REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Pós-Graduação em Educação nas Profissões da Saúde
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/32242
Tipo: Dissertação
Título: Idade ao operar e velocidade de perda de peso: fatores interferentes no reganho de peso em pacientes submetidos a cirurgia bariátrica há mais de 10 anos
Autor(es): Takatsu, Bianca Carmona Marmille
Primeiro Orientador: Senger, Maria Helena
Resumo: Introdução: A cirurgia bariátrica é um tratamento altamente eficaz para a obesidade, mas o reganho de peso é comum. Objetivo: Avaliar a evolução de pacientes submetidos cirurgia bariátrica e identificar fatores relacionados à variação de peso e parâmetros metabólicos em estudo retrospectivo. Material e Métodos: Analisadas 32 pacientes submetidas ao Bypass gástrico, em acompanhamento no ambulatório de obesidade da PUCSP campus Sorocaba e que participaram de estudo prévio realizado em 2014. Foram divididas em dois grupos: com reganho de peso (>10% do peso mínimo após a cirurgia) e sem reganho (≤10%). Avaliados ainda parâmetros antropométricos, parâmetros laboratoriais, grau de atividade física e acompanhamento nutricional e psicológico. A análise de regressão foram usadas para identificar possíveis fatores associados ao reganho de peso. Resultados: O tempo médio decorrido desde a cirurgia foi de 161,6 ± 21 meses. No momento da cirurgia e atualmente os dados foram, respectivamente: 41,6 ± 10,3 e 56,2 ± 10,5 anos (idade); 153 ± 18,9 kg e 88 ± 20 kg (peso); 44,1 ± 7,4 kg/m2 e 33,7 ± 5,9 kg/m2 (IMC). A porcentagem média de reganho foi de 14% ± 10% e a perda média de peso de 22,6% ± 11,9%. A faixa etária mais jovem ao operar e o menor tempo para atingir o peso mínimo após a cirurgia mostraram-se associados ao reganho de peso e explicaram 42% da variação. Os níveis das dosagens laboratoriais se mostraram sempre menores após a cirurgia nos dois grupos. Conclusão: O reganho de peso após a cirurgia bariátrica é comum e a idade mais jovem ao operar e uma rápida perda de peso após a cirurgia são fatores contribuintes significativos. Assim, a indicação da cirurgia deve ser oportuna e o aspecto educativo no preparo dos pacientes para a variação do peso pós-cirurgia deve ser enfatizado. Apesar desses desafios, a cirurgia bariátrica continua sendo uma ferramenta importante no combate à obesidade e suas comorbidades associadas
Palavras-chave: Cirurgia bariátrica
Obesidade
Perda de peso
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde
Citação: Takatsu, Bianca Carmona Marmille. Idade ao operar e velocidade de perda de peso: fatores interferentes no reganho de peso em pacientes submetidos a cirurgia bariátrica há mais de 10 anos. 2023. Dissertação (Mestrado em Educação nas Profissões da Saúde) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Sorocaba, 2023.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/32242
Data do documento: 7-Mar-2023
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Educação nas Profissões da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Bianca Carmona Marmille Takatsu.pdf1,13 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.