???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9401
Tipo do documento: Dissertação
Título: O plano de conversibilidade: o sistema biomonetário e a crise Argentina (1991-2002)
Autor: Silva, Vera Lúcia Do Carmo 
Primeiro orientador: Carvalho, Carlos Eduardo
Resumo: A Argentina sofreu no final de 2001 aquela que foi provavelmente a pior crise da sua história. O sistema bimonetário, implementado em 1991, interrompeu mais de uma década de inflação alta, com três surtos hiperinflacionários em 1989 e 1990. O objetivo deste trabalho é analisar o desempenho do sistema bimonetário e sua relação com a crise ocorrida no final de 2001. O problema de pesquisa é tentar compreender se o sistema bimonetário foi responsável pela crise ou se apenas sofreu os seus efeitos. O governo argentino estimulou a dolarização oficial para conferir credibilidade ao peso. No entanto, a dolarização de ativos e passivos bancários, associado à falta de um emprestador de última instância, aumentou a vulnerabilidade e a fragilidade do sistema financeiro argentino. A adoção da flutuação do peso, do corralito, e da pesificação caracterizam o fim da Conversibilidade e do sistema bimonetário. Os resultados obtidos nos permitem afirmar que ambos não conferiram a credibilidade desejada à moeda nacional, não sendo o sistema bimonetário um fator determinante para a crise final, uma vez que esta teve seu epicentro na economia real. Porém, a dolarização das dívidas e o descasamento de prazos e moedas elevaram os custos de saída, comprometendo também o sistema financeiro
Abstract: At the end of 2001, Argentina faced the worst crisis of its history. The dual-currency system adopted in 1991 stopped a decade of high inflation that climbed in three hyperinflationary events from 1989 to 1990. The aim of this research is the study of the dual-currency system performance and its relation to the crisis of the end of 2001. The problem of this research is the comprehension if the dual-currency system was responsible or just suffered its effects. The Argentina s government induced the oficial dollarization in order to get credibility to the national currency, the peso. Nevertheless the dollarization of the banking system joined with a lack of a lender of last resort increased the vulnerability and the fragility of its financial system. The floating of peso, the corralito, and the pesification signalized the end of the Convertibility. The findings results allowed to saying that both systems did not get the desired credibility to the peso, and the crisis was born in the real economy. The debt dollarization and the mismatch currency increased the costs of exit from the Convertibility harming the financial system too
Palavras-chave: Argentina
conversibilidade
sistema bimonetário
dolarização
crise
convertibility
dual-currency system
dollarization
crisis
Argentina -- Politica economica
Argentina -- Condicoes economicas
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIA MONETARIA E FISCAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Economia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política
Citação: Silva, Vera Lúcia Do Carmo. O plano de conversibilidade: o sistema biomonetário e a crise Argentina (1991-2002). 2005. 189 f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9401
Data de defesa: 21-Dec-2005
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Vera Lucia do Carmo Silva.pdf1,09 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.