REPOSITORIO PUCSP Trabalho de Conclusão de Curso - TCC Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/31987
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: O conhecimento das gestantes sobre as práticas integrativas e complementares na Atenção Básica de um município de São Paulo
Autor(es): Barros, Maria Eduarda Dias
Oliveira, Talissa Soares de
Primeiro Orientador: Almeida, Janie Maria de
Resumo: Introdução: As Práticas Integrativas e Complementares (PICs) são métodos de alívio da dor não farmacológico, recomendado e utilizado em diversas práticas para as gestantes, a qual promove uma cultura de autocuidado e autocura para elas e ao feto. Todavia, essa prática de autocuidado tem baixa propagação de conhecimento entre as gestantes da atenção básica, devido à baixa divulgação de benefícios entre as gestantes, pelos próprios profissionais da Atenção Primária, amigos ou familiares. A adesão dessas práticas promove benefícios por serem de baixo custo, culturalmente adequadas, estimulando mecanismos naturais de cura, reequilíbrio, e complementar aos tratamentos farmacológicos, satisfatórias e de baixo risco. Objetivos: Verificar os conhecimentos das gestantes sobre as PICs atendidas na Atenção Básica do município de Sorocaba/São Paulo. Método: Trata-se de uma pesquisa descritiva, exploratória, na modalidade da pesquisa quantitativa, realizada com 45 gestantes das unidades básicas de saúde do Cajuru e Wanel Ville. As gestantes responderam um questionário autoaplicável elaborado pelas pesquisadoras, que abordou dados sociodemográficos e obstétricos, e especificamente sobre oito PICs: Aromaterapia, Acupuntura, Massoterapia, Musicoterapia, Homeopatia, Termalismo, Yoga e Plantas Medicinais, avaliando a frequência de uso, o conhecimento, se usam para si e se acreditam no efeito da prática. Os dados foram tratados pela estatística descritiva e estatística de qui-quadrado de Pearson. Resultados: Observou-se que o Yoga é a prática mais conhecida e que as gestantes têm maior desejo de realizar durante o pré-natal, enquanto a PIC mais consumida pelas gestantes são as Plantas Medicinais. A massoterapia foi elencada como uma das práticas integrativas que as gestantes têm maior desejo de realizar. A Acupuntura está em segundo lugar em todas as variáveis de usa para si, acredita que tem efeito, conhecimento e frequência de uso. As práticas integrativas abordadas como Homeopatia, Aromaterapia e Musicoterapia geraram poucos ou nenhum dado significativo estatisticamente. Conclusão: Conclui-se que o conhecimento das gestantes sobre as PICs é precário, muito embora, as gestantes têm o conhecimento de algumas práticas integrativas, já fazem uso e querem aderir durante o pré-natal e parto. Observou-se durante essa pesquisa, que há uma limitação de estudos relacionado ao conhecimento e as práticas integrativas, com necessidade de mais estudos e investigação frente a temática
Abstract: Introduction: Integrative and Complementary Practices (PICs) are nonpharmacological pain relief methods, being recommended and used in several practices for pregnant women, which promotes a culture of self-care and self-healing for them and the fetus. However, this practice of self-care has low dissemination of knowledge among pregnant women in primary care, due to the low dissemination of benefits among pregnant women, by Primary Care professionals, friends, or family members. Adherence to these practices promotes benefits for being low cost, culturally appropriate, stimulating natural healing mechanisms, rebalancing, and complementary to pharmacological treatments, being satisfactory and low risk. Objectives: To verify the knowledge of pregnant women assisted in Primary Care in the city of SorocabaSão Paulo about PICs. Methodology: This is a descriptive, exploratory research, based on primary and secondary sources, in the form of quantitative research, with 45 pregnant women from the basic health units of Cajuru and Wanel Ville, in the city of Sorocaba-SP. The pregnant women answered a self-administered questionnaire prepared by the researchers, which addressed sociodemographic data of the pregnant woman, such as marital status, education, age and occupation and Obstetric data: gestational age, parity, types of delivery and number of prenatal consultations and PICs Aromatherapy, Acupuncture, Massage Therapy, Music Therapy, Homeopathy, Thermalism, Yoga and Medicinal Plants based on scientific articles, evaluating frequency of use, knowledge, if they use it for themselves, if they believe in the effect of the practice, at what time of pregnancy would they like to perform the practice and at what time of pregnancy. After collecting the data, they were treated by descriptive statistics, as a way of verifying the relationship between the variables, Pearson's chisquare statistic was used and, when the expected frequency did not recommend its use, the statistic obtained by the method of Monte Carlo, for contingency tables. Results: In view of the survey of responses obtained in the units, it was observed that Yoga is the best-known integrative practice and that pregnant women have a greater desire to perform it during prenatal care, while the PIC most consumed by pregnant women is Medicinal Plants. Massage therapy was listed as the integrative practice that pregnant women have the greatest desire to perform with a 2nd priority order among the results obtained, with ICP chosen as a 2nd priority order to perform during prenatal care. Acupuncture ranks second in all determinants of use for itself, believes it has effect, knowledge, and frequency of use. The integrative practices addressed such as Homeopathy, Aromatherapy and Music Therapy generated little or no statistically significant data. Conclusion: It is concluded that the knowledge of pregnant women about PICs is precarious, although pregnant women are aware of some integrative practices, already use them and want to adhere to them during prenatal care and childbirth. It was observed during this research that there is a limitation of studies related to knowledge and integrative practices, with the need for more studies and investigation on the subject
Palavras-chave: Sistema Único de Saúde
Terapias complementares
Atenção primária à saúde
Enfermagem de atenção primária
Mulheres grávidas
Unified Health System
Complementary therapies
Primary health care
Primary care nursing
Pregnant women
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Graduação em Enfermagem
Citação: Barros, Maria Eduarda Dias; Oliveira, Talissa Soares de. O conhecimento das gestantes sobre as práticas integrativas e complementares na Atenção Básica de um município de São Paulo. 2022. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Sorocaba, 2022.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/31987
Data do documento: 1-Dez-2022
Aparece nas coleções:Trabalho de Conclusão de Curso - TCC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Maria Eduarda; Talissa Oliveira.pdf_Talissa Soares de Ol.pdf3,09 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.