???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/5286
Tipo do documento: Tese
Título: A natureza da comunicação bios midiática
Autor: Cimino, Laura Fernanda 
Primeiro orientador: Ferrara, Lucrécia D'Alessio
Resumo: Uma das temáticas recorrentes nos estudos comunicativos tem sido o da possibilidade de proposição de um outro modo de tratar a comunicação que dê conta de compreender as recentes mudanças no ambiente da cultura provocadas pelo novo instrumental social das tecnologias do virtual. O objetivo desta pesquisa, portanto, é o de investigar como se estruturam àqueles vínculos mediatizados pela crescente expansão da virtualização da experiência cotidiana e que, contemporaneamente, decorrem da comunicação bios midiática (metáfora conceitual empregada por Muniz Sodré para designar novas formas de vida e socialização impulsionadas pela atual fase do capitalismo cognitivo). Em outros termos, esta pesquisa procura analisar e interpretar o caráter ontológico dos vínculos interativos que se manifestam através do tempo real e do espaço auto-referente e que, consequentemente, vão conferir especificidade à ação comunicativa. Nesse sentido, nossa hipótese é a de que a capacidade de comunicação de um meio está diretamente relacionada ao modo como os sistemas operativos (códigos) são organizados dentro dos diferentes complexos comunicativos (linguagens). Neste sentido, a auto-referencialidade do meio digital deve interferir na produção e na distribuição dos conteúdos informativos, ao mesmo tempo em que, altera o significado dos procedimentos comunicativos por meio de um outro diagrama do comunicar que ocorre de maneira processual e evolutiva, desenhando uma cartografia ecológica entre cultura e meio. Tal fato coloca-nos diante de outros parâmetros epistemológicos que vêem o bios midiático, apesar de sua indeterminação e fragilidades enquanto objeto de estudo, como um novo meio, potencialmente, capaz de promover uma ciência ecológica da comunicação na contemporaneidade
Abstract: One of the recurring themes in the reported studies comunicative has been the possibility of proposing another way of dealing with communication that is able to understand the recent changes in the culture caused by the new instrumental technologies of social virtual. This study therefore is to investigate how to structure those bonds mediated by the spread of the virtualization of everyday experience and that currently result from communication media bios (conceptual metaphor used by Muniz Sodré to designate new forms of life and socialization driven by the current stage of cognitive capitalism). In other words, this research seeks to analyze and interpret the ontological character of interactive links which are reflected in real time and space self-referential and, therefore, will give the specific internal communicative action. Hence, our hypothesis is that the communication capacity of a medium is directly related to how the operating systems (codes) are organized into the various complex communicative (language). In this sense, self-referentiality of digital media for interfering in the production and distribution of informative content, while it changes the meaning of communicative procedures by means of another diagram of communicating that occurs in a continuous way and evolutionary designing a mapping between culture and ecological environment. This fact has led us to other parameters epistemological who see the bios of the media, despite its vagueness and weaknesses as an object of study, as a new, potentially capable of promoting an ecological science of communication nowadays
Palavras-chave: Teorias da comunicação
Semiose
Meios digitais
Theories of communication
Semiosis
Cognition
Digital media
Cognicao
Midia digital
Teoria da informacao
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Comunicação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Cimino, Laura Fernanda. A natureza da comunicação bios midiática. 2010. 137 f. Tese (Doutorado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/5286
Data de defesa: 11-May-2010
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Laura Fernanda Cimino.pdf1,13 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.