REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Ciência
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/24290
Tipo: Tese
Título: Caçadores-coletores: ciência e caça nas expedições científicas norte-americanas no Brasil, 1933-1945
Título(s) alternativo(s): Hunter-gatherers: science and hunting in the North-American scientific expeditions in Brazil, 1933-1945
Autor(es): Julião, André Gomes
Primeiro Orientador: Ferraz, Marcia Helena Mendes
Resumo: Em 1933, o Governo Provisório liderado por Getúlio Vargas criou o Conselho de Fiscalização das Expedições Artísticas e Científicas no Brasil (CFE), com o objetivo de coibir a saída do país de objetos de seu patrimônio natural e artístico e garantir uma parte do que fosse coletado no país para as instituições brasileiras. Num momento de aproximação do Brasil com os Estados Unidos, que competia com a Alemanha por influência no país mesmo antes da eclosão da Segunda Guerra, cientistas e outros exploradores norteamericanos realizaram expedições para coleta de animais e outros objetos naturais, que foram exportados para enriquecer as coleções de museus e outras instituições científicas nos Estados Unidos. Nesse contexto, o Conselho não cumpriu propriamente seu trabalho de fiscalização. Em parte, isso ocorreu em benefício das relações diplomáticas com os norte-americanos; por outro lado, por interesses particulares e disputas institucionais que impediam o pleno exercício de suas funções. Ambos os fatores impediram um trânsito de conhecimento maior entre os dois países, como a incorporação de mais animais às coleções nacionais e um contato maior entre cientistas dos dois países. Além disso, caçadores e colecionadores usaram justificativas científicas para levar um sem número de animais para o exterior. Os casos analisados neste trabalho demonstram como, mesmo um governo autoritário de inspiração nacionalista, não deu conta de impedir o afluxo de objetos do patrimônio natural para um país aliado. A tese busca mostrar, ainda, como as fronteiras entre caça e ciência eram borradas no período e como isso se refletiu na fiscalização do CFE
Abstract: In 1933, the Provisional Government led by Getúlio Vargas created the Council of Surveillance of Artistic and Scientific Expeditions in Brazil (CFE), with the objective of preventing the departure of objects from its natural and artistic heritage and guaranteeing a part of what was collected in the country for Brazilian institutions. At a time when Brazil was approaching the United States, which competed with Germany for influence in the country even before the outbreak of World War II, scientists and other North American explorers carried out expeditions to collect animals and other natural objects, which were exported to enrich the collections of museums and other scientific institutions in the United States. In this context, the Council did not properly carry out its inspection work. This was partly for the benefit of diplomatic relations with the Americans; on the other hand, due to private interests and institutional disputes that prevented the full exercise of their functions. Both factors prevented a greater transit of knowledge between the two countries, such as the incorporation of more animals into the national collections and greater interactions between scientists from both countries. In addition, hunters and collectors used scientific justifications to take countless animals abroad. The cases analyzed in this work demonstrate how, even an authoritarian government of nationalist inspiration, failed to prevent the influx of natural heritage objects to an allied country. The thesis also seeks to show how the boundaries between hunting and science were blurred in the period and how this was reflected in the CFE's inspection
Palavras-chave: História da Ciência
Ciência no Brasil
Trânsito de conhecimento
History of Science
Science in Brazil
Transit of knowledge
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA::HISTORIA DAS CIENCIAS
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Exatas e Tecnologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Ciência
Citação: Julião, André Gomes. Caçadores-coletores: ciência e caça nas expedições científicas norte-americanas no Brasil, 1933-1945. 2021. Tese (Doutorado em  História da Ciência) - Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Ciência da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2021.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/24290
Data do documento: 10-Mar-2021
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Ciência

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
André Gomes Julião.pdf1,53 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.