???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/22822
Tipo do documento: Tese
Título: O trabalho nos Centros de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (CAPS – AD) nos municípios de Santo André e Diadema (SP): desafios para a atuação profissional
Autor: Silva, Silvia Moreira da 
Primeiro orientador: Paz, Rosangela Dias Oliveira da
Resumo: A presente tese objetiva conhecer o trabalho dos assistentes sociais e de outros profissionais, nos serviços da Rede de Atenção Psicossocial-RAPS, especificamente, nos Centros de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas-CAPS-AD dos municípios de Diadema e Santo André de São Paulo. Para tanto, analisa de que forma a precarização do trabalho, no cenário de avanço do ideário neoliberal, tem impactado as práticas profissionais destes trabalhadores, além de apresentar as dificuldades e desafios frente ao contexto de mudanças da política de saúde mental. Para alcançar os objetivos mencionados, realizou-se levantamento bibliográfico quanto às temáticas: trabalho, alienação, neoliberalismo, Reforma Psiquiátrica, Serviço Social, dentre outras. Na pesquisa de campo para a coleta de dados utilizou-se entrevistas semiestruturadas, com sete profissionais do CAPS-AD e do Consultório na Rua, dos municípios estudados. Como resultados da pesquisa, foi observado que as mudanças na política nacional de saúde mental e a precarização do trabalho afetam o cotidiano desses trabalhadores e da equipe multidisciplinar nesses serviços da RAPS, causando-lhes, inclusive, adoecimentos que se refletem no trabalho. Frente às mudanças na política de saúde mental, percebe-se uma possibilidade de retorno do modelo manicomial, violador de Direitos Humanos dos usuários da saúde mental, a despeito dos avanços da reforma psiquiátrica e sanitária, com implementação do Sistema Único de Saúde (SUS) e da RAPS. O debate acerca das alterações na política de saúde mental precisa chegar à sociedade e sobretudo aos usuários e familiares a quem se destina esta política, visando garantir o direito de cuidados e de atenção dentro da RAPS, na lógica comunitária, participativa, democrática e autônoma, ao invés da institucionalização em serviços asilares
Abstract: This thesis aims at discussing the work of social workers, psychologists, and, peer workers in the services of Psychosocial Attention Network (RAPS), more specifically, within the Psychosocial Care Center for Alcohol and Other Drugs (CAPS-AD) of Diadema’s and Santo André’s cities. For that, it analyses in what ways the work precariousness, in the advance of neoliberal ideal scenario, has been impacting the praxis of these professionals, and it also presents the difficulties and the challenges facing the political and mental health contexto changes. To reach the mentioned objectives, a bibliographic review was made on the topics: labor, alienation, neoliberalism, psychiatrist reform, social services among others. In the field, to collect data, semi-structured interviews were conducted with seven professionals in the CAPS-AD and of Consultório na Rua – Street Clinic – of the targeted cities. As a result from the research, it was observed that the changes in the national mental health policy and the work precariousness affect the everyday work of these professionals and the multidisciplinary team on the RAPS services, causing them sickness, which also impacts on their work. With the policy change, a setback to an insane asylum model is possible to occur, which is a violator of mental health users’ human rights, in spite of the advances of the psychiatrist and sanitary reform, with the implementation of the Unique Health System (SUS) and of RAPS. The debate around the changes of the mental health policy needs to reach society and mainly users and families who are the target of these policies, aiming at guaranteeing the right to care and attention within RAPS in the communitarian, participative, democratic and autonomous logic, instead of the institutionalization of asylum services
Palavras-chave: Saúde mental
Centro de Atenção Psicossocial
Assistentes sociais - Prática profissional
Mental health
Psychosocial Care Network
Social workers - Professional practice
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Silva, Silvia Moreira da. O trabalho nos Centros de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (CAPS – AD) nos municípios de Santo André e Diadema (SP): desafios para a atuação profissional. 2019. 186 f. Tese (Doutorado em Serviço Social) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/22822
Data de defesa: 9-Oct-2019
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Silvia Moreira da Silva.pdf1,32 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.