REPOSITORIO PUCSP Trabalho de Conclusão de Curso - TCC Graduação em Arte: História, Crítica e Curadoria
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/32266
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Decolonialismo no ponto de vista da Pinacoteca do Estado de São Paulo a partir dos Catálogos de exposição Rosana Paulino: a costura da memória e Adriana Varejão - suturas fissuras e ruínas
Autor(es): Oliveira, Marina Ribeiro
Primeiro Orientador: Canada, Manoel José
Resumo: O presente trabalho tem como objetivo analisar o ponto de vista da Pinacoteca do Estado de São Paulo sobre o decolonialismo por meio de dois catálogos de exposição dessa instituição: Rosana Paulino: a costura da memória (2018) e Adriana Varejão: suturas, fissuras, ruínas (2022). Este tema se faz muito necessário visto que estuda como uma das mais prestigiadas entidades museais do Brasil e da América Latina apresenta duas importantes artistas contemporâneas que, apesar das suas próprias distinções autorais, trabalham com o mesmo assunto: a história dos oprimidos. A Pinacoteca é uma instituição pública de arte fundada em 1905 com os princípios da elite cafeeira da época que com o passar dos anos foi desenvolvendo um maior interesse nas demandas do público com a temática social. A monografia se divide em seis capítulos mais a introdução e conclusão: História da Pinacoteca do Estado de São Paulo, Catálogo como gênero textual e os catálogos da Pinacoteca, Decolonialismo, O catálogo Rosana Paulino: a costura da memória, e O catálogo Adriana Varejão: suturas, fissuras e ruínas
Abstract: The present work aims to analyze the point of view of the Pinacoteca do Estado de São Paulo on decolonialism through two exhibition catalogs of this institution: Rosana Paulino: a costura da memória (2018) and Adriana Varejão: suturas, fissuras e ruínas (2022). This theme is of extreme importance since it studies how one of the most prestigious museum entities in Brazil and Latin America presents two important contemporary artists who, despite their own authorial distinctions, work with the same subject: the history of the oppressed. The Pinacoteca is a public art institution founded on the coffee elite’s principles of its time, which over the years developed a greater interest in the public’s demands on social issues. The thesis is divided into six chapters plus an introduction and a conclusion: History of Pinacoteca do Estado de São Paulo, Catalogs as a textual genre and the Pinacoteca’s catalogs, Decolonialism, The catalog Rosana Paulino: a costura da memória, and The catalog Adriana Varejão: suturas, fissuras, ruínas
Palavras-chave: Pinacoteca do Estado de São Paulo
Catálogo de exposição
Decolonialismo
Rosana Paulino
Adriana Varejão
Pinacoteca do Estado de São Paulo
Exhibition Catalog
Decolonialism
Rosana Paulino
Adriana Varejão
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES::FUNDAMENTOS E CRITICA DAS ARTES::CRITICA DA ARTE
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Graduação em Arte: História, Crítica e Curadoria
Citação: Oliveira, Marina Ribeiro . Decolonialismo no ponto de vista da Pinacoteca do Estado de São Paulo a partir dos Catálogos de exposição Rosana Paulino: a costura da memória e Adriana Varejão - suturas fissuras e ruínas. 2022. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Arte: História, Crítica e Curadoria) - Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2022.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/32266
Data do documento: 28-Fev-2022
Aparece nas coleções:Graduação em Arte: História, Crítica e Curadoria

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Marina Ribeiro Oliveira TCC.pdf1 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.