???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4259
Tipo do documento: Dissertação
Título: O processo criativo de Eugênio Barba: condutas ritualizadas de comunicação na obra O Sonho de Andersen do Odin Teatret
Autor: Poty, Vanja 
Primeiro orientador: Salles, Cecilia Almeida
Resumo: Fundamentado na crítica de processos criativos, da maneira como é desenvolvida por Cecília Salles (1998 e 2006), o presente projeto visa refletir sobre as formas de organização criativa do Odin Teatret e de seu diretor Eugênio Barba. Esta discussão tem como base a pesquisa do tratamento dado ao corpo na formação de seus atores, a noção de técnica e de Antropologia Teatral proposta pelo grupo, e a revisão de seus quarenta e seis anos de trajetória a partir da encenação O Sonho de Andersen, realizada em 2004. A metodologia consistiu em pesquisa bibliográfica, análise de ensaios, demonstrações públicas de trabalho, espetáculos e entrevistas. Foram abordados os aspectos comunicacionais, corporais e simbólicos dos procedimentos construtivos da cena, com suas restrições e tendências. Destacamos o inacabamento, o fluxo, a não linearidade e a mobilidade deste objeto, por meio da discussão sobre a dimensão coletiva do projeto poético e sobre o papel do diretor como criador e espectador particular do chamado processo colaborativo. Os meios de comunicação de massa monopolizam a vida da sociedade, e exatamente por isso encaramos a cena como uma forma dialógica e não linear de comunicação ativa entre artistas e público de despertamento da capacidade imaginativa. A partir desta proposição, pretendeu-se também tratar o sonho e o rito como potências fomentadoras da criação, e interrogar como estes atuam na construção cênica do ensemble. Como suportes teóricos fundamentais de tal intento, recorremos às investigações do conceito de imaginação material proposto por Gaston Bachelard (1988, 1990, 1991, 1993 e 1998); à análise de Adriana Mariz (2007) sobre os procedimentos construtivos do Odin Teatret; aos estudos de Eleazar Meletínski (2002) sobre o mito e os arquétipos literários por meio de suas aproximações e embates com a psicologia analítica de Carl G.Jung; aos teatros laboratórios de Jerzy Grotowski, Constantin Stanislavski e Vsevolod Meierhold; à cena ritual de Antonin Artaud; e, por fim, às práticas arcaicas do cuidado de si refletidas na investigação apresentada por Michel Foucault (2006)
Abstract: Based on the critic of the creative processes, the way it is developed by Cecilia Salles (1998 and 2006), this project aims to reflect the ways of Odin Teatret creative organization and its director Eugenio Barba. This discussion is based on the research of the body treatment in the training of its actors, the technique notion and Theatre Anthropology proposal by the group, and a review of its forty-six years of history on the staging of Andersen's Dream, held in 2004. The methodology consisted of literature review, rehearsal analysis, public work demonstrations, performances and interviews. We also approached the communication aspects, physical and symbolic procedures in the construction of the scene, with their restrictions and trends. We will stand out the unfinished, the flow, throw nonlinearity and the mobility of this object, through the debate about the collective dimension of the poetic project and about the part of the director as creator and private spectator of the so called collaborative process. The means of mass communication monopolize the life of society, and exactly because of this we see the scene as a dialogic and nonlinear form of active communication between artists and audience "awakening" the imaginative capacity. From this proposition, we intended to also address the dream and the rite as powers for promoting creation and to question how these work in the scenic construction of the ensemble. As theoretical bases fundamental for such intent, we used investigations of the material imagination concept proposed by Gaston Bachelard (1988, 1990, 1991, 1993 and 1998); analysis of Adriana Mariz (2007) of the construction procedures of the Odin Teatret; studies of Eleazar Meletínski (2002) about the myth and literary archetypes through his approach of the analytical psychology of Carl G. Jung; laboratories theaters of Jerzy Grotowski, Constantin Stanislavsky and Vsevolod Meierhold; the ritual scene of Antonin Artaud; and finally, the archaic practices of self-care reflected in research by Michel Foucault (2006)
Palavras-chave: Comunicação
Processo criativo
Crítica de processo
Teatro
Odin Teatret
Eugênio Barba
Communication
Creative process
Process criticism
Theatre
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Comunicação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Poty, Vanja. O processo criativo de Eugênio Barba: condutas ritualizadas de comunicação na obra O Sonho de Andersen do Odin Teatret. 2010. 164 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4259
Data de defesa: 9-Dec-2010
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Vanja Poty.pdf5,35 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.