???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/5320
Tipo do documento: Dissertação
Título: Comunicação e organizações empresariais na cibercultura: mudanças na comunicação interna na era da glocalização
Autor: Reis, Angela Pintor dos 
Primeiro orientador: Trivinho, Eugênio
Resumo: A presente pesquisa discute as consequências teóricas e empíricas do fenômeno glocal - hibridismo entre local e global que totaliza a condição contemporânea de desterritorialização e reterritorialização das relações humanas no e pelo ciberespaço - para o conceito de comunicação interna em organizações empresariais brasileiras, no contexto da cibercultura. O principal problema de pesquisa consiste em saber se o glocal está exigindo, de fato, reformulações teóricas no conceito de comunicação interna. A proposição desse problema envolve a hipótese básica de a comunicação interna nas empresas estar requerendo, realmente, um novo entendimento. O corpus de análise é constituído pelo conjunto de políticas, processos e canais de comunicação interna das empresas Odebrecht S.A., Petrobras e General Motors do Brasil, em relação às quais serão discutidos os fundamentos da pesquisa, a título de exemplificação, conforme explicitado no problema, nos objetivos e nas hipóteses formulados. O quadro teórico de referência se nutre de estudos sobre os processos sociais, culturais e econômicos típicos da cibercultura (tomada como categoria de época), do fenômeno glocal e da comunicação interna como prática institucionalizada de relações formais entre capital e trabalho. Com base nesses eixos, são analisados os seguintes elementos: (1) o surgimento da cibercultura como nova estrutura do social regida pela adesão do sujeito à técnica e à tecnologia para a mediação da sociabilidade; (2) a fenomenologia do glocal e (3) o desenvolvimento histórico da comunicação interna como segmento das Relações Públicas e da Administração e sua função na gestão e motivação da força de trabalho. Dadas as condições socioculturais de época, a relevância desta pesquisa reside na necessidade premente de se repensar o conceito de comunicação interna nas organizações empresariais e na consequente possibilidade de se atualizar tal conceito à luz do processo de glocalização histórica e mundialmente emergente
Abstract: This research examines the theoretical and empirical consequences of the glocal phenomenon a hybridism of the local and global that encompasses the contemporary condition of deterritorialization and reterritorialization of human relations in and through cyberspace - for the concept of internal communication' in Brazilian business organizations, within the context of cyberculture. The main research problem consists of determining if the glocal does, in fact, require theoretical reformulations of the concept of internal communication. The proposition of this problem involves the basic hypothesis that internal communication really does require a new understanding. The corpus of analysis consists of the set of policies, processes and internal communication channels of the companies Odebrecht S.A., Petrobras and General Motors do Brasil. The fundaments of this research are discussed using these companies for purposes of exemplification, as set forth in the problem, the objectives, and the hypotheses formulated. The theoretical frame of reference is based on studies about the social, cultural and economic processes typical of cyberculture (taken as a category of this era), of the glocal phenomenon, and of internal communication as an institucionalized practice of formal relations between capital and labor. Based on these i'ssues, the following elements are analyzed: (1) the emergence of cyberculture as a new structu're of the social, governed by the subject's adhesion to the technique and technology for the mediation of sociability; (2) the phenomenology of the glocal; and (3) the historical development of internal communication as a segment of Public Relations and of Administration and its function in the management and motivation of the work force. I Given the sociocultural conditions of the times, the relevance of this research lies in the pressing need to rethink the concept of internal communication in business organizations and the consequent possibility of updating this concept in light of the emerging historical and worldwide process of glocalization
Palavras-chave: Cibercultura
Desterritorialização
Comunicação interna
Organizações empresariais
Capitalismo
Cyberculture
Deterritorialization
Internal communication
Business organizations
Capitalism
Computadores e civilização
Comunicação empresarial
Comunicacao nas organizações
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Comunicação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Reis, Angela Pintor dos. Comunicação e organizações empresariais na cibercultura: mudanças na comunicação interna na era da glocalização. 2010. 98 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/5320
Data de defesa: 24-May-2010
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Angela Pintor dos Reis.pdf2,61 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.