???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9462
Tipo do documento: Dissertação
Título: A informação nutricional obrigatória dos rótulos dos alimentos e a prática de uma alimentação saudável: percepções sobre fatores motivadores, dificultadores e facilitadores
Autor: Silva, Amanda Martins Poldi da 
Primeiro orientador: Senger, Maria Helena
Resumo: A prevenção das Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) constitui um grande desafio para a saúde pública global. Alimentação pouco saudável e falta de atividade física são apontados como predisponentes a essas doenças. Isto exige ações para que as pessoas façam escolhas mais saudáveis, como o fornecimento de informações nutricionais aos consumidores, por meio da rotulagem dos alimentos, de forma simples, clara e consistente, conforme recomenda a Estratégia Global em Alimentação Saudável, Atividade Física e Saúde da Organização Mundial da Saúde. No Brasil, a Informação Nutricional é obrigatória há mais de 10 anos. Hipótese: Apesar de os consumidores cada vez mais buscarem informações sobre alimentação e saúde, estes não aplicam a Informação Nutricional Obrigatória (INO) dos rótulos dos alimentos em sua alimentação diária, especialmente por não compreendê-la em sua totalidade. Objetivos: Investigar a leitura, o uso e o entendimento da INO para a prática de uma alimentação saudável, assim como identificar o que motiva, dificulta e pode facilitar ou estimular essas ações, a fim de contribuir com o aprimoramento da legislação e de ferramentas educacionais, como o Manual de Orientação aos Consumidores Educação para o Consumo Saudável da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Materiais e Método: Foi realizada uma pesquisa qualitativa através da realização de cinco grupos focais, com diferentes sujeitos da sociedade, intencionalmente selecionados: consumidores, profissionais da saúde e técnicos do governo e da indústria de alimentos, estes dois últimos ligados à regulação de alimentos. Resultados: Confirmam a busca por uma alimentação saudável pelas pessoas e que a leitura da INO, quando ocorre, é geralmente desprovida de significação e apropriação. Demonstram que há espaço e interesse dos sujeitos no aperfeiçoamento da forma de apresentação, do conteúdo e da divulgação da INO e do Manual ANVISA. Ainda, que a prática de uma alimentação saudável envolve um complexo sistema composto por diversos setores e fatores e que, portanto, é imprescindível unir esforços entre eles para uso efetivo da INO e prevenção das DCNT na população brasileira
Abstract: The Non-communicable Diseases (NCDs) prevention is a great challenge to global public health. An unhealthy diet and lack of physical activity are mentioned as the predisposing for these diseases, demanding actions for people to make healthier choices, such as providing nutritional information to consumers, through simple, clear and consistent food labeling according to what The Global Strategy on Diet, Physical Activity and Health from the World Health Organization recommends. In Brazil the Nutritional Information has been mandatory for more than 10 years. Hypothesis: Even though the consumers increasingly seek information about food and health, they don t apply the mandatory nutritional data available on food labels in their daily diet, especially because they do not understand them completely. Objectives: To investigate the reading, understanding and the use of Mandatory Nutrition Information for a healthy diet habit, as well as to identify what motivates, difficult and facilitates or stimulate these actions, to contribute to the improvement of legislation and educational tools, such as the Manual of Guidance to the Consumer Education for Healthy Consumption of National Health Surveillance Agency-ANVISA. Materials and Method: A qualitative research was performed by conducting five focus groups with different individuals of the society, intentionally selected: consumers, health professionals and technicians from the government and the food industry, those last two connected to food regulation. Results: The results confirm the consumer s search for a healthy diet, and that the reading of nutritional information, when it occurs, is usually devoid of meaning and appropriation. It shows that there are opportunities and interest among the actors in improving the form of the presentation, the content and the dissemination of the Mandatory Nutrition Information and Manual ANVISA. Also that the practice of a healthy diet involves a complex system composed of many sectors and factors and, therefore, is imperative to join forces among them to the effective use of the Mandatory Nutrition Information for the prevention of NCDs with the Brazilian population
Palavras-chave: Informação nutricional
Rotulagem de alimentos
Nutrição em Saúde Pública
Educação alimentar e nutricional
Nutritional labeling
Food labeling
Nutrition
Public health
Food and nutrition education
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde
Citação: Silva, Amanda Martins Poldi da. A informação nutricional obrigatória dos rótulos dos alimentos e a prática de uma alimentação saudável: percepções sobre fatores motivadores, dificultadores e facilitadores. 2012. 246 f. Dissertação (Mestrado em Educação nas Profissões da Saúde) – Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Sorocaba, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9462
Data de defesa: 29-Nov-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Amanda Martins Poldi da Silva.pdf4,13 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.