REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/23108
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorSantana, Paulo Roberto Oliveira Henrique-
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4319115J5por
dc.contributor.advisor1Rodrigues, Cibele Isaac Saad-
dc.date.accessioned2020-07-30T11:42:54Z-
dc.date.issued2020-03-12-
dc.identifier.citationSantana, Paulo Roberto Oliveira Henrique. Percepções de médicos residentes em clínica médica em relação ao atendimento de pacientes psiquiátricos. 2020. 77 f. Dissertação (Mestrado em Educação nas Profissões da Saúde) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Sorocaba, 2020.por
dc.identifier.urihttps://tede2.pucsp.br/handle/handle/23108-
dc.description.resumoÉ conhecido que o médico clínico apresenta dificuldades no atendimento de pacientes psiquiátricos e, por vezes, possuem sentimentos negativos e estigmas sociais frente a esses pacientes. O objetivo do presente trabalho foi avaliar a formação em saúde mental na graduação de medicina oferecida a médicos residentes do Programa de Clínica Médica da Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde (FCMS) da PUC-SP e analisar os sentimentos, percepções e estigmas destes médicos frente à assistência a pacientes portadores de transtornos mentais. Trata-se de estudo com abordagem qualitativa e quantitativa, de natureza descritiva e transversal. Foram convidados todos os médicos residentes de primeiro e segundo ano do Programa de Clínica Médica da FCMS da PUCSP (n= 36) e participaram 32. Foram aplicados dois instrumentos quantitativos: um para a caracterização do perfil sociodemográfico dos participantes e a versão brasileira do questionário validado de atribuição (AQ-26B). Os dados qualitativos foram obtidos por meio da técnica de grupo focal realizada com 14 médicos residentes, escolhidos por conveniência, e posteriormente, a apreciação dos resultados foi realizada utilizando gráficos de Pareto e análise de conteúdo de Bardin. Todos os procedimentos somente ocorreram após aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa da FCMS da PUC-SP (CAAE 01561518.7.0000.5373). Os resultados demonstraram que os residentes de Clínica Médica apresentaram maiores índices de estigma em aspectos como medo e intolerância e relataram lacunas na formação, baixa percepção de responsabilidade do cuidado e dificuldade em legitimar as queixas dos pacientes psiquiátricos. Conclui-se pela necessidade de intervenções educacionais que fomentem a diminuição do estigma e busca de capacitação para o cuidado integral e empático de portadores de transtornos mentaispor
dc.description.abstractIt is a known fact that physicians have difficulties providing medical care to patients with psychiatric disorders and, sometimes, display negative feelings and social stigmas towards such patients. This study aims to assess the mental healthcare education offered to resident physicians participating in the Medical Practice Program of the Medical Sciences and Health College - FCMS (Faculdade de Ciências Médicas e Saúde) at PUCSP and analyze the feelings, perceptions and stigmas displayed by these doctors when faced with the care of patients with mental disorders. This is a qualitative, quantitative, descriptive and cross-sectional study. We invited all the resident doctors studying the first or second year of the Medical Practice Course at the FCMS at PUC (n=36) and 32 of these participated in the study. The study applied quantitative instruments: one for outlining the social and demographic profile of the participants and the Brazilian version of the validated attribution questionnaire (AQ-26B0). The qualitative data were obtained by the focal group technique performed on 14 of the resident physicians, chosen by convenience, and afterwards, the appreciation of the results was done by using Pareto charts and Bardin’s content analysis. All the procedures were conducted only after approval by the Ethics in Research Committee in FCMS at PUC-SP (CAAE 01561518.7.0000.5373). the results show that the residents in Medical Practice display more stigmas in aspects such as fear and intolerance and report gaps in their education, low perception of responsibility with care and difficulties to legitimize the complaints from patients with mental disorders. It is possible to conclude that there is a need for educational interventions that will lead to the reduction of stigmas and the search for training in integral and empathic care towards people who suffer from mental disorderseng
dc.formatapplication/pdf*
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucsp.br/tede/retrieve/51997/Paulo%20Roberto%20Oliveira%20Henrique%20Santana.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de São Paulopor
dc.publisher.departmentFaculdade de Ciências Médicas e da Saúdepor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsPUC-SPpor
dc.publisher.programPrograma de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúdepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectSaúde mentalpor
dc.subjectEducação médicapor
dc.subjectConhecimentos, atitudes e prática em saúdepor
dc.subjectMental healtheng
dc.subjectMedical educationeng
dc.subjectHealth knowledge, attitudes, practiceeng
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDEpor
dc.titlePercepções de médicos residentes em clínica médica em relação ao atendimento de pacientes psiquiátricospor
dc.title.alternativeThe perception of resident physicians regarding the care of patients with psychiatric disorderseng
dc.typeDissertaçãopor
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Paulo Roberto Oliveira Henrique Santana.pdf3,86 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.