???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3933
Tipo do documento: Tese
Título: Nas terras do "Deus-dará": nordestinos e suas redes sociais em São Paulo
Autor: Baptista, Dulce Maria Tourinho 
Primeiro orientador: Bógus, Lucia Maria Machado
Resumo: Esse final de século vem sendo marcado por transformações decorrentes da globalização e exclusão que repercutem, em maiores proporções, nos segmentos sociais mais vulneráveis da sociedade, dentre eles os migrantes. Com a industrialização e urbanização, São Paulo atraiu grande contingente de migrantes nordestinos que, pelas suas precárias condições de vida na origem, buscaram uma vida melhor na grande cidade, alimentados pela ilusão de São Paulo como resposta aos seus desafios. Entretanto, o mercado de trabalho da cidade não os absorve mais. Para vencerem as dificuldades, criam alternativas para viver e resistir. Uma das táticas utilizadas é a das redes sociais. Constituem-se no apoio informal entre os iguais, através de teias de relações primárias, construídas no seu espaço social e territorial, envolvendo parentes, amigos, vizinhos e conterrâneos. Esse trabalho busca entender a dinâmica dessas redes sociais construídas pelos migrantes nordestinos em São Paulo, moradores da favela Jardim Colombo, através do seu cotidiano. São redes que atuam nas suas vidas desde o local de origem, viabilizando a migração, até o meio urbano, inserindo-os e apoiando-os na cidade. Articulam-se no cotidiano dos migrantes nordestinos frente aos desafios que os mesmos enfrentam e que são ocasionados pela destituição de direitos, pela situação de carência e pobreza em que vivem na sociedade brasileira. Questionamos se essas redes sociais submersas na vida do migrante, na grande cidade, representam só uma estratégia de sobrevivência diante da situação adversa, respondendo às suas necessidades mais imediatas/radicais e/ou integram uma ação coletiva na perspectiva de engajamento em um processo de emancipação social. A marca da vida do migrante é a busca incessante de uma terra melhor. Da terra do "Deus-dará", sai em busca desse ideal. Contudo, se muda o contexto social, pouco se altera a qualidade de vida. Continua a viver no abandono e privação, congregando as suas forças para sobreviver. Através das redes sociais viabiliza um espaço de vivência comunitária, constrói sua subjetividade e preserva sua cultura. As redes sociais também podem representar um possível caminho de passagem da luta pela sobrevivência à busca de direitos e construção da cidadania, o que viabilizaria o seu sonho de uma vida melhor
Abstract: The end of this century is being marked by globalization and exclusion, which echoes even stronger within the most vulnerable segments of society, the migrants among them. Industrialization and urbanization in São Paulo attracted a great number of migrants from northeastern Brazil, people who, due to the poor conditions at their place of origin, sought a better tire in an urbanized city, driven by the ilusion that São Paulo was the answer to their struggle. The city's work market no longer absorbs them. In order to surpass their difficulties, they create alternatives to how to survive and resist. One of them is the social nets. They are made of informal support among their equals, through a web of primary relations, built in their social physical space, involving relatives, friends, neighbors and fellow northeasterns. This work aims at understanding the dynamics of these social nets, built by northeastern migrants living in the slum of Jardim Colombo, São Paulo, through a view of their everyday life. These nets act on their live from their place of origin, making itself posible, to their arrival here, offering support and introducing the city to them. These nets are articulated in their every day tire, when facing challenges derived from deprivation of their rights, the destitution and poverty they live in, in the brazilian society. We've questioned whether these social nets, submerged under the lives of the migrants in the big city represent only a survival stratey before an adverse situation, responding to their more immediate/ crucial needs and / or if they integrate a group action in a perspective of fitting in, in a process of social emancipation. What marks the migrant's life is the uniterrupted search for a better land. They leave the "survival at skate" land, seeking this idealized place. It is a space move and not a change in the quality of tire,though. They keep on living in abandonment and deprivation, gathering strenght for survival.Through these nets, they create their own space for grouping, building their subjectiveness and preserving their culture. These social nets can also mean a possible path from struggle for survival to their search for their rights and citizenship, which could make their dream of a better tire come true
Palavras-chave: Migracao interna
Nordestinos -- Identidade social -- Sao Paulo
Acao coletiva
Cidadania
Migrantes
Subjetividade
Vivencia comunitaria
Ciencias Sociais
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Baptista, Dulce Maria Tourinho. Nas terras do "Deus-dará": nordestinos e suas redes sociais em São Paulo. 1998. 328 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1998.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3933
Data de defesa: 10-Jan-1998
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dulce maria tourinho baptista.pdf22,03 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.