REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Pós-Graduação em Economia Política
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/9304
Tipo: Dissertação
Título: Equilíbrio, coordenação e conhecimento: um estudo sobre a questão monetária em Hayek
Autor(es): Carvalho, André Roncaglia de
Primeiro Orientador: Borges, João Machado
Resumo: O presente estudo visa analisar como o desenvolvimento da teoria dos ciclos econômicos de Hayek guiou o autor no sentido da percepção do problema do conhecimento. Busca-se mostrar, também, como a apreciação dessa descoberta pode realçar a visão do autor acerca do papel da moeda na economia. O período em questão vai do final da década de 1920 até o final da década seguinte. Propõe-se que as tensões existentes em sua teoria monetária deram ensejo à crítica aos conceitos de equilíbrio e conhecimento perfeito. A organização do sistema monetário, fundada no crédito, ocasiona uma distorção do sistema de preços, impedindo que haja uma compatibilidade entre as ações dos produtores e dos consumidores. Tal descompasso emerge devido à existência de um déficit informacional gerado pelo próprio funcionamento do sistema monetário, cujo resultado é a ocorrência dos ciclos econômicos. Ao analisar esse fenômeno, Hayek explicitou os problemas gerados pela moeda no que dizia respeito à obtenção do equilíbrio do sistema. Moeda e equilíbrio só seriam compatíveis entre si sob condições bastante restritivas. A principal delas dizia respeito a uma suposição heróica acerca do conhecimento dos indivíduos: para que a moeda fosse neutra - isto é, não perturbasse o equilíbrio -, os indivíduos deveriam antecipar corretamente todo o curso futuro dos preços da economia. Por fim, Hayek contou com as críticas cruciais de seus colegas de profissão, cuja consideração possibilitou a visualização clara do problema do conhecimento na sociedade
Abstract: This study aims at stressing the connection between Hayek s trade cycle theory and his later perception of the problem of knowledge. Furthermore, an attempt is made to show how this discovery may clarify the author s comprehension of the role of money in the economic system. The period under analysis ranges from the late 1920s to the end of the following decade. It is argued that the tensions at work in Hayek s monetary theory led his attention towards the criticism of the concepts of equilibrium and perfect knowledge. The organization of the monetary system, based on credit, generates a distortion in the price system, barring the compatibility between the actions of producers and consumers. Such conflict emerges due to the existence of an informational deficit which stems from the very functioning of the monetary system, which culminates in the occurrence of the trade cycle. In the effort to analyze this phenomenon, Hayek exposed the problems money poses to the attainment of the equilibrium for the economic system. Money and equilibrium would only be compatible with each other under extremely restrictive conditions. The main condition referred to a heroic supposition about the knowledge of individuals: for money to be neutral that is, in order not to disturb the equilibrium -, individuals should be able to anticipate correctly all future movements of the prices of the economy. Finally, Hayek had the contribution of his peers criticism, whose consideration came to allow his visualization of the problem of knowledge in the society
Palavras-chave: Hayek
Ciclos Econômicos
Moeda
Equilíbrio
Conhecimento
Coordenação
Hayek
Trade Cycles
Money
Equilibrium
Knowledge
Coordination
Hayek, Friedrich August von -- 1899-1992 -- Critica e interpretacao
Questao monetaria
Ciclos economicos
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Economia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política
Citação: Carvalho, André Roncaglia de. Equilíbrio, coordenação e conhecimento: um estudo sobre a questão monetária em Hayek. 2007. 190 f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9304
Data do documento: 29-Dez-2007
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Economia Política

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Andre R Carvalho.pdf1,2 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.