???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3137
Título: Psicanálise e mediação: uma articulação entre a ética e a teoria do gozo
Autor: Brockhausen, Tamara Dias
Primeiro orientador: Dias, Sandra
Resumo: Cada época na historia da humanidade inventou uma forma de solucionar conflitos de acordo com suas crenças e costumes. Foi na mudança de paradigma das teorias e práticas das ciências modernas que surgiu a mediação como solução alternativa de conflito. Ela é um instrumento recente capaz de transformar os modelos de pensamento que não mais se adequam a realidade complexa da atualidade. Neste novo modo de pensar o conflito não é visto como bom ou mal, estas seriam apenas formas de encará-lo, modo este que pode agudizar o conflito, produzindo verdadeiras guerras. Surge então a mediação com técnicas de manejo para a busca de novas soluções. Quando as pessoas decidem abandonar os processos formais e adotam a mediação, um processo mais informal, há o abandono de posições rígidas. É exatamente nesse ponto da Mediação que é possível fazer uma articulação com a psicanálise: ao visar o conflito e propor instrumentos para sua elaboração para evitar sua reedição ela se aproxima do ponto central da teoria freudiana assentada sobre o conceito de conflito e de elaboração. Lacan propõe retomar a experiência analítica através dos três registros: real, simbólico e imaginário.Lacan coloca que para saber do desejo é necessário ultrapassar a disputa, a rivalidade , isto é ir além da relação imaginária com o outro, relação narcísica fundada num amor ou ódio imaginário que impede o reconhecimento do outro como desejante. Ir além do imaginário, no plano simbólico, da troca legal que só pode se encarnar pela troca verbal entre os seres humanos (1979, 166) pois a troca simbólica é que liga os seres humanos entre si, ou seja a palavra, e que permite identificar o sujeito (1979, 166). É essa dimensão que permite ultrapassar as paixões de amor e ódio que comparecem nas disputas entre o eu e o outro, disputas narcísicas e mortíferas porque na rivalidade se exige o reconhecimento de sua posição desejante na negação do desejo do outro (Lacan, 1979, 309), isto é : aniquilando a posição subjetiva do outro, transformando-o em objeto de gozo. É por isso Lacan redefiniu o Inconsciente como discurso do Outro, lugar no qual se localiza seu desejo é que é acessível pela função narrativa/discursiva, isto é: a retomada da história para eliminar as cristalizações imaginárias e simbólicas que impedem a criação do novo e acesso à verdade desejante. Para o mediador a história de vida é criada por ele próprio e ao mesmo tempo criadora dele, o que nos permite estabelecer o paralelo com a psicanálise. O trabalho portanto, pretende relacionar a prática e teoria da mediação transformativa com os conceitos de ética e gozo em psicanálise através do referencial teórico de Freud e Lacan. Foi analisado um caso de mediação jurídica do Foro regional de Santana I que durou 10 encontros. Através dos resultados, pode-se perceber que psicanálise Lacaniana oferece subsídios teóricos para compreensão dos efeitos do trabalho da mediação enquanto técnica transformativa
Palavras-chave: Psicanálise
Mediação jurídica
Modelo transformativo
Vara da família
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Cogeae Lato Sensu - M
Programa: Cogeae Lato Sensu - M
Citação: Brockhausen, Tamara Dias. Psicanálise e mediação: uma articulação entre a ética e a teoria do gozo. 2006. 124 f. (Mestrado em Cogeae Lato Sensu - M) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3137
Data de defesa: 30-Nov-2006
Appears in Collections:Lato Sensu (Especialização e MBA - COGEAE)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tamara Dias Brockhausen.pdf380,21 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.