Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4712
Tipo do documento: Dissertação
Título: Funk brasileiro: música, comunicação e cultura
Autor: Pedro, Thomaz Marcondes Garcia 
Primeiro orientador: Pinheiro, José Amálio de Branco
Resumo: A presente pesquisa focaliza o fenômeno do funk na música popular brasileira como uma prática sociocultural complexa, marcada pela mistura de diversos elementos musicais e não musicais. Trata-se de uma investigação que, além de realizar uma retomada da história do desenvolvimento do estilo, buscou estabelecer intersecções entre o funk e elementos próprios do ambiente e contexto em que é praticado. Para tanto, foram utilizados pesquisadores da área de comunicação (Martín-Barbero, Pinheiro, Souza Santos) e da música popular (Wisnik, Vargas, Rivera) que buscam compreender as práticas culturais da América Latina como processos complexos, híbridos e mestiços em constante transformação, troca, tradução e adaptação entre si, sempre se distanciando de visões dicotômicas que costumam pautar esses campos de estudo. Também balizaram a pesquisa, os trabalhos teóricos que se debruçaram especificamente sobre o funk (Lopes, Palombini, Facina, Sá), além de pesquisas de campo que tiveram como resultados relatos criados a partir dessas experiências. As reflexões realizadas permitiram ampliar a compreensão do funk nos estudos da Comunicação e da música popular brasileira e confirmar nossa hipótese de que o funk é um fenômeno complexo que só pode ser compreendido quando se leva em conta a relação que mantém com seu contexto, já que sua música é fortemente atravessada por questões ligadas à violência, à sexualidade, ao mercado e à grande mídia. A abordagem permitiu escutar o funk de forma inédita, livre de tendências dualistas e preconceituosas, próprias de setores conservadores da sociedade que criminalizam essa prática cultural
Abstract: This research focus the phenomenon of Brazilian funk in the Brazilian popular music as a complex sociocultural practice, and recognizing it as a mixture of various musical and non musical elements. It is an investigation that, beside reconstructing one perspective of the development of this music, tried to establish intersections between funk and many others elements that are part of it's context and ambient. To be able to accomplish that, the theoretical ground is based on researchers from the Communication field (Martín-Barbero, Pinheiro, Souza Santos) and from the Popular Music field (Wisnik, Vargas, Rivera) that try to comprehend the cultural practices of Latin America as a complex process, hybrids and mestizos in constant movement, transformation, translation and adaptation between themselves, always avoiding comprehensions marked by dichotomy, which are typical on those fields of study. Are also a part of the theoretical basis of this work researchers that developed studies specifically about Brazilian funk (Lopes, Palombini, Facina, Sá), beside the field researches, that have resulted in reports about those experiences. The results of the research allow a deeper comprehension of funk in the Communication and popular music fields and confirm our spectating that funk is a complex phenomenon that can only be understood in the context and ambient that it has been developed. Beside some musical aspects we fuscous on the relation of funk with market, violence and sexuality. Our approach allowed "listen" to Brazilian funk in a unheard way, free from prejudice and dualist points of view, that have market a way of looking at it, typical of the conservative sectors of society that were able to criminalize this cultural practice
Palavras-chave: Comunicação
Música popular brasileira
Cultura
Funk
Communication
Brazilian popular music
Culture
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Comunicação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Pedro, Thomaz Marcondes Garcia. Funk brasileiro: música, comunicação e cultura. 2015. 139 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4712
Data de defesa: 25-Jun-2015
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Thomaz Marcondes Garcia Pedro.pdf2,06 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.