???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/5270
Tipo do documento: Dissertação
Título: Fundamentos da objetividade na produção discursiva
Autor: Amaral, Gustavo Rick 
Primeiro orientador: Santaella, Lucia
Resumo: O objetivo deste estudo é contribuir para o desenvolvimento de uma abordagem peirceana a algumas questões pertencentes às teorias da comunicação, principalmente, a categoria da objetividade que orienta a produção discursiva nas mídias informativas. Para este propósito, essa categoria foi dividida em dois conceitos-chave que lhe estão subjacentes: realidade e informação . Para cada um desses conceitoschave foram dedicados dois capítulos específicos. Na primeira parte, focalizamos nossa atenção, inicialmente, na definição de ciência elaborada por Peirce para preparar o terreno para os debates com os construcionistas (na Biologia e na Sociologia). Estes posicionamentos teóricos foram analisados contra o pano de fundo da disputa dos universais . Argumentamos que, com o posicionamento realista de Peirce, só podemos conceber a realidade como única e evolutiva e não como múltipla (como é defendido nas obras de muitos construcionistas). Na segunda parte, com o intuito de sustentar a hipótese da realidade única e evolutiva , realizamos uma análise (não-exaustiva) do conceito peirceano de informação e defendemos que tal conceito pode ser entendido como um meio para colocar em comunicação vários mundos independentes que podem constituir a realidade (como um todo). Como se trata de uma pesquisa eminentemente reflexiva, o método adotado foi o argumentativo-dedutivo, construído no confronto de teorias e ideias, tendo em vista chegar a conclusões coerentes. Graças à perspectiva ontológica desenvolvida no que diz respeito às concepções de comunicação e, principalmente, informação, esta abordagem sinequista pode ter um importante papel nas teorias da comunicação (bem como em outras reflexões teóricas sobre práticas midiáticas). De acordo com estas ideias, há um longo e contínuo processo informacional que concede realidade própria ou alguma objetividade aos signos
Abstract: The aim of this study is to make a contribution towards the development of a Peircean approach to some questions in the communication theories, namely, the category of objectivity that directs the discursive media production. For this purpose, the category was divided into two key-concepts that sustain it: reality and information . For each one of these two key concepts, we dedicated two specific chapters. The first part (chapter 1 and 2) focuses on the definition of science presented by Peirce in his works to prepare the ground for the discussion with some constructivists (in sociology and biology). Their theoretical interpretations were analyzed against the background of the controversy about the universals . It is argued that, with the realism of Peirce, we can only conceive of a unique and evolutionary reality instead of multiple realities (as defended by many constructivists). In the second part (chapter 3 and 4), in order to sustain the hypothesis of a unique and evolutionary reality , a non-exhaustive analysis of the Peircean concept of information is carried out . The claim is sustained that it can be understood as a means to bring into communication various independent worlds that may constitute the reality (as a whole). Since the present study is a predominantly reflexive inquiry, an argumentativedeductive method is used based on confrontation of theories and ideas with the purpose of arriving at coherent conclusions. From the ontological perspective conceiving the concept of communication and information, the synechistic approach to the concept of reality can play an important role in the communication theories (as well as in some others theoretical reflexions on the media practices). According to these premises, there is a long and continuous informational process that gives a proper reality and a certain objectivity to signs
Palavras-chave: Objetividade
Realidade
Informação
Objectivity
Communication
Reality
Information
Semiotics
Peirce
Peirce, Charles Sanders -- 1839-1914
Semiotica
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Comunicação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Amaral, Gustavo Rick. Fundamentos da objetividade na produção discursiva. 2009. 364 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/5270
Data de defesa: 13-Oct-2009
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Gustavo Rick Amaral.pdf13,94 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.