???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4556
Tipo do documento: Tese
Título: Cibercultura, comunicação-dispositivo e dependência: oikonomia em tempo real e disponibilidade do humano na era da mobilidade glocalizada
Autor: Barbosa, Bárbara Conceição de Oliveira 
Primeiro orientador: Trivinho, Eugênio
Resumo: A presente Tese tem como objeto a análise da vinculação do humano em relação aos meios comunicacionais interativos móveis, no contexto social-histórico da cibercultura, entendida como configuração material, simbólica e imaginária de época, proveniente das transformações tecnológicas ocorridas a partir da segunda metade do século XX. O principal objetivo da reflexão é apreender a lógica da mobilidade dotada de suporte infotecnológico na imbricação com o fenômeno da dependência estrutural obliterada. Busca-se mapear e explicitar as causas e implicações do contexto de acoplamento dos indivíduos, bem como questionar a condição em que eles se encontram nesse processo civilizatório. A problemática aí implicada refere-se à condição de autonomia dos sujeitos em processos de vinculação cada vez mais intensa em relação à máquina, que permanecem no plano pré-simbólico, não se colocando socialmente como dependência estrutural. Como hipótese principal de trabalho, vislumbra-se que a premência de viver em mobilidade amplamente perpassada por conexão em tempo real se deve ao gerenciamento e controle de necessidades imbuídas de urgência, a serem diuturnamente alimentadas e executadas em contextos interativos móveis, sem que isso configure conscientemente obediência a regras do regime cibercultural. A pesquisa se fundamenta nas reflexões de Bauman, Harvey, Jameson, Lyotard (pós-modernidade); Breton (utopia da comunicação); Baudrillard e Sfez (no que se refere à autorreferencialidade da comunicação); Virilio (sociodromologia); Trivinho (cibercultura, dromocracia cibercultural e fenômeno glocal); Bourdieu (conceito de habitus); Baudrillard, Bauman e Lipovetsky (em questões relacionadas à sociedade de consumo); Lafontaine, Le Breton, Rüdiger, Sfez e Sibilia (imaginário tecnológico e condição do humano na civilização atual); Breton e Flusser (artifício e comunicação), Heidegger e Rüdiger (no tocante à questão da técnica), entre outros autores relevantes. Tais conceitos e tendências são articulados mediante reflexão crítica fincada na apreensão fenomênica de processos socioculturais e históricos relacionados ao modo de ser da civilização mediática atual, sempre na direção do questionamento sobre a condição do sujeito nessa mesma civilização. O desenvolvimento desta reflexão viabilizou a análise e o esclarecimento de fatores que estão na base da vivência sociotecnológica cotidiana, inerentes sobretudo às mudanças engendradas pelo investimento social na mobilidade interativa, contribuindo-se, igualmente, para o desenvolvimento da epistemologia crítica na área de Comunicação, no campo de estudos sobre media e redes informáticas em sua configuração atual
Abstract: This thesis analyzes humans connection with interactive mobile communication media in the social-historical context of cyberculture, understood as the material, symbolic and imaginary configuration of a time resulting from the technological transformations that took place in the second half of the 20th century. The main objective of the reflection is to understand the logic of mobility endowed with info-technological support in its close interconnection with the phenomenon of obliterated structural dependence. We seek to chart and explain the causes and implications of the context of individuals coupling, and also to question their condition within this civilizing process. The problem implied is that of the independence of subjects undergoing processes of increasingly intense connection with machines; these processes remain in the pre-symbolic plane, not presenting themselves socially as structural dependence. As the main hypothesis of this work, we consider that the urgent need to live in a condition of mobility widely infused with real-time connection is due to the management and control of urgent needs that are fed and executed on a long-lasting basis within mobile interactive contexts, although this does not consciously constitute obedience to the rules of the cybercultural regime. The research is based on the ideas of Bauman, Harvey, Jameson, Lyotard (post-modernity); Breton (communication utopia); Baudrillard and Sfez (regarding the self-referential aspect of communication); Virilio (sociodromology); Trivinho (cyberculture, cybercultural dromocracy and global phenomena); Bourdieu (the concept of habitus); Baudrillard, Bauman and Lipovetsky (on questions related to the consumer society); Lafontaine, Le Breton, Rüdiger, Sfez and Sibilia (technological imaginary and the human condition in present civilization); Breton and Flusser (artifice and communication), Heidegger and Rüdiger (regarding the issue of technique), among other relevant authors. These concepts and tendencies are articulated by means of a critical reflection based on the phenomenic understanding of the sociocultural and historical processes related to the manner of being of the present mediatic civilization, questioning the condition of the subject within this same civilization. This reflection has enabled the analysis and clarification of factors underlying daily socio-technological experience, inherent especially to the changes brought about by social investment in interactive mobility, contributing also to the development of critical epistemology in the area of Communication, in the field of studies of the media and computer networks in their present configuration
Palavras-chave: Cibercultura
Dependência estrutural obliterada
Comunicação-dispositivo
Oikonomia glocal
Mobilidade glocalizada
Disponibilidade glocal cibercultural
Cyberculture
Obliterated structural dependence
Communication-device
Glocal oikonomia
Glocalized mobility
Glocal cybercultural availability
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Comunicação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Barbosa, Bárbara Conceição de Oliveira. Cibercultura, comunicação-dispositivo e dependência: oikonomia em tempo real e disponibilidade do humano na era da mobilidade glocalizada. 2013. 119 f. Tese (Doutorado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4556
Data de defesa: 16-Oct-2013
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Barbara Conceicao de Oliveira Barbosa.pdf809,59 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.