???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/5226
Tipo do documento: Dissertação
Título: Cibercultura e subjetividade: uma investigação sobre a identidade em plataformas virtuais de hiperespetacularização do eu
Autor: Bello, Cíntia Dal 
Primeiro orientador: Trivinho, Eugênio
Resumo: A presente Dissertação de Mestrado aborda a relação entre cibercultura e subjetividade. Seu objeto principal de estudo é a identidade projetada no perfil do Orkut - plataforma virtual que possibilita ao usuário publicizar o seu eu numa rede social/comunitária de amigos. A prática da construção de perfis que conferem singularidade e visibilidade às subjetividades atuantes no cyberspace, estabelecendo fronteiras para o quem sou eu , é marcada pela problemática da articulação entre representação e simulação, na porosa interface entre real, virtual e hiper-real, além de envolver conceitos em crise, tais como identidade e sujeito. A partir da constatação de que o cyberspace compõe novos processos de subjetivação ao engendrar virtualização e glocalização da existência e de que as redes sociais, em particular o Orkut, propiciam novas formas de experimentar as dimensões de ser, estar e relacionar-se, o estudo, no que tange à problemática mencionada, estabeleceu as seguintes questões: (1) o perfil de um usuário do Orkut corresponde a sua identidade?; e (2) quais as implicações da congruência entre perfil, identidade e sujeito na cibercultura? Para tais questões foram formuladas três hipóteses: (1) o Orkut constitui um interessante espaço discursivo de enunciação e circunscrição do eu nos fluxos informacionais; (2) as identidades/perfis detêm, no cyberspace, status equivalente ao do corpo próprio como instrumento dinâmico de individuação; e (3) a experiência cotidiana nos corpos-sígnicos conduz à dissolução dos espaços concretos de vivência e fomenta as estratégias de gerenciamento cibercultural da existência que provocam impacto direto na realidade físicobiológica do corpo e do território. Com o objetivo de observar, descrever e analisar as estratégias de construção e projeção da identidade na virtualidade, refletir sobre a congruência ou sobreposição entre identidade, sujeito e perfil nos processos de hiperespetacularização do eu e apresentar o consequente gerenciamento ciberespacial correlato ao fenômeno invisível de indexação sígnica das identidades-conteúdos, foram selecionados, como corpus, os termos de contratação e uso dos serviços gratuitos prestados pelo Orkut, além de telas de cadastro, construção, manutenção e apresentação de perfis e comunidades. O plano de fundamentação da pesquisa no pós-modernismo, na semiótica da cultura, na sociodromologia e nos estudos culturais, entre outras teorias compatíveis, forneceu os referenciais teórico-epistemológicos necessários para a análise do objeto (a identidade/perfil), para a checagem das hipóteses e para a resolução do problema de pesquisa. O conjunto de estratégias metodológicas adotado ao longo do processo de trabalho incorporou também o método netnográfico para orientar o levantamento exploratório no ambiente virtual, a coleta e a interpretação de dados, a observação participante e a realização de entrevistas. Com essas características, que inserem, de modo interdisciplinar, a Dissertação de Mestrado à área de Comunicação, pretende-se contribuir para o desenvolvimento dos estudos de cibercultura no Brasil
Abstract: This Master s Dissertation discusses the relation between cyberculture and subjectivity. Its main study objective is the identity projected in the Orkut profile, a virtual platform that enables the user to publicize his self in a social/community network of friends. The practice of building profiles that confer singularities and visibility to the subjectivities acting in cyberspace, establishing boundaries for who I am , is marked by the problem of articulation between representation and simulation, in the permeable interface between the real, the virtual and the hyper-real, and also involves concepts in crisis such as identity and subject. Starting from the discovery that cyberspace comprises new processes of subjectivation by engendering the virtualization and glocalization of existence, and that social networks, particularly Orkut, enable new forms of experimenting the dimensions of being and of relating to others, this study, insofar as it concerns the aforementioned problem, established the following questions: (1) Does the profile of an Orkut user correspond to his identity?, and (2) What are the implications of the congruence between profile, identity and subject in cyberculture? These questions led to the formulation of three hypotheses: (1) Orkut constitutes and interesting discursive space for the enunciation and circumscription of the self in informational flows; (2) in cyberspace, identities/profiles hold a status equivalent to the user s own body as a dynamic instrument of individuation; and (3) the daily experience in signic bodies leads to the dissolution of the concrete spaces of living and promotes the strategies of cybercultural management of existence, producing a direct impact on the physical and biological reality of the body and the territory. With the purpose of observing, describing and analyzing the strategies of construction and projection of identity in virtuality, of reflecting upon the congruence or superposition between identity, subject, and profile in the processes of hyper-spectacularization of the self, and of presenting the resulting cyberspatial management correlated to the invisible phenomenon of signic indexation of content identities, the terms of the commissioning and use of the free services rendered by Orkut, as well as pages for the registration, construction, maintenance and presentation of profiles and communities, were selected as the corpus of this work. The plan underpinning this research into post-modernism, into the semiotics of culture, into sociodromology and into cultural states, among other compatible theories, provided the theoretical and epistemiological references necessary for the analysis of the object (identity/profile), for checking the hypotheses, and for solving the research problem. The set of methodological strategies adopted during the process of this work also incorporated the netnographic method to guide the exploratory survey in the virtual environment, the collection and interpretation of data, the participatory observation and the realization of interviews. With these characteristics, which insert this Master s Dissertation, in an interdisciplinary manner, into the area of Communication, the aim is to contribute toward the development of studies on cyberculture in Brazil
Palavras-chave: Cibercultura
Identidade
Visibilidade mediática
Hiperespetáculo
Simulacro
Cyberculture
Subjectivity
Identity
Mediatic visibility
Hyperspectacle
Simulacrum
Computadores e civilizacao
Subjetividade
Orkut (Conversacao eletronica)
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Comunicação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Bello, Cíntia Dal. Cibercultura e subjetividade: uma investigação sobre a identidade em plataformas virtuais de hiperespetacularização do eu. 2009. 130 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/5226
Data de defesa: 22-Jun-2009
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Cintia Dal Bello.pdf2,05 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.