REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/30263
Tipo: Tese
Título: Uma contribuição para a análise de modelos de previsão de insolvência para o setor nacional da construção civil
Autor(es): Oliveira Junior, Alfredo Spalloni de
Primeiro Orientador: Santos, José Odalio dos
Resumo: Nos últimos 10 anos o cenário econômico brasileiro impactou diretamente diversos setores da economia e em consequência, o setor de construção civil; caracterizado nos últimos anos por deterioração fiscal, inseguranças políticas, fraco patamar de confiança, queda na produção, recessão econômica, alto desemprego e inflação maior que o teto da meta e a pandemia-covid -19. O segmento da construção civil está inserido nos segmentos que compõem a indústria de base, e tem características exclusivas intermitentes de natureza cíclica, ou seja, com nível de atividade beneficiado em cenários econômicos de crescimento e muito afetados em cenários econômicos adversos. Portanto, a necessidade de técnicas eficazes de previsão que possam auxiliar na previsibilidade de cenários semelhantes ao vivido pós-crise econômico-financeira. Assim, e de modo a mitigar possíveis consequências irreversíveis na estabilidade financeira das empresas, é indispensável empregar modelos preditivos que percebam antecipadamente a possibilidade de insolvência de uma empresa. Para tanto, este trabalho visa investigar o setor da construção civil e se o fluxo de caixa livre sinaliza a demonstração da deterioração da situação econômico-financeira da empresa ao longo do tempo e pode ser utilizado como indicador de risco de crédito para prever a ocorrência do default. Nesse sentido, objetiva-se analisar a contribuição da metodologia de regressão logística, baseada em índices contábeisfinanceiros e do fluxo de caixa livre, para sinalizar o risco de crédito de empresas do setor da construção civil listadas na BM&FBovespa. Para tanto, embasou-se na metodologia de regressão logística e nos índices contábeis-financeiros tradicionais como variáveis explicativas em modelos de risco de crédito. Concluiu-se que o fluxo de caixa livre não permite sinalizar o risco de crédito e a demonstração da deterioração da situação econômico-financeira da empresa do setor da construção civil e não se considera a possibilidade de ser utilizado como indicador de risco de crédito para prever a ocorrência do default
Abstract: In the last 10 years the Brazilian economic scenario has directly impacted various sectors of the economy and, consequently, the construction sector; characterized in recent years by fiscal deterioration, political insecurity, weak level of confidence, falling production, economic recession, high unemployment, and inflation higher than the target ceiling and the pandemiccovid -19. The construction segment is inserted in the segments that make up the base industry, and has unique intermittent or pro-cyclical characteristics, that is, it is very advantageous when the economy goes well and very bad when the economy goes bad. Therefore, the need for effective forecasting techniques that can help in predictability of scenarios like those experienced after the economic and financial crisis. Thus, to mitigate possible irreversible consequences on the financial stability of companies, it is essential to employ predictive models that perceive in advance the possibility of insolvency of an enterprise. To this end, this work aims to investigate the construction sector and whether free cash flow signals the demonstration of the deterioration of the economic and financial situation of the company over time and can be used as an indicator of credit risk to predict the occurrence of default. In this sense, the objective is to smooth the contribution of the logistic regression methodology, based on financial-accounting indices and free cash flow, to signal the credit risk of companies in the construction sector listed on the Stock Exchange. To this do so, it was based on the logistic regression methodology and traditional financial-accounting indices as explanatory variables in credit risk models. It was concluded that the free cash flow does not indicate the credit risk and the demonstration of the deterioration of the economic and financial situation of companies in the construction sector and the possibility of being used as a credit risk indicator to predict the occurrence of default is not considered
Palavras-chave: Regressão logística
Fluxo de caixa livre
Risco de crédito
Construção civil
Logistic regression
Free cash flow
Credit risk
Construction
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Economia, Administração, Contábeis e Atuariais
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração
Citação: Oliveira Junior, Alfredo Spalloni de. Uma contribuição para a análise de modelos de previsão de insolvência para o setor nacional da construção civil. 2022. Tese (Doutorado em Administração) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2022.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/30263
Data do documento: 28-Set-2022
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Alfredo Spalloni de Oliveira Junior.pdf2,7 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.