???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/22867
Tipo do documento: Tese
Título: Fortaleza mestiça: aquém dos ideais, além das saudades
Autor: Nogueira, João Lucas Vieira 
Primeiro orientador: Pinheiro, José Amálio de Branco
Resumo: Este trabalho pretende analisar, a partir da leitura das Instruções de tombamento de algumas edificações de importância cultural em Fortaleza, Ceará, discursos pelos quais se afirma a relevância dessas edificações. Espera-se mostrar como esses discursos se constroem a partir de teorias defasadas, pois pertencem a outros contextos culturais que nada tem a ver com os locais. Essas teorias simplesmente transplantadas e aplicadas nas leituras das edificações locais geram uma deformidade conceitual a tal ponto que algumas justificativas para a proteção surtem efeito contrário na prática cotidiana. O trabalho buscou então construir outra narrativa, compreendendo as formas barrocas da mestiçagem na América Latina. Este barroco-mestiço apresenta-se na cultura, nas formas de produção e interação entre sujeitos, coisas e práticas. Baseia-se em uma lógica festiva, pautada no excesso e no desperdício, em contato direto com a natureza, feito trepadeira que, enroscando suas espirais, vai compondo um mosaico divergente, múltiplo e caótico, através de um caráter rítmico, lúdico e erótico de seus representantes. Percebe-se então que tais leituras defasadas partem de uma arquitetura dependente do olhar e do pensamento, que se materializam através da realização do projeto, abstração simbólica que marca a ruptura entre mente e corpo na criação arquitetônica. Por outro lado, nos processos barroco-mestiços, a arquitetura tem-se feito no reino da voz, através da relação entre corpos e gestos em um fazer que se realiza enquanto se fala. É um processo que tudo tem a ver com a lógica da festa. Busca-se que a compreensão através da proposta da arquitetura na América Latina possa ser aplicada não somente na prática de proteção patrimonial, mas como suporte para a formação de novos arquitetos que possam, a partir de um entendimento latino-americano de sua arquitetura em seu próprio contexto cultural, contribuir em um percurso de transcolonização para o refinamento de uma memória e uma autonomia sistêmicas na América Latina
Abstract: This paper aims to analyze the discourse by which the relevance of these buildings is affirmed, from the reading of the Tipping Instructions of some culturally important buildings in Fortaleza, Ceará. It intends to show how these discourses are built from outdated theories since they belong to other cultural contexts that have nothing to do with the locals. These theories simply transplanted and applied in the readings of local buildings generate a conceptual deformity to the point that some justifications for protection have a contrary effect on everyday practice. It then seeks to build another narrative, understanding the baroque forms of mestizaje in Latin America. This baroque-mestizo is presented in culture, in the forms of production and interaction between subjects, things, and practices. It is based on a festive logic, founded on excess and waste, in direct contact with nature, made by climbing and twisting its spirals, composing a divergent, multiple and chaotic mosaic, through a rhythmic, playful and erotic character of its representatives. It noticed that these outdated readings start from an architecture-dependent on the look and thought, which materialize through the realization of the project, symbolic abstraction that marks the rupture between mind and body in architectural creation. On the other hand, in baroque-mestizo processes, architecture has been done in the realm of voice, through the relationship between bodies and gestures in a doing that is completed while speaking. It’s a process that has everything to do with the logic of the party. It is intended that this proposed understanding of architecture in Latin America can be applied not only in the practice of heritage protection but as a support for the formation of new architects who can, from a Latin American understanding of their architecture in their context. contribute to a path of trans colonization for the refinement of a systemic memory and autonomy in Latin America
Palavras-chave: Arquitetura e urbanismo
Patrimônio cultural
América Latina
Barroco e mestiçagem
Architecture and urbanism
Cultural heritage
Latin America
Baroque and mesrizaje
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Nogueira, João Lucas Vieira. Fortaleza mestiça: aquém dos ideais, além das saudades. 2019. 184 . Tese (Doutorado em Comunicação e Semiótica) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/22867
Data de defesa: 16-Dec-2019
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
João Lucas Vieira Nogueira.pdf8,42 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.