REPOSITORIO PUCSP Monografias Lato Sensu (Especialização e MBA) Monografias Lato Sensu (em Processamento)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/37074
Tipo: Monografia de Especialização
Título: Uma análise do cristianismo primitivo a partir de Gerd Theissen
Autor(es): Barbosa, Sebastião Fernandes
Primeiro Orientador: Sanchez, Wagner Lopes
Resumo: A presente monografia é um levantamento bibliográfico que procura analisar da história do cristianismo primitivo, sob a ótica da ciência da religião. Existem diversas apresentações da história do cristianismo primitivo e de sua literatura que não pressupõem posicionamentos específicos. O que falta é uma apresentação adequada da religião, da fé, do etos e dos ritos cristãos primitivos. Trata-se de tentativas necessárias de apresentar uma religião a partir de dentro. O Novo Testamento e o cristianismo primitivo são muito importantes suas formações culturais e fundamentais da história humana. O cristianismo primitivo é o nome dado a uma etapa da história do cristianismo de aproximadamente três séculos a partir do século I. A mensagem inicial do Evangelho foi espalhada oralmente, provavelmente em aramaico. Os livros do Novo Testamento Atos dos Apóstolos e Epistola aos Gálatas registram que a primeira comunidade da Igreja Cristã foi centrada em Jerusalém. Os primeiros cristãos, como descritos nos primeiros capítulos dos Atos dos Apóstolos, tinham como regra de fé e pratica os ensinamentos da Bíblia Judaica antigo Testamento, em geral versão grega (Septuaginta) ou a tradução aramaica. Os cristãos criaram uma teologia baseada na obra expiatória de Cristo e na justificação pala fé. Essa teologia objetivava explicar todo significado e os objetivos da Lei Mosaica. Os pais da Igreja desenvolveram a teologia cristã e bases para a doutrina da Trindade. Os cristãos sofreram perseguições esporádicas, eles são considerados mártires, no século IV. Constantino terminou com a perseguição aos cristãos promulgando o édito de Milão. O que começou como um movimento religioso dentro do judaísmo do primeiro século, a Igreja cristã prevaleceu sobre o paganismo porque oferecia uma doutrina muito mais atraente, porque os lideres da Igreja se dirigia as necessidade humanas. Esse relacionamento Cristão foi o melhor, para que as famílias, a igreja e a sociedade, tornando cidadãos mais conscientes, maduros, responsáveis e saudáveis emocionalmente, capaz de contribuir para um verdadeiro cristianismo
Abstract: This monograph is a bibliographical survey that seeks to analyze the history of primitive Christianity, from the points of view of both science and religion. There are several presentations of the history of early Christianity and its literature that do not hold specific positions. What is missing is an adequate presentation of the religion, faith, ethos, and primitive Christian rites. Necessary attempts need to be made to present the religion from within. The New Testament and Christianity, their cultural and fundamental formations of history, are very important to the history of humanity. Primitive Christianity is the name given to a stage in the history of Christianity approximately during the period of first three centuries.The initial message of the Gospel was spread orally, probably in Aramaic.The books of New Testament, Acts of the Apostles and Epistle to the Galatians, record that the first Christian church community was centered in Jerusalem. The first Christians, as described in the first chapters of the Acts of the Apostles, had as their rule of faith and practices the teachings of the Old Jewish Bible Testament, generally in Greek (Septuagint) or the Aramaic translation. Christians created a theology based on the work expiation of Christ and in justification of faith. This theology aimed to explain all the meanings and objectives of the Mosaic Law. Fathers of the Church developed Christian theology based on the doctrine of the Trinity. Christians suffered sporadic persecutions and they are considered martyrs, in the fourth century. Constantino ended the persecution of Christians by promulgating the edict of Milan. What began as a religious movement within first-century Judaism, the Christian Church prevailed over paganism because it offered a much more appealing doctrine, as the leaders the Church were addressing human needs. This Christian relationship was the best for families, the church and society. Making citizens more aware, mature, responsible and emotionally healthy , as well as being able to contribute to a true Christianity
Palavras-chave: Religião
Cristianismo
Primeiros cristãos
Religion
Christianity
Early christians
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA::OUTRAS SOCIOLOGIAS ESPECIFICAS
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Sociais
metadata.dc.publisher.program: Especialização em Ciência da Religião: uma Capacitação para os Estudos da Religião
Citação: Barbosa, Sebastião Fernandes. Uma análise do cristianismo primitivo a partir de Gerd Theissen. 2018. Monografia de Especialização (Especialização em Ciência da Religião: uma Capacitação para os Estudos da Religião) - Faculdade de Ciências Sociais da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2018.
Tipo de Acesso: Acesso Restrito
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/37074
Data do documento: 28-Set-2018
Aparece nas coleções:Monografias Lato Sensu (em Processamento)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
SEBASTIÃO FERNANDES BARBOSA.pdf
  Restricted Access
589,2 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.