???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3297
Tipo do documento: Dissertação
Título: As conseqüências de culturas de alto desempenho para os profissionais de organizações do segmento químico e farmacêutico
Autor: Bayma, Lígia Helena Fürbringer 
Primeiro orientador: Bógus, Lucia Maria Machado
Resumo: A dissertação aqui apresentada trata das consequências das culturas de alto desempenho ou performance para as pessoas que estão dentro das organizações onde essas culturas são utilizadas como premissa básica. Essas organizações exprimem seu desejo de alto desempenho, por meio de suas atitudes, discursos presentes na descrição de seus valores, divulgados amplamente em todos os espaços de ampla circulação e de fácil visualização. Esses valores são ainda divulgados formalmente e com frequência a todos os seus funcionários. Para tratar desse assunto, teremos como ponto focal e como exemplo dessa cultura a indústria farmacêutica, assim como os respondentes de uma amostra qualitativa sistemática, que são os profissionais que nela trabalham ou trabalharam. Com isso, temos por objetivo: Analisar as consequências das exigências da cultura de alto desempenho para os profissionais que trabalham em organizações que as explicitam, evidenciando a pressão sofrida pelos indivíduos trabalhadores; o desconforto gerado por essa pressão; os comportamentos e atitudes de alto desempenho, fundamentados na permissividade na busca de resultados. Analisar também o modo como as consequências geradas para os indivíduos são tratadas: como limites individuais e não como um resultado do processo de trabalho. Concluiremos que, enquanto houver a gestão matriz incentivando a continuidade desses hábitos, eles continuarão presentes nas futuras gerações, e isso está inserido na cultura vigente. A proposta desta pesquisa é auxiliar as corporações com relação às medidas que podem ser tomadas para minimizar esses impactos na condução de seus profissionais. Tem-se também o intuito de que as organizações se tornem mais saudáveis, proporcionando aos seus funcionários melhor qualidade de vida e, consequentemente, de trabalho
Abstract: The dissertation is about the Consequences of High performance targets for the company workers (employees), in companies that has it as basic premises, that let those premises very clear for anyone, through their attitudes, through their speeches, values and which are exposed everywhere, to be reached to every single person inside the company. These high performance values are also formal and frequently disseminated to all employees. To explain this subject, high performance culture, we will use as focal point for exemples, the pharmaceutical industry as well as employees interviewed to build a sample, which objectives are: To analyze the consequences of such high performance exigencies to employees in companies that has high performance aim, as overuse of pressure and its consequences for people; in their behavior , attitudes, analyzing the permissive behavior to achieve high performance results, where everything becomes possible and valid; and finally, how these consequences are seen (if loss of quality of life or an illness) and dealed as an individual limit and not a result of overuse of work limits, work processes. To conclude, we will be able to realize that as much as we still having a matrix that has this aims and therefore stimulates this kind of behavior for extreamly high results, we will still have these over stimulation for workers in the present time and also for the future generation, because this is part of the culture. The proposal of this research is to help companies to check and to begin to analyze high performance measures, that can be stablished to minimize such high performance impacts to the workers, and that through people they still can have high organizational results with better quality of life for the employees, and better than that, they will be able to develop healthy companies, which are made basically by people
Palavras-chave: Cultura organizacional
Culturas de alto desempenho
Indústria farmacêutica
High performance
Pharmaceutical industry
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Bayma, Lígia Helena Fürbringer. As conseqüências de culturas de alto desempenho para os profissionais de organizações do segmento químico e farmacêutico. 2011. 110 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3297
Data de defesa: 18-May-2011
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ligia Helena Furbringer Bayma.pdf414,41 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.