???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3741
Tipo do documento: Tese
Título: Educação superior e mobilidade social: limites, possibilidades e conquistas
Autor: Figueiredo, Fábio Ferreira
Primeiro orientador: Bógus, Lucia Maria Machado
Resumo: O tema central desta tese está voltado ao estudo da inter-relação da Educação Superior com o fenômeno da Mobilidade Social no contexto da realidade brasileira. Para tal, traçou-se como objetivo maior a análise dos efeitos sociais subjetivos advindos a partir da obtenção de um diploma de curso superior em egressos cujos pais não possuem esse nível de escolaridade. São abordadas questões de ordem conceitual relativas a Pobreza, Desigualdade, Exclusão e Mobilidade Social, bem como outras voltadas a Capital Humano e Conhecimento como fatores relevantes para o desenvolvimento econômico e, principalmente, social. Contextualiza-se a realidade educacional brasileira, em particular a Superior, em seus parâmetros históricos, quantitativos e qualitativos, bem como se expõem dados comparativos entre os sistemas público e privado. Integra este material uma avaliação objetiva de exestudantes de ambas as redes relativamente a seus cursos e instituições (Exame Nacional de Cursos - 1996/2003). Os dados da pesquisa de campo foram coletados por meio de entrevistas com sessenta egressos de três universidades particulares da região metropolitana de São Paulo. O roteiro utilizado registrou a opinião do egresso sobre suas experiências relacionadas ao curso universitário e os efeitos em sua vida profissional e pessoal originados a partir da obtenção da graduação. Os resultados apontam o sensível impacto positivo gerado a partir da obtenção do curso superior junto aos egressos integrantes das famílias com esta característica de escolaridade (pais sem curso superior). Esses concluintes, de modo geral, reconhecem a importância da graduação para suas atividades profissionais e sentem-se também mais fortalecidos em suas questões pessoais, familiares e sociais. Por toda essa colocação, concluise no sentido de que há necessidade da participação do Estado no que tange à orientação e ao estímulo de políticas públicas voltadas à expansão da rede, às condições de financiamento e à melhoria constante do Sistema de Educação Superior Nacional.
Abstract: The main team of this thesis is the study of the inter-relation of Superior Education with the phenomenon of Social Mobility in the context of the Brazilian reality. To achieve this, it is set as main objective the analysis of the subjective social effects coming from obtaining a College Diploma in environments where parents do not have such a leveI of schooling. There will be conceptual questions related to poverty, inequality, exclusion and social mobility, as well as other questions covering Human Capital and Knowledge as relevant factors toward economical and, mainly, social deve1opment. Brazilian education, especially College, is then contextualized in its historical, quantitative, and qualitative parameters, and comparative data between the public and private systems are then exposed. An objective assessment of alumni from both systems, including their courses and institutions, algo integrates this material (Examination ofNational Courses - 1996/2003). The field survey was carried out by means of interviews with sixty egresses from three private universities of the metropolitan area of São Paulo. The procedure adopted registered the egresses' opinion on their college experiences and the respective effects in their professional and personallives generated as from their graduation. The results show a positive sensitive impact issued with the superior course vis-à-vis the fami1yegresses with these schooling characteristics (parents without a college degree). These graduates recognize the importance of graduation to their professional activities and they algo reei strengthened in their personal, family and social questions. Due to what is mentioned hereinabove, it is concluded that it is necessary that the State participate in the orientation and the stimuli of public politics focusing on the expansion of the system, on financing conditions and on the constant improvement ofthe National Superior Education System.
Palavras-chave: Curso superior
Conhecimento
Ensino superior -- Brasil
Mobilidade social -- Brasil
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Figueiredo, Fábio Ferreira. Educação superior e mobilidade social: limites, possibilidades e conquistas. 2006. 242 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3741
Data de defesa: 9-Jun-2006
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Fabio Ferreira Figueiredo.pdf6,41 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.