REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Pós-Graduação em Educação nas Profissões da Saúde
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/36272
Tipo: Dissertação
Título: Intervenção educacional tecnológica como uma estratégia para o enfrentamento do excesso de peso em pacientes da Atenção Primária
Autor(es): Cassalati, Patrícia Amorin de Aguiar
Primeiro Orientador: Senger, Maria Helena
Resumo: O sobrepeso e a obesidade são um problema de saúde pública global, de etiologia multifatorial, com destaque para a genética, hábitos alimentares inadequados e o sedentarismo. É fator de risco para doenças cardiovasculares, diabetes mellitus tipo 2, artrite, alguns tipos de câncer, maior gravidade e morbimortalidade dos infectados pelo COVID-19, promovendo maiores custos ao sistema de saúde e perda da qualidade de vida. Dessa forma, é de extrema importância a promoção de hábitos saudáveis, para prevenção e controle da doença, podendo ser utilizadas como estratégias a educação popular e as tecnologias de informação em saúde. Objetivo: Avaliar a aplicação de tecnologias em saúde na educação para mudanças do estilo de vida em pessoas com sobrepeso e obesidade. Método: Estudo longitudinal, prospectivo, experimental e quantitativo, correspondendo a um ensaio clínico controlado cruzado, em que os 42 participantes, cadastrados Unidade Básica de Saúde do Parque São Bento, em Sorocaba – SP, foram pareados em dois grupos, quanto à idade, escolaridade e peso. Um grupo recebeu a intervenção educacional por meio de tecnologias em saúde (reuniões em grupo e WhatsApp), além das consultas individuais. O outro (controle) recebeu consultas individuais habituais. Na metade do estudo, os grupos foram trocados e assim permaneceram por mais nove semanas. Os dois grupos foram incentivados para a adoção de hábitos saudáveis e perda de peso. Os pacientes responderam a questionário para avaliar seus hábitos de vida no momento inicial, no meio e ao final do estudo. As medidas antropométricas e a avaliação laboratorial ocorreram nos três momentos descritos. Os resultados foram comparados estatisticamente. Resultados: Dentre os 42 participantes que concluíram o estudo, 95% eram do sexo feminino, 61,92% foram classificados com sobrepeso e obesidade grau I. Ao final do estudo, 17 participantes alcançaram a meta de perda mínima de 5% do peso inicial. Em relação à intervenção com o uso de tecnologia em saúde, a velocidade da perda de peso e da perda de excesso de peso percentuais foi maior do que no grupo controle, durante as primeiras semanas, igualando as perdas ao fim do projeto. As médias de circunferência abdominal, peso e excesso de peso, diminuíram progressivamente até o final do estudo. Houve aumento do consumo de alimentos minimamente processados e redução de refrigerantes, ultra processados e bebidas alcoólicas. Também houve incremento da prática de atividade física, redução do número de inativos e do tempo frente às telas. Sobre a percepção dos participantes, a maioria considerou sua assiduidade, dedicação e empenho como adequados e afirmaram que o projeto auxiliou na adoção de hábitos saudáveis e no alcance de seus objetivos pessoais. Conclui-se que a intervenção tecnológica é factível para a educação em saúde e pode contribuir para o enfrentamento do excesso de peso. Isto inclui as tecnologias leves e leves-duras do cuidado, que necessitam ser apoiadas pela avaliação clínica e por trabalhos em grupos, propiciando dinamismo e resultados favoráveis no seguimento destes pacientes na Atenção Básica
Abstract: Overweight and obesity are a global public health problem, which etiology is multifactorial, with emphasis on genetics, inadequate eating habits and sedentary lifestyle. It is a risk factor for cardiovascular diseases, type 2 diabetes mellitus, arthritis and some types of cancer, greater severity and morbidity and mortality of those infected by COVID-19, resulting in higher costs to the health system and loss of quality of life. Thus, it is extremely important to encourage healthy habits to prevent and control the disease, and educating the population and providing health information technologies can be used as strategies. Goal: Assess the use of health technologies in education for lifestyle changes in overweight and obese individuals. Method: Longitudinal, prospective, experimental, and quantitative study, corresponding to a controlled crossover clinical trial, in which the 42 participants, registered at the Basic Health Unit of Parque São Bento, in Sorocaba, SP, were paired into two groups, based on age, education level and weight. One group received the educational intervention through health technologies (group meetings and WhatsApp), in addition to individual consultations. The other (control) went through customary individual appointments. Halfway through the study, the groups were switched and remained so for another nine weeks. Both groups were encouraged to adopt healthy habits and lose weight. The patients answered a questionnaire to assess their lifestyle at the beginning, in the middle and at the end of the study. Anthropometric measurements and laboratory evaluation took place at the three described periods. The results were statistically compared. Results Among the 42 participants who completed the study, 95% were female, 61.92% were classified as overweight and obese grade I. At the end of the study, 17 participants achieved the minimum loss goal of 5% of the initial weight. Regarding the intervention with the use of health technology, the speed of weight loss and percentage excess weight loss was greater than in the control group, during the first weeks, equaling the losses at the end of the project. The averages of abdominal circumference, weight and excess weight progressively decreased until the end of the study. There was an increased consumption of minimally processed foods and a reduction in sodas, ultra-processed products, and alcoholic beverages. There was also an increased practice of physical exercises, a reduction in the number of inactive people and the time spent in front of the screen. Regarding the perception of the participants, the majority considered their attendance, dedication, and effort adequate and stated that the project helped them to adopt healthy habits and achieve their personal goals. It is thus concluded that technological intervention is feasible for health education and can contribute to fighting overweight. This includes light and light-hard care technologies, which need to be supported by clinical evaluation and group work, providing dynamism and favorable results in the follow-up of these patients in Primary Care
Palavras-chave: Obesidade
Estilo de vida
Tecnologia da informação
Atenção Primária à Saúde
Educação em saúde
Obesity
Lifestyle
Information technology
Primary Health Care
Health education
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde
Citação: Cassalati, Patrícia Amorin de Aguiar. Intervenção educacional tecnológica como uma estratégia para o enfrentamento do excesso de peso em pacientes da Atenção Primária. 2023. Dissertação (Mestrado em Educação nas Profissões da Saúde) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Sorocaba, 2023.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/36272
Data do documento: 9-Mai-2023
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Educação nas Profissões da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Patrícia Amorin de Aguiar Cassalati.pdf8,68 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.