???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4314
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorToledo, Alexandre Mauro-
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4244605T7por
dc.contributor.advisor1Salles, Cecilia Almeida-
dc.date.accessioned2016-04-26T18:11:05Z-
dc.date.available2011-07-26-
dc.date.issued2011-06-20-
dc.identifier.citationToledo, Alexandre Mauro. Relações comunicativas no processo de criação teatral: o diretor dramaturgo. 2011. 152 f. Tese (Doutorado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.por
dc.identifier.urihttps://tede2.pucsp.br/handle/handle/4314-
dc.description.resumoA partir do monólogo, aqui chamado forma teatral elementar , estudar o processo de criação artística da direção teatral. A importância assumida pela figura do diretor teatral nas últimas décadas aponta para o surgimento de uma nova dramaturgia, a dramaturgia da encenação teatral. O diretor de teatro moderno assume papel de destaque no espetáculo contemporâneo, uma vez que seu papel transcende ao de mero ensaiador. A encenação é sua própria escritura. Ao diretor cabem tarefas como a de preparação dos atores, articulação de diversas linguagens que interagem no espetáculo (figurino, cenografia, música, luz), adaptação e mesmo re-escritura do texto e, em alguns casos, até a própria escritura do texto. Ao buscar descobrir no diretor teatral a figura de um novo dramaturgo, deve-se surpreendê-lo no momento mesmo em que elabora seu texto, no momento da criação do espetáculo e quando isso não é possível, tentar reconstruir seu percurso criativo. A metodologia que mais se adequa a este objetivo é a análise dos processos de criação proposta pela crítica genética já que, segundo Salles, a crítica genética analisa os documentos vindos da própria mão do artista a fim de compreender os mecanismos da produção, elucidar os caminhos percorridos e tentar entender o processo que presidiu o desenvolvimento da obra. Trata-se de uma metodologia recente e que conta com poucos trabalhos no campo teatral. Desse modo, o trabalho se dividiu em duas frentes básicas: a análise de rascunhos e anotações diversas feitas por diretores teatrais ao longo dos ensaios de espetáculos já mostrados ao público e o acompanhamento de ensaios de espetáculos ainda por estrearpor
dc.description.abstractFrom the monologue, which called a theatrical "elementary, explore the process of artistic creation of theatrical direction. The importance assumed by chief figure of the theatrical shows in recent decades, in our view, to the emergence of a new drama, the drama of theatrical performance. The director of modern theater plays an important role in the show since its contemporary role transcends that of mere rehearsal. The acting is his own writing. Fit to the director of tasks such as preparing the actors, the articulation of different languages that interact in the show (costumes, set design, music, light), adaptation and even rewrite the text and in some cases, even the writing of the text. If we seek to discover the theater director a picture of a new playwright, should surprise you at the very moment in which he elaborated his text at the time of creating the show and when it is not possible, try to rebuild his creative path. The methodology that best suits our purpose is to analyze the processes of creation proposed by critics as the second genetic Salles, Genetic Criticism analyzes the documents from the artist's own hand in order to understand the mechanisms of production, to elucidate the paths taken and try to understand the process that presided over the development of the work. This is a recent methodology, which has few papers in the field of theater. Thus, our work was divided into two basic fronts: the analysis of sketches and notes made by various directors in the theater over the tests have shown to the public spectacles and follow-up testing of shows yet to premiereeng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2016-04-26T18:11:05Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Alexandre Mauro Toledo.pdf: 874222 bytes, checksum: fa3226d32d564666d0e476e9d58a95ab (MD5) Previous issue date: 2011-06-20eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucsp.br/tede/retrieve/12543/Alexandre%20Mauro%20Toledo.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de São Paulopor
dc.publisher.departmentComunicaçãopor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsPUC-SPpor
dc.publisher.programPrograma de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semióticapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectDramaturgiapor
dc.subjectDiretor teatralpor
dc.subjectProcesso de criaçãopor
dc.subjectDramaeng
dc.subjectTheatrical directoreng
dc.subjectCreative processeng
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAOpor
dc.titleRelações comunicativas no processo de criação teatral: o diretor dramaturgopor
dc.typeTesepor
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Alexandre Mauro Toledo.pdf853,73 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.