REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política, Sociedade
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/29606
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorSilva, Rosana Rodrigues da-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/5652143390532026pt_BR
dc.contributor.advisor1Marin, Alda Junqueira-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8878122935856466pt_BR
dc.date.accessioned2022-11-03T18:39:46Z-
dc.date.available2022-11-03T18:39:46Z-
dc.date.issued2022-08-29-
dc.identifier.citationSilva, Rosana Rodrigues da. O (a) professor (a) especialista e o (a) professor (a) polivalente partilhando saberes na docência compartilhada e percorrendo transições entre ciclos de aprendizagem. 2022. Tese (Doutorado em Educação: História, Política, Sociedade) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política, Sociedade da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2022.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/29606-
dc.description.resumoDesde 2013, a Rede Municipal de Ensino da cidade de São Paulo (RMESP), passou por um processo de reorientação curricular ancorada nos princípios de um currículo crítico e emancipatório no âmbito do Programa Mais Educação São Paulo. Entre as propostas encontrase a “Docência Compartilhada” no Ciclo Interdisciplinar entre professores (as) nas turmas do 4º ao 6º ano do Ensino Fundamental. De acordo com essa proposta, os (as) estudantes começam a ter professores (as) especialistas no 4º ano, e para o 6º ano vão levar um (a) professor (a) generalista ou polivalente (pedagogo), que divide a docência com outros (as) professores (as) de áreas específicas (SÃO PAULO, 2014). O presente estudo objetiva investigar de que forma a socialização entre professores de formações especificas na Docência Compartilhada na transição do 5º para o 6º ano do ensino fundamental poderá contribuir para o habitus do(a) professor (a) especialista dos diferentes componentes curriculares e para o (a) professor (a) polivalente na construção de novos saberes docentes e no auxílio aos alunos para superarem suas dificuldades de adaptação. Propõe-se a responder o seguinte questionamento: De que forma(s) o exercício da docência entre professores (as) de formações específicas na DC poderá contribuir para alterar a formação e a construção de novos saberes - portanto, acréscimos às disposições do habitus nos docentes - e atenuar a transição dos estudantes do 5º para o 6º ano? A hipótese definida é a de que a socialização desses diferentes profissionais na docência compartilhada contribui para o desenvolvimento profissional desses (as) professores (as) com formações específicas e polivalentes para faixas etárias diferentes, trazendo acréscimos às disposições do habitus desses (as) profissionais e que essa atuação poderá promover uma aprendizagem interdisciplinar e significativa para os (as) estudantes no período de transição do 5º para o 6º ano, e para outras circunstâncias. Para responder a questão estabelecida, a pesquisa foi de natureza qualitativa, com abordagem interpretativa segundo orientação de Bogdan e Biklen (1994), incluindo acompanhamento de um Grupo de Formação com professores (as) e coordenadores (as) pedagógicos (as), na perspectiva de Grupo Focal, que tiveram ou que estavam tendo a experiência com a DC. Também foram encaminhados questionários aos cursistas para o levantamento do perfil e realizadas entrevistas com professores (as) e coordenadores (as) que compartilharam propostas potentes com a DC. Para alcançar os objetivos propostos, fundamentou-se nos seguintes conceitos que permeiam a Docência Compartilhada: Habitus (BOURDIEU, 1998), interdisciplinaridade (JAPIASSU, 1976; FAZENDA, 1991), trabalho colaborativo (FULLAN e HARGREAVES, 2001), parceria (ZAY, 1996), formação (IMBERNÓN, 2010; TARDIF, 2002), projetos (HERNÁNDEZ, 1998; VASCONCELLOS, 2005), currículo (SACRISTÁN, 2013; YOUNG 2013) e saberes docentes (TARDIF, 2002). Os dados coletados com as entrevistas e o Grupo de Formação possibilitam a reflexão de que a socialização desses (as) professores (as) com formações especificas contribui na DC para a formação profissional, trazendo novos saberes de forma individual e também coletiva - portanto, acréscimos às disposições do habitus desses (as) profissionais e contribuições relevantes para os processos de aprendizagem dos (as) alunos (as), especialmente para a transição. A hipótese foi comprovada a partir dos dados coletados, pois a análise revelou novas disposições ao habitus dos (as) professores (as) envolvidos com a DC e apoio na transição do 5º para o 6º anopt_BR
dc.description.abstractSince 2013, the Municipal Education Network of the city of São Paulo (RMESP) has undergone a process of curricular reorientation anchored in the principles of a critical and emancipatory curriculum within the scope of the Mais Educação São Paulo Program. Among the proposals is the “Shared Teaching” in the Interdisciplinary Cycle among teachers in the 4th to 6th grade classes of Elementary School. According to this proposal, students begin to have specialist teachers in the 4th year, and for the 6th year they will take a generalist or multipurpose teacher (pedagogue), who shares teaching with other teachers from specific areas (SÃO PAULO, 2014). The present study aims to investigate how socialization between teachers of specific training in Shared Teaching in the transition from the 5th to the 6th year of elementary school can contribute to the habitus of the specialist teacher of the different curricular components and to the (a) teacher (a) versatile in the construction of new teaching knowledge and in helping students to overcome their adaptation difficulties. It is proposed to answer the following question: In what way(s) the exercise of teaching among teachers of specific formations in DC can contribute to change the formation and construction of new knowledge - therefore, additions to the dispositions of the habitus in the teachers - and ease the transition of students from the 5th to the 6th grade? The hypothesis defined is that the socialization of these different professionals in shared teaching contributes to the professional development of these teachers with specific and multipurpose training for different age groups, bringing additions to the provisions of the habitus of these professionals and that this action can promote interdisciplinary and meaningful learning for students in the transition period from the 5th to the 6th year, and for other circumstances. To answer the established question, the research was of a qualitative nature, with an interpretive approach according to Bogdan and Biklen (1994), including monitoring of a Training Group with teachers and pedagogical coordinators, in the perspective of Focus Group, who had or who were having the experience with DC. Questionnaires were also sent to course participants to survey the profile and interviews were carried out with professors and coordinators who shared powerful proposals with DC. To achieve the proposed objectives, it was based on the following concepts that permeate Shared Teaching: Habitus (BOURDIEU, 1998), interdisciplinarity (JAPIASSU, 1976; FAZENDA, 1991), collaborative work (FULLAN and HARGREAVES, 2001), partnership (ZAY, 1996), training (IMBERNÓN, 2010; TARDIF, 2002), projects (HERNÁNDEZ, 1998; VASCONCELLOS, 2005), curriculum (SACRISTÁN, 2013; YOUNG 2013) and teaching knowledge (TARDIF, 2002). The data collected from the interviews and the Training Group allow the reflection that the socialization of these teachers with specific training contributes in DC to professional training, bringing new knowledge individually and collectively - therefore, additions to the dispositions of the habitus of these professionals and relevant contributions to the learning processes of the students, especially for the transition. The hypothesis was confirmed from the data collected, as the analysis revealed new dispositions to the habitus of the teachers involved with CD and support in the transition from the 5th to the 6th yearen_US
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPESpt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de São Paulopt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Educaçãopt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsPUC-SPpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política, Sociedadept_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectDocência compartilhadapt_BR
dc.subjectParceriapt_BR
dc.subjectSaberes Docentespt_BR
dc.subjectFormaçãopt_BR
dc.subjectInterdisciplinaridadept_BR
dc.subjectTransiçãopt_BR
dc.subjectShared teachingen_US
dc.subjectPartnershipen_US
dc.subjectTeaching knowledgeen_US
dc.subjectTrainingen_US
dc.subjectInterdisciplinarityen_US
dc.subjectTransitionen_US
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAOpt_BR
dc.titleO (a) professor (a) especialista e o (a) professor (a) polivalente partilhando saberes na docência compartilhada e percorrendo transições entre ciclos de aprendizagempt_BR
dc.title.alternativeThe specialist teacher and the versatile teacher sharing knowledge in shared teaching and going through transitions between learning cyclesen_US
dc.typeTesept_BR
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política, Sociedade

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Rosana Rodrigues da Silva.pdf1,62 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.