???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9345
Tipo do documento: Dissertação
Título: Taxa de Câmbio Euro-dólar: determinantes teóricos e evidências empíricas - uma visão de mercado para o período 1999-2003
Título(s) alternativo(s): Euro-dolar exchange rate: theoretical determinants and empirical eEvidences - a market participant´s vision for 1999-2003
Autor: Viégas, Roberto César de Oliveira
Primeiro orientador: Cunha, Patricia Helena Fernandes
Resumo: A formação da taxa de câmbio ocupa um lugar de destaque para aqueles que se interessam por economia. Os esforços para modelar o comportamento desta variável macroeconômica não parecem surtir os efeitos desejados no curto prazo, conforme têm demonstrado vários trabalhos empíricos desenvolvidos sobre o tema, visto que na grande maioria das vezes as taxas de câmbio ao redor do mundo não necessariamente seguem as teorias desenvolvidas para projetá-las, mas sim fatores aleatórios. Enquanto o consenso acadêmico aponta a fraca ligação entre variáveis macroeconômicas e a taxa nominal de câmbio no curto prazo, os agentes de mercado sempre buscam variáveis macroeconômicas para tentar explicar as flutuações de curto prazo da taxa de câmbio. Diante deste descompasso surge a questão sobre quais fatores poderiam determinar o movimento da taxa de câmbio no curto prazo, e o que leva os agentes de mercado a atribuir às variáveis macroeconômicas dos modelos teóricos a base de sustentação para suas tomadas de posição no curto prazo. Este trabalho tem como principal objetivo contribuir com algumas possíveis respostas às indagações acima, sem pretensão de esgotar o assunto, tendo como objeto de estudo o comportamento da taxa de câmbio euro-dólar para período entre 1999-2003. Assim, apresentaremos alguns importantes modelos teóricos que se propõem a explicar o movimento da taxa de câmbio através do comportamento das variáveis macroeconômicas e respectivas expectativas. Em seguida serão apresentadas algumas constatações empíricas, que apontam descolamentos entre as variáveis macroeconômicas dos modelos teóricos e a taxa de câmbio no curto prazo. A principal contribuição será buscar uma relação entre taxa de câmbio de curto prazo e o dia-a-dia dos agentes, através de um modelo de regressão desenvolvido a partir das notícias diárias, que de alguma forma influenciaram as cotações da taxa de câmbio, segundo a percepção dos agentes do mercado.
Abstract: Exchanges rates have an important role for those who are interested in economics subjects. Efforts to model the behave of this macroeconomic variable does not seem to take the desirable effects in the short run, like some empirical papers developed about the theme demonstrated. Mostly, exchanges rates all over the world do not necessarily follow the theories developed to forecast them, but, instead of it, random factors. While the academic consensus leads to a weak relationship between nominal exchange rates and macroeconomic fundamentals, foreign exchange market participants often look forward macroeconomics variables to try to explain the exchange rate fluctuations in the short run. Facing this mismatch, some questions arise about which factors could determine the exchange rate movement in the short run, and what takes forex participants to attribute to macroeconomic variables in the theoretical model a supporting role in the explanation of day trade decisions. The main objective of this paper is to contribute with some answers to the previous questions, without intending to sell out the subject. The paper is focused in the euro-dolar exchange rate between 1999-2003. Thus, we´ll demonstrate some important theoretical models that are supposed to explain the exchange rate movement through the behave of macroeconomic variables and their respective expectations. Later we will demonstrate some empirical evidences that leads to untidiness between a macroeconomic variable and the behave of exchange rate in the short run. The main contribution of the paper is to look for a relationship between exchange rates in the short run and the bid-ask practice of forex participants. This done by applying a regression model developed from news that affects the exchange rates fluctuations by a market participant´s perspective.
Palavras-chave: Taxa de câmbio euro-dólar
Agentes de mercado
Descolamentos
Notícias
Euro-dolar exchange rate
Market participants
Untidiness
News
Política cambial
Mercado de eurodólares
Área(s) do CNPq: CNPQ::OUTROS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Economia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política
Citação: Viégas, Roberto César de Oliveira. Taxa de Câmbio Euro-dólar: determinantes teóricos e evidências empíricas - uma visão de mercado para o período 1999-2003. 2005. 122 f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9345
Data de defesa: 6-Jun-2005
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao Roberto Viegas.pdf2,59 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.