???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/5130
Tipo do documento: Dissertação
Título: Ciberespaço e dependência: uma análise dos vínculos do humano com o glocal interativo como habitus
Autor: Barbosa, Bárbara Conceição de Oliveira 
Primeiro orientador: Trivinho, Eugênio
Resumo: A presente Dissertação de Mestrado se destina à análise da dependência tecnológica suas origens, seu estado da arte e suas conseqüências no âmbito da relação entre ser humano e media interativos. O contexto da pesquisa, de natureza exclusivamente teórica, é o da cibercultura, entendida como organização social de época, originada do desenvolvimento tecnológico posterior à Segunda Guerra Mundial. O principal objetivo é analisar o fenômeno da dependência à qual está sujeita a civilização cibercultural. O problema de pesquisa reside nos seguintes questionamentos: como se configura uma relação assim posta? Quais fatores a favorecem? No âmbito social-histórico, a dependência propicia a conservação de estilos de vida tecnológicos? Estaria presente tanto no plano coletivo quanto no individual? Como hipótese principal, o estudo redefine e sobrevalora como dependência , o vínculo estrito dos sujeitos sociais às tecnologias e redes interativas, vínculo cuja análise deve considerar os aspectos civilizatórios e antropológicos envolvidos, pois implica, a um só tempo, história recente, sociedade e indivíduo. A fundamentação da pesquisa privilegia propostas teóricas articuladas pela categoria da crítica e consolidadas nos últimos vinte anos, com base nos seguintes autores: David Harvey, Fredric Jameson, Krishan Kumar e Jean-François Lyotard (pós-modernidade); Paul Virilio (conceito de dromologia); Eugênio Trivinho (cibercultura, dromocracia cibercultural e fenômeno glocal); Francisco Rüdiger e David Le Breton (imaginário cibercultural), Philippe Breton (comunicação como valor utópico); Pierre Bourdieu (conceito de habitus); Vilém Flusser (imagem técnica); Jean Baudrillard (conceito de excesso). A reflexão incorpora, também, referências a pesquisadores que estudam o uso patológico da internet, como Rosa Maria Farah e Denise Razzouk, entre outros autores e perspectivas teórico-epistemológicas. Em relação aos resultados alcançados, destacam-se, como favorecedores da dependência, o contexto da dromocracia cibercultural (regime da velocidade na era digital), o contexto glocal (vivência em tempo real) e as características inerentes ao glocal interativo, como a velocidade, a virtualidade, a desterritorialização, a personalização etc. Esse panorama enseja práticas, que, incorporadas pelo sujeito, são objetivadas no habitus glocalizado e o afetam no corpo e na subjetividade. Tais transformações e suas conseqüências requerem gradual aprofundamento nas pesquisas dos fatores que as engendram, o que justifica o presente trabalho. A pesquisa se insere na Linha de Pesquisa Cultura e ambientes midiáticos do PEPGCOS-PUC-SP por versar sobre o impacto das tecnologias interativas nos âmbitos social-histórico e cultural; e encontra guarida na área da Comunicação no Brasil, ao lado de pesquisas cada vez mais preocupadas com a cibercultura e suas práticas comunicacionais
Abstract: The present Master s Degree Dissertation is intended to analyze the technological dependence its origins, its state-of-the-art and its consequences in the sphere of the relationship between human being and interactive media. The research contexts, of an exclusively theoretical nature, is the cyberculture, understood as a social organization of epoch, originated from the technological development that followed the Second World War. The main objective is to analyze the dependence phenomenon to which the cybercultural civilization is subject. The research problem lies in the following questionings: how a relationship so presented is configured? Which factors favor it? In the social-historic sphere, does dependence provides the preservation of technological lifestyles? Would it be present both in the collective plan and in the individual plan? As a main hypothesis, the study redefines and overvalues as dependence the strict social subjects bond to interactive technologies and networks, a bond whose analysis should consider the civilizatory and anthropological aspects involved, as it implies, simultaneously, recent history, society and individual. The research fundamentation privileges theoretical proposals articulated by the criticism category and consolidated in the last twenty years, based on the following authors: David Harvey, Fredric Jameson, Krishan Kumar and Jean-François Lyotard (post modernity); Paul Virilio (the concept of dromology); Eugênio Trivinho (cyberculture, cybercultural dromocracy and glocal phenomenon); Francisco Rüdiger and David Le Breton (cybercultural imaginary), Philippe Breton (communication as an utopian value); Pierre Bourdieu (concept of habitus); Vilém Flusser (technical image); Jean Baudrillard (the concept of excess). The reflection also incorporates references to researches who study the pathological use of Internet, such as Rosa Maria Farah and Denise Razzouk, among other authors and theoretical-epistemological perspectives. In relation to the achieved results, we can highlight, as favoring dependence, the context of cybercultural dromocracy (the velocity regime in the digital era), the glocal context (real-time living) and the inherent characteristics to interactive glocal, such as velocity, virtuality, deterritorialization, personalization, etc. This panorama gives cause to practices that, incorporated by the subject, are objectified in the glocalized habitus and affect it in body and in subjectivity. Such transformations and their consequences require gradual deepening in researches about the factors that endanger them, which justifies the present work. The research is inserted in the Culture and mediatic environments Research Line of PEPGCOS-PUC-SP, as it deals with the interactive technologies impact on the social-historic and cultural spheres; and finds support in the Communication area in Brazil, beside researches more and more concerned about cyberculture and its communicational practices
Palavras-chave: Dromocracia cibercultural
Tecnologias interativas
Fenômeno glocal
Dependência do glocal
Habitus glocalizado
Cybercultural dromocracy
Glocal phenomenon
Interactive technologies
Human-machine relationship
Glocal dependence
Glocalized habitus
Ciberespaco -- Aspectos sociais
Dependencia (Psicologia)
Multimidia interativa
Interacao homem-maquina
Usuarios da Internet
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Comunicação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Barbosa, Bárbara Conceição de Oliveira. Ciberespaço e dependência: uma análise dos vínculos do humano com o glocal interativo como habitus. 2008. 83 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/5130
Data de defesa: 20-Oct-2008
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Barbara Conceicao de Oliveira Barbosa.pdf442,73 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.