???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4923
Tipo do documento: Dissertação
Título: A lógica heurística/persuasiva do design gráfico
Título(s) alternativo(s): The heuristic/persuasive logic of graphic design
Autor: Araújo, Eduardo Fernandes
Primeiro orientador: Ferrara, Lucrécia D'Alessio
Resumo: Esta pesquisa nasceu da experiência pessoal do autor no ensino e prática projetual do design gráfico, em cujo devir surgiram indagações acerca dos critérios de persuasão utilizados pelos designers na feitura de seus projetos visuais. Com base em que valores os signos visuais são selecionados e recodificados para incorporar uma mensagem visual persuasiva? As metodologias projetuais vigentes não contemplam preocupação explícita alguma com as questões relativas à persuasividade dos projetos gráficos, nem no Brasil nem no exterior.O objetivo desta dissertação é o planejamento da tática baseada na qual o fazer-design, assim como o ler-design, será trazido ao choque do apercebimento, ao resgate da consciência do Design como a linguagem de intervenção cultural no espaço. A pesquisa adota como estudos de caso 9 (nove) projetos de design gráfico dirigidos à construção de identidades visuais, sobre os quais foram empreendidas, com rigor metodológico durante 11 (onze) meses, a descrição e a análise dos critérios preferidos pelos designers na escolha dos signos visuais dos projetos. Deste procedimento primevo foram decantadas as categorias perceptivas e cognitivas que parecem autorizar a inclusão da persuasividade no procedimento da projetação, como aquele coeficiente que logicamente articula, esteticamente propicia e eticamente unifica todos os demais fatores de eficiência do design.A investigação toma como basilar o convite ao pensamento oferecido pelo pragmatismo metodológico de Charles S. Peirce e, ainda em menor escala de influência, pela perspectiva existencialista do raciovitalismo de José Ortega y Gasset. O itinerário capitular dessa dissertação considera o aspecto triádico da semiose: o olhar-apreço (sobre a primeiridade e o signo), o olhar-relato (sobre a segundidade e o objeto) e o olhar-crítica (sobre a terceiridade e o interpretante). Sob tal filtro fenomenológico-semiótico, já é possível esboçar um endosso filosófico do Design como Ciência: a ciência dos fundamentos, relações e processos de toda projetação, sendo esta entendida como nossa intervenção cultural no espaço.Certamente, esta dissertação de mestrado ainda não exauriu a questão, mas a caminhada revelou a possibilidade de melhor compreensão sistêmica dos fatores que concorrem para a eficiência projetual: uma exeqüibilidade que atravessa o universo visioprojetual em busca de uma mesmidade metafísica do Design, fazendo emergir elementos que, segundo a ótica deste trabalho, podem enriquecer o debate sobre a futura formação, há muito coletivamente desejada, de uma teoria geral ou Filosofia do Design.
Abstract: This research comes from the author s personal experience in teaching and practicing graphic design. During that while, some inquiries have risen related to the criteria of persuasion assumed by designers when making their visual designs. Which values do designers claim to select and recode visual signs into visual messages that convey persuasion? Today design methodologies do not include any explicit concern about issues linked to the persuasiveness inside graphic design, neither in Brazil nor abroad.The aim of this work is to bring back the consciousness of Design as the language of cultural intervention in space, by planning a strategy within which the design-making, as well as the design-reading, will be collected in order to let us aware of its functioning. As case study, the research takes 9 (nine) graphic designs addressed to stand for visual identities. Description and analysis of the designers criteria to prefer visual signs have been rigorously done on the case studies, in an eleven-month basis. The step forward is to decant both perceptive and cognitive categories that seem to authorize persuasiveness to be included into designing procedures, qua that coefficient answerable to logically articulate, aesthetically provide and ethically join together all other factors of design efficiency.The investigation is funded on the mindwalk invitation offered by the Charles S. Peirce s methodological pragmatism, as well as the existential perspective of José Ortega y Gasset s ratiovitalism, to a shy extent for the time being. The chapter flow of this dissertation is shaped according to the triadic aspect of semiosis: the candid-gaze (on firstness and sign), the reporting-gaze (on secondness and object), and the critical-gaze (on thirdness and interpretant). Through that phenomenological-semiotic filter, we are already able to roughly endorse a philosophical basement of Design qua Science: the science of grounds, relations and processes of all our cultural intervention in space.Surely, this Masters final paper has not exhausted the question yet, but the démarche has revealed the possibility of a better comprehension of those factors that converge into design efficiency: a feasibility that crosses over the graphic design boundaries towards a search for the metaphysical sameness of Design, by coming up with some elements that could enrich, from this Masters viewpoint, the debate long ago sought after on the building of a general theory or even a Philosophy of Design.
Palavras-chave: Design
Semiotics
Persuasion
Visual language
Visual culture
Semiosphere
Ciência
Arte
Cultura - Alemanha
Design
Persuasão
Semiosfera
Linguagem visual
Cultura visual
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Comunicação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Araújo, Eduardo Fernandes. A lógica heurística/persuasiva do design gráfico. 2005. 181 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Pauilo, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4923
Data de defesa: 10-May-2005
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao Eduardo Fernandes.pdf6,48 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.