???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3228
Tipo do documento: Dissertação
Título: Refugiados angolanos em São Paulo: entre a integração ou segregação
Autor: Haydu, Marcelo 
Primeiro orientador: Bógus, Lucia Maria Machado
Resumo: Os angolanos são a presença mais expressiva da vinda para o Brasil de pessoas de origem africana, em busca de refúgio, oriundas de países em que ocorrem conflitos armados. O Brasil apresentou-se à época da guerra civil em Angola como uma alternativa de fuga aos angolanos, já que, países que tradicionalmente eram receptores de refugiados, tais como Estados Unidos e países europeus, como é o caso da França, se fecharam para essas pessoas. Contudo, apesar da facilidade em adentrar ao território brasileiro, os refugiados angolanos têm enfrentado inúmeras dificuldades em São Paulo e, diariamente, têm que suportar o descaso e o preconceito de muitas pessoas nessa cidade. Por que, apesar de tamanha dificuldade eles permanecem em São Paulo? Por que, ao longo do período de guerra civil em Angola, o número de angolanos que veio a São Paulo foi quase sempre crescente? Por fim, como tem sido o processo de integração dessas pessoas nessa cidade? Essas são algumas indagações que, ao longo deste trabalho, tentar-se-á responder
Abstract: The Angolans are the most expressive presence on the arrival of African people in Brazil, searching for refugee, coming from countries in which occurs an armed conflict. Brazil was presented at the time of Angola civil war as an alternative route for the Angolans, considering that countries that traditionally received refugees, such as United States and European countries (for example, France), closed its borders for these people. However, despite the easiness to enter the Brazilian territory, the Angolan refugees have been facing a large number of difficulties in São Paulo and have to deal with indifference and prejudice on daily basis coming from São Paulo s population. Why, after such difficulties, they remain in São Paulo? Why, during the Angola civil war, the number of Angolans that came to São Paulo was almost always increasing? Finally, as has been the integration process of these people in this city? These are some questions which, during this work, we will try to answer
Palavras-chave: Refugiados angolanos
Relações internacionais
Angolans refugees
International relations
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Haydu, Marcelo. Refugiados angolanos em São Paulo: entre a integração ou segregação. 2010. 198 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3228
Data de defesa: 18-Oct-2010
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marcelo Haydu.pdf966,55 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.