???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3358
Tipo do documento: Tese
Título: Desumanização e política: análise da política contemporânea a partir da aproximação de Agamben com a psicanálise
Título(s) alternativo(s): Dehumanization and politics: a contemporary politics analysis from an approach between Agamben s work and the psychoanalysis
Autor: Teshainer, Marcus Cesar Ricci 
Primeiro orientador: Koltai, Caterina
Resumo: Esta tese tem como objetivo investigar, a partir da análise da obra do filósofo italiano Giorgio Agamben e das contribuições da psicanálise, o processo de desumanização na política contemporânea e como, nos termos da biopolítica, conceito cunhado por Foucault, o homem contemporâneo tem sua vida posta em questão na política contemporânea, tornando-se vida nua, termo cunhado por Giorgio Agamben para descrever a vida desprovida de humanidade. Para tanto, realizou-se uma pesquisa teórica/bibliográfica, que primeiramente aborda o conceito de bioplítica, em seguida, apresenta a obra de Agamben, considerando sua atualidade na explicação/abordagem de fenômenos contemporâneos e sua crítica aos direitos humanos, para, em seguida, trazer as contribuições da psicanálise ao tema. Com isso, foi possível, além de constatar, explicitar e aprofundar a proposta de Agamben de desumanização pela política, compreender, por meio da psicanálise a forma pela qual esta desumanização funda-se na psique e por meio de quais mecanismos a gestão política alimenta a desubjetivação do homem político, tornando-o apenas vida nua, ou seja, vida pura e simples. Conclui-se que tal movimento dá-se por meio da generalização das populações, tornando-as apenas dados estatísticos e, assim, anulando o desejo, o que diminui a força das reivindicações sociais. No cenário político, pós Aushwitz e lançamento das bombas atômicas sobre o Japão, qualquer vida humana não passa de dados estratégicos no jogo de poder global
Abstract: This thesis aims to investigate taking as startpoint the analysis of Giorgio Agamben‟s work and the contributions of psychoanalysis the dehumanization process in the contemporary politics and how, in terms of biopolitics, a concept of Foucault, modern man has his life questioned in contemporary politics, and becoming thus bare life, a term created by Giorgio Agamben to describe life devoid of humanity. Therefore a theoretical and bibliographical research was undertaken,which initially addresses the concept of bioplítics , then presents Agamben‟s work, considering its relevance in the approach/explanation of contemporary phenomena and its criticism of human rights, and finally brings up the contributions of psychoanalysis to the subject. Thus, it was possible, besides observing, clarifying and deepening the dehumanization of politics proposed by Agamben, to comprehend through psychoanalysis the form by which this dehumanization is based on psyche and through what mechanisms the political management feeds desubjectivation of man as a political being, turning him into just bare life, plain and simple life. One can conclude that such a movement takes place through generalization of the populations, turning them into mere statistical data, and thus nullifying the will, which reduces the strength of social demands. In the political scene, after Auschwitz and the dropping of the atomic bombs on Japan, every human life is nothing more than a plain datum in the strategic game of global power
Palavras-chave: Desumanização
Política
Biopolítica
Agamben
Psicanálise
Dehumanization
Politics
Biopolitics
Agamben
Psychoanalysis
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Teshainer, Marcus Cesar Ricci. Dehumanization and politics: a contemporary politics analysis from an approach between Agamben s work and the psychoanalysis. 2011. 144 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3358
Data de defesa: 10-Nov-2011
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marcus Cesar Ricci Teshainer.pdf934,53 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.