REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/30265
Tipo: Dissertação
Título: Empoderamento político dos trabalhadores do Sistema Único de Saúde durante a pandemia do coronavírus (COVID-19)
Autor(es): Gomes, Ana Paula Andrade Piccini
Primeiro Orientador: Oliveira, Raquel Aparecida de
Resumo: A pandemia do coronavírus (COVID-19) se caracterizou como umas das maiores catástrofes epidemiológicas previstas nas últimas décadas, exigindo uma releitura do papel do Estado para o enfrentamento da crise. Partindo de uma análise crítica do contexto econômico, político e social, a pandemia expôs um sistema já em crise, que tenta há anos manter os interesses de uma classe dominante, às custas da vida de milhões de brasileiros. É desonesto, portanto, resumir o protagonismo dos profissionais de saúde durante a crise sanitária puramente à heroísmo. As condições insalubres e exaustivas de trabalho, assim como os ataques à ciência, exigem uma reflexão profunda do nosso processo de trabalho em saúde e a necessidade de uma consciência de classe há muito abandonada. Objetivo: Empoderar para a práxis política os profissionais que integram as equipes de saúde pública municipal através de reflexões acerca da pandemia do coronavírus (COVID-19). Participantes e Métodos: Trata-se de uma pesquisa qualitativa de natureza exploratória através da pesquisa-ação. Foram realizadas três rodas de conversa com seis profissionais da saúde pública municipal do interior de São Paulo para compreender suas percepções do contexto econômico-político atual e construir coletivamente estratégias de enfrentamento e fortalecimento do Sistema Único de Saúde. A análise dos dados considerou os três encontros, dividido em duas fases de pesquisa, sendo realizada a técnica de Análise de Conteúdo de Bardin, na modalidade da Análise Temática. Resultados: Elencou-se, nas duas Fases da Pesquisa, 4 temas principais seguidos de 30 subtemas, totalizando 406 frequências. Observou-se que os trabalhadores do Sistema Único de Saúde que participaram da pesquisa se abstêm da práxis política por se sentirem constantemente repreendidos e com medo dos gestores e governantes municipais. Conclusão: A desarticulação coletiva e privação da práxis política entre os trabalhadores de saúde são consequência do modo de produção capitalista e da conjuntura política ultraneoliberal e neofascista atual. Faz-se necessário o despertar político e a união entre trabalhadores para o fortalecimento do SUS e as transformações estruturais tão necessárias e urgentes
Abstract: The coronavirus pandemic (COVID-19) has been characterized as one of the biggest epidemiological catastrophes predicted in recent decades, requiring a reinterpretation of the State´s role crisis management. Critical analysis from economic, political and social context, the pandemic exposed a system already in crisis, which has been trying for years to maintain the interests of a ruling class, at the expense of the lives of millions of Brazilians. It is dishonest, therefore, to summarize the role of health professionals during the health crisis purely as heroism. The unhealthy and exhausting working conditions, as well as the attacks on science, demand a deep reflection of our health work and the need for a long-abandoned class consciousness. Objective: To empower professionals who are part of municipal public health teams for political praxis through reflections on the coronavirus pandemic (COVID-19). Participants and Methods: This is a qualitative research of an exploratory nature through action research. Three conversation circles were held with six municipal public health professionals to understand their perceptions on the current economic-political context and collectively build coping strategies and strengthening of the Sistema Único de Saúde. Data analysis considered the three meetings, divided into two research phases, using Bardin's Content Analysis technique, in the Thematic Analysis modality. Results: In the two Research Phases, 4 main themes were listed, followed by 30 sub-themes, totaling 406 frequencies. It was observed that the Sistema Único de Saúde’s workers who participated in the research abstained from political praxis because they felt constantly reprimanded and afraid of municipal managers and rulers. Conclusion: The collective disarticulation and deprivation of political praxis among health workers are a consequence of the capitalist mode of production and the current ultra-neoliberal and neo-fascist political conjuncture. There is a need for political awakening and unity among workers to strengthen the SUS and the structural changes that are so necessary and urgent
Palavras-chave: COVID-19
Educação em saúde
Saúde coletiva
Sistema Único de Saúde
Trabalhadores de saúde
COVID-19
Health education
Collective health
Sistema Único de Saúde
Health workers
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde
Citação: Gomes, Ana Paula Andrade Piccini. Empoderamento político dos trabalhadores do Sistema Único de Saúde durante a pandemia do coronavírus (COVID-19). 2022. Dissertação (Mestrado em Educação nas Profissões da Saúde) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Sorocaba, 2022.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/30265
Data do documento: 7-Out-2022
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Ana Paula Andrade Piccini Gomes.pdf1,9 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.