REPOSITORIO PUCSP Trabalho de Conclusão de Curso - TCC Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/31789
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Capacitação sobre lesões de pele em recém-nascidos para a equipe de enfermagem de um hospital escola
Autor(es): Camargo, Gabriela
Santos, Laura de Almeida
Primeiro Orientador: Almeida, Janie Maria de
Resumo: Introdução: O conhecimento acerca do manejo adequado com a pele do recém-nascido contribui para uma melhor assistência de enfermagem e prevenção do desenvolvimento de lesões de pele, que predispõe ao risco de adquirir infecções e agravamentos futuros. Essa assistência consiste em manter a integridade da pele, avaliar suas condições e prevenir fatores de risco. As lesões de pele podem ocorrer em RNs no Alojamento Conjunto e na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal. A equipe de enfermagem deve contribuir para ações de prevenção, a partir de medidas que tenham por finalidade a minimização dos danos à saúde do RN, e quando evidenciada uma lesão, ter capacitação e conhecimento adequado para realizar o tratamento. Objetivo: Identificar o conhecimento da equipe de enfermagem sobre os cuidados e lesões de pele e realizar uma capacitação com os profissionais atuantes no AC e na UTIN, juntamente com a implementação de um Procedimento Operacional Padrão sobre o manejo e prevenção de lesão de pele do RN, a fim de melhorar a assistência de enfermagem. Metodologia: Tratou-se de uma pesquisa exploratório-descritiva, de abordagem quantitativa, por meio da realização de entrevistas semiestruturadas, com 41 profissionais de enfermagem do Hospital Santa Lucinda, sendo 18 profissionais da UTIN e 23 do AC, no período de fevereiro a abril de 2022. Os dados foram agrupados e analisados estatisticamente pelo teste qui-quadrado de Pearson. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da FCMS-PUC-SP. Resultados: O perfil das participantes se apresentou por mulheres adultas jovens, com categoria profissional de TE, atuantes no AC no turno da manhã, com tempo de atuação no setor e formação acadêmica entre 5 e 20 anos. O conhecimento da equipe de enfermagem é razoável acerca da prevenção e assistência de lesões de pele (53,65%), a incidência de lesões ocorre com pouca frequência, na UTIN a fixação e remoção de adesivos, o hematoma tecidual e o uso de dispositivos invasivos foram as lesões mais frequentes, e no AC foi a icterícia, o eritema e a fototerapia. As regiões mais acometidas são tronco no AC e genitália na UTIN. A frequência de tentativas para evitar que ocorram as lesões é alta, porém o motivo para a existência e tratamentos inadequados é relacionado a alta demanda de trabalho, falta de capacitação e protocolos/padronização em ambos os setores. Os profissionais da UTIN apresentaram uma maior busca por auxílio junto a Comissão de Feridas, devido a queimadura por oxímetro. Essa Comissão é melhor avaliada pelos enfermeiros, sendo encontrado significância (Valor p = 0,032), o que torna possível verificar que o enfermeiro devido ao maior conhecimento teórico-científico identifica com maior facilidade as lesões. Em relação a realização de capacitação, a preferência das profissionais de ambos os setores indicou o oferecimento de uma palestra ou curso. Sendo também elaborado um Procedimento Operacional Padrão sobre a prevenção e os cuidados acerca de lesões de pele em RNs, para implementação na unidade. Conclusão: Conclui-se que a equipe de enfermagem reconhece as especificidades da pele dos RNs, porém ainda necessita ser capacitada para prevenir que ocorram lesões de pele
Abstract: Introduction: Knowledge about the proper management of the newborn's skin contributes to better nursing care and prevention of the development of skin lesions, which predisposes the risk of acquiring infections and future aggravations. This assistance consists of maintaining the integrity of the skin, assessing its conditions and preventing risk factors. Skin lesions can occur in NBs in Rooming-in and in the Neonatal Intensive Care Unit. The nursing team must contribute to prevention actions, based on measures that aim to minimize damage to the health of the NB, and when an injury is evidenced, have adequate training and knowledge to perform the treatment. Objective: To identify the knowledge of the nursing team about care and skin lesions and to carry out training with professionals working in the AC and NICU, together with the implementation of a Standard Operating Procedure on the management and prevention of skin lesions in the NB, in order to improve nursing care. Methodology: This was an exploratory-descriptive research, with a quantitative approach, through semi-structured interviews, with 41 nursing professionals from Santa Lucinda Hospital, 18 professionals from the NICU and 23 from the AC, from February to April 2022. Data were pooled and statistically analyzed using Pearson's chi-square test. The research was approved by the Research Ethics Committee of FCMS-PUC-SP. Results: The profile of the participants was presented by young adult women, with a professional category of NT, working in the AC in the morning shift, with time working in the sector and academic training between 5 and 20 years. The knowledge of the nursing team is reasonable about the prevention and care of skin injuries (53.65%), the incidence of injuries occurs infrequently, in the NICU the fixation and removal of adhesives, tissue hematoma and the use of devices invasive lesions were the most frequent, and in AC it was jaundice, erythema and phototherapy. The most affected regions are the trunk in the AC and genitalia in the NICU. The frequency of attempts to prevent injuries from occurring is high, but the reason for the existence and inadequate treatments is related to high work demand, lack of training and protocols/standardization in both sectors. NICU professionals showed a greater search for help with the Wound Commission, due to oximeter burn. This Commission is better evaluated by nurses, with significance being found (p-value = 0.032), which makes it possible to verify that nurses, due to their greater theoretical-scientific knowledge, identify injuries more easily. Regarding training, the preference of professionals from both sectors indicated the offer of a lecture or course. A Standard Operating Procedure on the prevention and care of skin lesions in NBs was also elaborated, for implementation in the unit. Conclusion: It is concluded that the nursing team recognizes the specificities of the skin of NBs, but still needs to be trained to prevent skin lesions from occurring
Palavras-chave: Recém-nascido
Pele
Enfermagem
Prevenção
Lesões
Newborn
Skin
Nursing
Prevention
Injuries
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Graduação em Enfermagem
Citação: Camargo, Gabriela; Santos, Laura de Almeida. Capacitação sobre lesões de pele em recém-nascidos para a equipe de enfermagem de um hospital escola. 2022. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Sorocaba, 2022.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/31789
Data do documento: 7-Dez-2022
Aparece nas coleções:Trabalho de Conclusão de Curso - TCC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Gabriela Camargo e Laura de Almeida Santos_Laura de Almeida San.pdf953,49 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.