???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/5319
Tipo do documento: Dissertação
Título: Processo de criação da música pop e expansão dos registros de processo: o caso Let it Be - The Beatles
Autor: Cappellano, Ana Paula
Primeiro orientador: Salles, Cecilia Almeida
Resumo: A seguinte dissertação pretende investigar o processo de criação da música pop a partir do estudo do formato audiovisual como registro de processo de criação musical, em particular, o gênero cinematográfico documentário e o formato audiovisual making of. São estabelecidas relações e interações entre a música criada na dinâmica da indústria fonográfica e a cultura da imagem, bem como com a expansão dos registros e documentos de processo da música desde a gravação eletrônica até o vídeo. Denomina-se música pop aquela da Indústria Cultural, de inserção nas mídias, especialmente as de massa, como o rádio, o cinema e a televisão e sua produção é vista como uma grande rede criativa. O documentário Let it Be, do grupo britânico The Beatles, filmado em 1969 e lançado em 1970, foi escolhido como estudo de caso e, a partir da abordagem da crítica de processos e da teoria das redes de criação da obra de arte, de Cecília Almeida Salles, é entendido como registro e índice do processo de criação coletivo da banda. O filme é considerado, nesta perspectiva, um precursor do formato audiovisual hoje denominado making of e, a partir da sua análise crítica, são reconhecidos diferentes momentos e pontos de tensão durante a criação e gravação de um álbum, nós das redes de criação da música pop. Procura-se entender como as interações entre seus integrantes, os sujeitos criativos, bem como com fatores externos àquele processo específico, caracterizavam o processo de criação coletivo da banda naquele ponto da carreira
Abstract: The following dissertation intends to investigate the creative process of pop music from the study of the audiovisual format as a musical creative process register, the documentary film and the making of in particular. Relations and interactions between the music created in the music industry dynamics and the culture of the image, as well as with the expansion of the registers and documents of process of music, from the eletronic record to the video, are established. Pop music refers to that of the Culture Industry, of media insertion, especially mass media, such as the radio, the cinema and the television, and their production is seen as a wide creative network. The documentary Let it Be, by the British group The Beatles, filmed in 1969 and released in 1970, was chosen as case study and, from the processes critique approach and based on the theories of the work of art creative networks, by Cecília Almeida Salles, it is understood as register and index of the collective process of creation of the band. The movie is considered, from this perspective, a precursor of the audiovisual format known today as the making of and, based on their critical analysis, different moments and points of tension are recognised during the creation and recording of an album, nods of the pop music network. We seek to understand how the interactions among their members, the creative subjects, as well as with external factors to that specific process, characterized the collective process of creation of the group at that stage of their career
Palavras-chave: Processo de criação
Redes de criação
Música pop
Indústria cultural
Indústria fonográfica
Creative process
Creative network
Pop music
Communications
Culture industry
Music industry
Making of
Let it Be (Documentario)
The Beatles
Criacao (Literaria, artistica, etc.)
Musica popular
Rock
Registros sonoros
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Comunicação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Cappellano, Ana Paula. Processo de criação da música pop e expansão dos registros de processo: o caso Let it Be - The Beatles. 2010. 121 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/5319
Data de defesa: 31-May-2010
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Paula Cappellano.pdf888,25 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.