REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/26530
Tipo: Dissertação
Título: Transtorno do Espectro Autista e o impacto nos irmãos e irmãs com desenvolvimento típico
Título(s) alternativo(s): Autism Spectrum Disorder and the impact on typically developing brothers and sisters
Autor(es): Bonfim, Grazielle Willian
Primeiro Orientador: Micheletto, Nilza
Resumo: Pessoas diagnosticadas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) apresentam diversos prejuízos em suas vidas diárias. Além disso, a demanda por cuidados do indivíduo com TEA ao longo da vida é contínua, o que pode impactar de diversas maneiras a vida de seus irmãos e irmãs com desenvolvimento típico (ITEA). O objetivo dessa pesquisa é identificar possíveis variáveis nas interações familiares que atuam sobre o comportamento dos ITEA, utilizando como fonte de dados o relato verbal dos pais. Participaram deste estudo dez mães de filhos com desenvolvimento típico e filhos com diagnóstico de TEA, todos com idade entre 2 anos e 6 meses até 10 anos. O procedimento de coleta escolhido foi o de entrevista semiestruturada. As entrevistadas responderam perguntas sobre a caracterização familiar, rotina dos pais, rotina dos filhos, sobrecarga materna, dificuldade na interação materna com o ITEA, dificuldade na interação entre os filhos, comentários que os ITEA costumam fazer sobre o irmão com TEA, aspectos da relação entre os filhos favorecedoras para o desenvolvimento deles e encaminhamentos que a família já buscou para os ITEA. A maioria das mães e pais das famílias participantes (7 de 10) possuem alta escolaridade e são formadas majoritariamente por pais casados (9 entre 10). São as mães que se mais dedicam ao cuidado dos filhos. Sete entre as dez mães trabalham. Os pais têm predomínio de horas diárias dedicadas ao trabalho remunerado, entretanto observa-se que são as mães que mais se dedicam às outras atividades, como, por exemplo, cuidados com tarefas domésticas. Em relação a sobrecarga do cuidador, o tempo pessoal, o estresse pelo cuidado dos filhos, família e trabalho e a ausência de privacidade são aspectos bastante afetados na maioria das entrevistadas (7 de 10). Nas dificuldades maternas sobre o relacionamento com o filho ITEA, as categorias com maiores ocorrências foram as “assimetria na forma de tratamento percebida pela mãe”, seguida da categoria “ciúmes” e “chamar atenção”. Na perspectiva dos ITEA, os comportamentos do irmão com TEA que mais contribuíram para dificuldades na relação entre irmãos foram os comportamentos hetero e auto lesivos, enquanto na perspectiva do irmão com TEA, “iniciar uma brincadeira/convidar para brincar” foram as dificuldades que mais contribuíram para adversidades no relacionamento entre os irmãos. A análise dos aspectos relatados sobre a relação entre os irmãos que favorecem o desenvolvimento de ambos os filhos, identifica-se maior ocorrência nos aspectos que que favorecem os filhos com TEA do que os ITEA. Sete das dez mães relataram que buscaram ajuda para as dificuldades enfrentadas pelos ITEAs. As demandas de quatro entre as sete famílias que buscaram alguma ajuda se referem a preocupações em relação ao desenvolvimento do ITEA (e.g. TDAH, suspeita de autismo, baixa atenção e concentração e atraso na aquisição de fala). Enquanto as demais famílias buscaram ajuda em razão de preocupações relacionadas a interação do ITEA com a família. Os dados obtidos podem dar elementos para compreender a dinâmica familiar frente à demanda por cuidados contínuos do indivíduo com TEA ao longo da vida e para novas pesquisas que complementariam a compreensão da questão proposta. E, para além disso, compreender como isso pode impactar diretamente e de formas diversas a vida dos ITEA
Abstract: People diagnosed with Autistic Spectrum Disorder (ASD) may present several difficulties in daily activities. In addition, the demand for these individual’s care is continuous, which may impact their typically developing siblings (TDS) in different ways. The current study identifies possible variables on family interactions which impact on ASD individuals, using the parent’s verbal reports. This study participants were ten mothers with typically developing and ASD children with ages between 2 years and 6 months old to 10 years old. The data collection procedure was a semi-structured interview. The interviewed answered questions about familiar characteristics, parent’s routines, children’s routines, maternal overload, difficulties in the interaction between the mother and the child with ASD, difficulties in the interaction between the typically developing child and the child with ASD, comments the TDS usually make about their ASD diagnosed siblings, favorable aspects about the relationship between the children which can be helpful on their development and recommendations the family has pursued for the child with ASD. Most mothers and fathers of the participants' families have a highlevel of education (7 out of 10) and 9 out of 10 are still married. The care of the children is mostly done by the mothers. Seven out of the ten interviewed mothers are working women. The father’s routine is predominantly dedicated to remunerated work, however, it can be observed that the mothers are the ones who dedicate themselves more for other activities such as domestic work. Regarding the caregivers overload, personal time, the stress associated with the children’s care, family and work and the absence of privacy are aspects which affect most of the interviewed families (7 out of 10). On maternal difficulties regarding the relationship with the child diagnosed with ASD, the most frequent categories reported were “asymmetry on treatment noticed by the mother”, followed by “jealousy” and “call for attention”. From the TDS’ perspective, the ASD’s behavior which are more contributive to relationship difficulties are auto and hetero agressive behaviors, meanwhile from the ASD individuals perspective, “iniciating to play/ invite to play” were the behaviors which had most contribuition to difficulties in the relationship between siblings. In the analysis of the aspects regarding the relationship between siblings which promote the development of both, it can be identified a more frequent occurrence of aspects that favour the ASD diagnosed child. Seven out of ten mothers reported that they have searched for help to overcome the TDS difficulties. The demands of four of these families who have sought help were related to the concern over the development of the TDS child (e.g. ADHD, ASD diagnostic suspicion, low attention and concentration and language delay). Meanwhile, the remaining families searched for help due to concerns regarding the TDS relationship with the family members. The data collected may contribute to understand the familiar dynamic in relation to the demand of continuous care ASD diagnosed individuals might need throughout their lives, alongside further research which might allow the comprehension of this study objective. And, in addition, also comprehend how these relations can directly affect the life of typically children in multiple ways
Palavras-chave: TEA
Autismo
Irmãos
Impacto
Análise do comportamento
ASD
Autism
Siblings
Impact
Behavior analysis
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA EXPERIMENTAL
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento
Citação: Bonfim, Grazielle Willian. Transtorno do Espectro Autista e o impacto nos irmãos e irmãs com desenvolvimento típico. 2022. Dissertação (Mestrado em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2022.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/26530
Data do documento: 28-Abr-2022
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Grazielle Willian Bonfim.pdf644,11 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.