???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3530
Tipo do documento: Dissertação
Título: Política, direitos e novos controles punitivos
Autor: Campello, Ricardo Urquizas 
Primeiro orientador: Oliveira, Salete
Resumo: Este trabalho apresenta a emergência de novas técnicas de controle e punição, exercidas por meio de monitoramentos telemáticos, efetuados sobre os designados criminosos, atendendo às atuais demandas por segurança. Problematiza-se a equação liberdade-segurança atravessada pela efetivação de direitos. A pesquisa situa-se diante da consolidação do que Michel Foucault chamou de governamentalidade neoliberal e investiga as recentes estratégias de condução das condutas que estendem o controle penal para fora dos espaços de encerramento de corpos, sem abdicar ao confinamento. Mostra-se como o rastreamento de presos faz diluírem-se os limites do cárcere por meio de seu acoplamento a modulações eletrônicas, que formatam prisões sem muros, móveis e flexíveis, em ambientes abertos. São estudadas procedências pontuais de tecnologias de monitoramento remoto nos Estados Unidos, bem como os deslocamentos que o fazem atender à atual economia da pena. São apresentadas as diferentes práticas punitivas que hoje se redimensionam em controles eletrônicos. Analisa-se os discursos ecléticos e as diversas forças políticas que suscitaram a emergência dos mecanismos de rastreamento de presos. Situa-se, por fim, a implantação do monitoramento eletrônico de condenados e processados pelo sistema penal no Brasil, como ratificação de uma verdade, construída a partir de práticas de gestão da relação indissociável entre legalismos e ilegalismos. Interessa o questionamento da continuidade do castigo sobre corpos como sustentação da política que se exercita e se prolonga hoje por meio de novos controles punitivos ancorados na ampliação do duplo direitos-segurança
Abstract: This work presents the emergency of new techniques of control and punishment exercised by the use of telematic monitoring, over the so-called criminals, according to the current demands for security. The equation liberty-security that is suffused by the effectuation of rights is also problematized. The research is situated in what Michel Foucault called neo-liberal governmentality and investigates the recent strategies of conducts conduction that extends the penal control to out of the bodies confinement spaces, without abdicating them. It is showed how the offenders tracking waters down the prison limits by its coupling to electronic modulations that formats jails without walls, mobile and flexible, in open environment. Punctual precedence of monitoring technologies in the United States is studied, as well as its transformations serving the current penal economy. Different punitive practices that nowadays are resized in electronic controls are presented. Eclectic discourses and the several political forces that bring about the offenders tracking are analysed. The implementation of the electronic monitoring of condemned and processed people by the penal system in Brazil is situated as a truth construction from the inextricable relation between legalisms and illegalisms. The questioning of the continuity of the punishment over bodies as a support of the politics that is today exercised and lengthened by means of new punitive controls anchored in the expansion of the double rights-security.
Palavras-chave: Monitoramento eletrônico
Segurança
Controle
Governamentalidade neoliberal
Electronic monitoring
Security
Control
Liberal governmentality
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Campello, Ricardo Urquizas. Política, direitos e novos controles punitivos. 2013. 250 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3530
Data de defesa: 4-Dec-2013
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ricardo Urquizas Campello.pdf3,71 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.