REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/24538
Tipo: Dissertação
Título: (Des)igualdade de gênero na área de STEM (Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática)
Autor(es): Hirano, Ligia Kaori Matsumoto
Primeiro Orientador: Serralvo, Francisco Antonio
Resumo: Este trabalho realiza uma reflexão sobre a relevância e propostas para o aumento da representatividade das mulheres na área de Science, Technology, Engenieering, Mathematics (STEM) — acrônimo em inglês para ciência, tecnologia, engenharia e matemática. Essa preocupação se deve ao fato de que a área de STEM, provavelmente, será origem de grande demanda de profissionais na próxima década e a área é origem de produtos e serviços ligados a inovação e a tecnologia. Caso não aumente o número de mulheres em cursos superiores ligadas à STEM, a desigualdade de gênero aumentará ainda mais. A pesquisa procura compreender, a partir de diversos aspectos, os motivos pelos quais as mulheres não estão optando pelos cursos superiores na área de STEM e não persistem na carreira. Para tanto, foi realizada uma revisão sistemática da literatura, entrevista com uma Professora Doutora na área de Física e observação participativa do Movimento de Mulheres Programadoras. Na revisão sistemática da literatura, foram seguidos os preceitos De Arruda et al. (2019), e verificou-se que em 42,11% dos artigos foi abordada, expressamente, a questão cultural, ou alguma associação semântica do termo, como quebra do estereótipo de gênero e da área de STEM, seguida por 36,84% que sugere alguma alteração na educação infantil e ensino médio, ou introdução de atividades extracurriculares. Em 21,05% dos artigos levantou-se a questão de apresentar modelos femininos. Além disso, observou-se uma carência de artigos científicos voltados para mulheres dentro de empresas ligadas ao STEM. Na entrevista com a Professora Doutora em Física e a observação do Movimento de Mulheres Programadoras foi possível observar que questões sobre a falta de exposição da área, estereótipos e questões culturais são presentes quando se procura compreender a baixa representatividade das mulheres na área de STEM
Abstract: This work is a reflection on the proposals for increasing the representativeness of women in Science, Technology, Engenieering, Mathematics (STEM) field (acronym for science, technology, engineering and mathematics). This concern is due to the fact that the field of STEM will probably be the source of great demand for professionals in the next decade and the field is the origin of products and services linked to innovation and technology. If the number of women in higher education courses linked to STEM does not increase, gender inequality will increase even more. The research understands, from several aspects, the reasons why women are not opting for higher education courses in the STEM field and do not persist in their careers. Finnally, a systematic review of the literature was carried out, an interview with a PhD Professor in the Physics field and an observation in an Movement of Women Programmers. In the systematic review of the literature, under the precepts of De Arruda et al. (2019), and it was found that in 42.11% of the articles, the cultural issue, or some semantic association of the term, was expressly addressed, such as breaking the gender stereotype and the STEM field, followed by 36.84% suggests any change in early childhood education and high school, or introducing extracurricular activities. In 21.05% of the articles, the issue of presenting female models was raised. In addition, there was a shortage of scientific articles aimed at women within companies linked to STEM. In the interview with the PhD Professor in Physics and the observation of the Movement of Women Programmers it was possible to observe that questions about the lack of exposure in the area, stereotypes and cultural issues are present when trying to understand the low representation of women in STEM field
Palavras-chave: Discriminação de sexo as mulheres
Mulheres na ciência
Mulheres na engenharia
Mulheres na matemática
Sex discrimination against women
Women in science
Women in technology
Women in engineering
Women in mathematics
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Economia, Administração, Contábeis e Atuariais
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração
Citação: Hirano, Ligia Kaori Matsumoto. (Des)igualdade de gênero na área de STEM (Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática). 2021. Dissertação (Mestrado em Administração) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2021.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/24538
Data do documento: 6-Jul-2021
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Lígia Kaori Matsumoto Hirano.pdf1,35 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.