REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Pós-Graduação em Educação nas Profissões da Saúde
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/39533
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorHun, Lidia-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/5549758461804390pt_BR
dc.contributor.advisor1Oliveira, Raquel Aparecida de-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6816909756882357pt_BR
dc.date.accessioned2023-10-06T15:35:22Z-
dc.date.available2023-10-06T15:35:22Z-
dc.date.issued2023-05-30-
dc.identifier.citationHun, Lidia. Percepção de risco psicossocial nas equipes de Estratégia Saúde da Família. 2023. Dissertação (Mestrado em Educação nas Profissões da Saúde) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Sorocaba, 2023.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/39533-
dc.description.resumoEste estudo teve como objetivo analisar os níveis de risco psicossocial das equipes de Estratégia Saúde da Família do município de Sorocaba, Estado de São Paulo. Foi aplicado o instrumento Health Safety Executive Indicator Tool juntamente com o questionário de caracterização pessoal nas 14 unidades de Estratégia de Saúde da Família. Do total de 270 funcionários, 126 responderam ao questionário, entre médicos, enfermeiros, coordenadores, técnicos de enfermagem, dentistas, auxiliar de saúde bucal e agentes comunitários de saúde. A pesquisa ocorreu durante a pandemia da Covid 19, no período de maio a julho de 2022, quando a mobilidade da população já havia voltado ao normal assim como as atividades das unidades básicas e de Estratégia Saúde da Família, em meio a problemas políticos e econômicos. A percepção de risco dos respondentes em relação ao apoio de colegas e chefia ficou em 10 a 11,45%. Em relação a controle 22,34%, comunicação e mudanças 17,64%, demandas 20,76% e relacionamentos 13,65%. Constatou-se estatisticamente que houve significância relacionada a função nas questões relacionadas ao trabalho, pausas sugestões e respeito dos colegas. A análise do nível de risco demonstrou ser alto na dimensão controle para os técnicos de enfermagem e mediana para enfermeiros, e, na dimensão demandas foi mediana para ambas as categorias, sugerindo que medidas de melhoria no processo e estrutura de trabalho podem ser tomadas para que o quadro não se agrave, comprometendo a saúde do trabalhador e da qualidade da assistência à populaçãopt_BR
dc.description.abstractThe purpose of this study was to analyze the psychosocial risks in the members of the Family Health Strategy teams. The study took place in Sorocaba, SP, in 14 teams of the Family Health Strategy. For this, the instrument Health Safety Executive Indicator Tool was applied together with a personal characterization questionnaire. From a total of 270 public employees, 126 among doctors, nurses, coordinators, nursing technicians, dentists, oral health assistants and health community agents replied the questionnaire and signed a consent form between May and July of 2022. The research was carried out during the Covid-19 pandemic when the population mobility and the activities of the basic units of the Family Health Strategy had been brought back to normality amongst political and economic matters. The psychosocial risk perception concerning a colleague and chief support was between 10 and 11,45%, and in relation to control 22,34%, changes and communications 17,64%, demands 20,76% and relationships 13,65%. Statistically was observed significance related to function in the items demands, temporary pauses, autonomy and respect of coworkers. The level risks analysis demonstrated to be high in the dimension control for the nursing technicians, and medium for nurses, in the dimension demands was median for both categories. Even so is important to take actions in order to improve the members welfare so that the public health care won’t be undermineden_US
dc.description.sponsorshipFundação São Paulo – FUNDASPpt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de São Paulopt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Ciências Médicas e da Saúdept_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsPUC-SPpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúdept_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectEstresse psicológicopt_BR
dc.subjectSaúde do trabalhadorpt_BR
dc.subjectEstresse ocupacionalpt_BR
dc.subjectEstratégia Saúde da Famíliapt_BR
dc.subjectPsychological stressen_US
dc.subjectOccupational stressen_US
dc.subjectWorkers healthen_US
dc.subjectFamily Health Strategyen_US
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDEpt_BR
dc.titlePercepção de risco psicossocial nas equipes de Estratégia Saúde da Famíliapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Educação nas Profissões da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Lidia Hun.pdf2,55 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.