REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/39449
Tipo: Dissertação
Título: Verdade e política na contemporaneidade à luz do pensamento de Hannah Arendt
Autor(es): Andrade, Jeâ Paulo
Primeiro Orientador: Critelli, Dulce Mara
Resumo: O presente trabalho parte da constatação de que o ser humano encontra-se desenraizado do mundo. Há um esvaziamento do sentido das coisas e uma crescente sensação de provisoriedade das mesmas. Dá-se como pressuposto que a verdade enquanto elemento de estabilidade científica e filosófica é posto abaixo com o fim da metafísica. Dessa maneira se contextualiza a matriz metodológica de investigação de Arendt, a fenomenologia, para se compreender a maneira como ela elabora o seu pensamento político-filosófico. Em seguida a dissertação busca explicitar a ação política na contemporaneidade. Se evidencia que o agir político se dá a partir da construção de imagens, da manipulação da opinião pública e no sofisticado uso da retórica. São fatores provocadores da indefinição de rumos nas atuais democracias e de confusão no estabelecimento de parâmetros de verdade que norteiem os cidadãos. O caminho dissertativo leva à constatação de que as realidades forjadas, a falta de sentido, a mentira como método são fruto do processo de atomização humana; fabricados na sociedade massificada e exacerbado pelo totalitarismo. Destaca-se a forma como Arendt aborda o tema da solidão e como se correlaciona com a manipulação das massas. Se esclarece como a solidão e o desenraizamento humano são a doença dos tempos atuais e como o ser humano perde o senso de pluralidade e a capacidade de pensar quanto mais sozinho se encontra. Por fim busca-se esclarecer de que modo acontece a massificação das relações, o poder da propaganda política e a produção do fanatismo como consequência do uso da força e dos recursos do sistema político totalitarista
Abstract: The present work is based on the observation that the human being is uprooted from the world. There is an emptying of the meaning of things and a growing sense of their temporary existence. It is taken for granted that truth as an element of scientific and philosophical stability is put down with the end of metaphysics. In this way, Arendt's methodological matrix of investigation, phenomenology, is contextualized in order to understand the way in which she elaborates her political-philosophical thought. Then the dissertation seeks to explain the political action in contemporary times. It is evident that political action takes place from the construction of images, the manipulation of public opinion and the sophisticated use of rhetoric. These are provoking factors for the lack of definition of directions in current democracies and for confusion in the establishment of truth parameters that guide citizens. The dissertative path leads to the realization that the forged realities, the lack of meaning, the lie as a method are the result of the process of human atomization; manufactured in mass society and exacerbated by totalitarism. The way in which Arendt approaches the theme of loneliness and how it correlates with the manipulation of the masses stands out. It clarifies how loneliness and human uprooting are the disease of the present times and how human beings lose their sense of plurality and the ability to think the more alone they find themselves. Finally, it seeks to clarify how the massification of relations, the power of political propaganda and the production of fanaticism as a consequence of the use of force and resources of the totalitarian political system happens
Palavras-chave: Atomização
Fanatismo
Fenomenologia
Opinião
Política
Sociedade de massas
Totalitarismo
Verdade
Atomization
Fanaticism
Phenomenology
Opinion
Politics
Mass society
Totalitarism
Truth
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia
Citação: Andrade, Jeâ Paulo. Verdade e política na contemporaneidade à luz do pensamento de Hannah Arendt. 2023. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2023.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/39449
Data do documento: 27-Mar-2023
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Jeâ Paulo Andrade.pdf756,09 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.