanto a gestão da rede como verificar a existência de relações de poder em seu interior, buscando avaliar até que ponto um ator ou um grupo de atores podem centralizar tais relações. Para tanto, promoveu-se um estudo de caso de natureza qualitativa e quantitativa junto à Rede do Terceiro Setor denominada Sementeira, cujo atendimento destina-se a crianças e adolescentes nas áreas de educação e saúde. No total, trinta e seis instituições foram pesquisadas, por meio da aplicação de um formulário e de observação participante. Dessa forma, identificou-se o perfil da Rede, bem como sua gestão e, ainda, a existência de relações de poder em seu interior. Por meio de investigação das informações obtidas, foi possível comprovar que a gestão da rede é participativa, com objetivos compartilhados e alto comprometimento por parte dos membros, que têm como sua base de relação a busca por informações e a participação nos mesmos cursos e capacitações. Identificou-se também um predomínio dos interesses individuais em detrimento do interesse coletivo da Rede, além de uma certa hierarquia fato que contraria o princípio da horizontalidade. No que se refere às relações de poder, identificou-se por meio principalmente da análise dos índices de centralidade, que as líderes da rede, denominadas facilitadoras, concentram esse tipo de relação, haja visto seu grande poder de mobilização e concentração de informações. Além disso, a pesquisa evidencia a importância desse grupo ao efetuar uma simulação da rede de relações sem a presença desses membros. Contudo, cabe destacar que, mesmo sendo detentores de grande poder, ao serem excluídos da Rede esse grupo não era tão substancial a ponto de findar a rede de relações
Abstract: Social Networks of Third Sector are based on relationships between actors, whether individuals and/or institutions, around common objectives and interests, in order to improve the social reality in which they live. Thus, this paper aims to discuss both the management of the network as to verify the existence of power relations within them, seeking to evaluate to what extent an actor or a group of actors can centralize such relationships. For both, it was promoted a qualitative and quantitative case study with the Third Sector Network called Sowing, whose attendance is destined to children and teenagers in education and health areas. In total, thirty-six institutions participated in this study, conducted through participant observation and the application of a form. Thus, it is identified the profile of the Network, as well as some elements present in their management and, also, the existence of power relations within it. Through a detailed investigation of the information obtained, it was possible to prove that the network management is participatory, with shared goals and greater involvement by members, who have as their relationship base the search for information and the participation in same courses and trainings. However, it was identified a predominance of individual interests to the detriment of the collective interest of the Network, beyond a certain hierarchy fact that contradicts the principle of horizontality. With regard to relations of power, mainly through the analysis of centrality indices, it was identified that the network leaders, called facilitators, concentrate this type of relationship, given its great power of mobilization and concentration of information. Moreover, the research highlights the importance of this group to perform a simulation of the relationships network without the presence of such members. However, it is worth mentioning that, even being in possession of great power, when excluded from the network that group was not so substantial to be about to end the relationship network
Palavras-chave: Redes sociais
Gestão social
Relações de poder
Terceiro setor
Social networks
Social management
Power relations
Third sector
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Administração
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração
Citação: Vinhas, Fabíola Dapuzzo. Social management and relations of power: a case study within a third sector network. 2010. 139 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucsp.br/handle/handle/951
Data de defesa: 8-Oct-2010
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fabiola Dapuzzo Vinhas.pdf4,4 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.