???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/23403
Tipo do documento: Tese
Título: O trabalho de assistentes sociais com famílias em Centros de Referência de Assistência Social
Autor: Milani, Gisele Dayane 
Primeiro orientador: Wanderley, Mariangela Belfiore
Resumo: Esta tese teve o objetivo de analisar o processamento e a organização do trabalho de assistentes sociais com famílias, a partir de suas concepções e ações profissionais, em amostras de pesquisa em Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), no Estado de São Paulo. Caracterizamos o trabalho com famílias como parte do processo de trabalho desenvolvido nos CRAS e como estratégia de intervenção social continuada de caráter socioeducativo. A investigação foi orientada por pressupostos teórico-metodológicos de fundamentação crítico-dialética. Realizou-se revisão bibliográfica com o propósito de subsidiar teoricamente as reflexões e as análises da pesquisa de campo, a qual contou com entrevistas presenciais semiestruturadas realizadas com assistentes sociais da metrópole de São Paulo e de um munícipio paulista interiorano, o qual optamos por não identificar. Neste, foram realizadas observações sistemáticas em grupos de trabalho com famílias e análise dos planos de trabalho. A fim de expandir a abrangência da investigação, disseminou-se um questionário on-line no estado de São Paulo. A amostra construída corresponde a 51 (cinquenta e um) assistentes sociais em seus 26 (vinte e seis) municípios de atuação, contemplando a diversidade regional em seus distintos cenários culturais, políticos e econômicos. As análises empreendidas permitiram constatar o desmonte do que um dia se projetou como oferta de proteção social às famílias via política de Assistência Social. O trabalho com famílias operacionalizado pelas unidades de CRAS pesquisadas deixa de oferecer a devida proteção social, uma vez que as desproteções não podem ser tratadas apenas com benefícios monetários estatais, com ações focalizadas e descontinuadas. Além disso, paira a ausência de condições institucionais e políticas para sua materialização por parte das gestões municipais, expressa como poder institucional que impõe tensões ao trabalho assalariado de assistentes sociais, especialmente, quando pré-determinam as atividades laborais baseadas no gerencialismo e no tradicionalismo, e quando deixam de investir em recursos humanos e em materiais essenciais. Essa base político-estrutural corrobora com atividades deficitárias em planejamento, objetivos e intencionalidades, distanciando-se do caráter processual e contínuo requeridos no trabalho com famílias. Predominam formas coletivas, por meio de grupos divididos por faixas etárias, seguidas das individuais, com os atendimentos, além de acompanhamentos e encontros de acolhidas. Nelas, concepções conservadoras que tencionam a direção social da profissão convivem com expressões de reflexão crítica, demonstrando a pluralidade de experiências presentes nestes espaços sócio-ocupacionais contraditórios
Abstract: This thesis aims to analyze the processing and organization about the work from the social workers with families, based on their conceptions and professional actions, in research institutes in Social Assistance Reference Centers (CRAS), in the State of São Paulo. It was characterized the work with families as part of the work process developed at CRAS and as a strategy for continued social intervention of a socio-educational nature. The investigation was guided by theoretical-methodological assumptions with a critical-dialectical basis. It was realized a bibliographic review with the purpose of theoretically subsidizing reflections and analysis of the field research, which had semi-structured face-to-face characteristics with social workers from the metropolis of São Paulo and a city in São Paulo state, which it was not going to be identified. So, systematic work groups with families and analysis of work plans were evaluated. In order to expand the scope of the investigation, an online questionnaire was disseminated in the state of São Paulo. The constructed sample corresponds to 51 (fifty-one) social workers in its 26 (twenty-six) cities where it operates, contemplating regional diversity in different cultural, political and economic scenarios. The analyzes undertaken made it possible to verify the dismantling of what was once projected as offering social protection to families via the Social Assistance policy. The work with families operationalized by the surveyed CRAS stops to offer due social protection, since protections cannot be treated only with state monetary benefits, with focused and discontinued actions. In addition to that, the absence of conditions and political measures for its materialization by the municipal administrations, expressed as institutional power that imposes tensions on the salaried work of social workers, especially when they pre-determine the work activities based on management and traditionalism, and when it stops investing in human resources and essential materials. This political-structural basis corroborates deficient activities in planning, objectives and intentions, distancing itself from the procedural and continuous character required in working with families. It predominates the collective forms by means of groups divided by age groups, followed by individual ones, with assistance, in addition to accompaniments and welcoming meetings. In these ones, conservative conceptions that intend the social direction of the profession coexist with expressions of critical reflection demonstrate the plurality of experiences present in these contradictory socio-occupational spaces
Palavras-chave: Serviço social com a família
Assistentes sociais - Prática profissional
Centro de Referência de Assistência Social
Social workers - Professional practice
Family social work
Social Assistance Reference Center
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Milani , Gisele Dayane. O trabalho de assistentes sociais com famílias em Centros de Referência de Assistência Social. 2020. 304 f. Tese (Doutorado em Serviço Social) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2020.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/23403
Data de defesa: 4-Nov-2020
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Gisele Dayane Milani.pdf4,98 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.