REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/22729
Tipo: Dissertação
Título: Suicídio na biopolítica: estudo à luz dos escritos de Michel Foucault
Autor(es): Almeida, Flávia Andrade
Primeiro Orientador: Muchail, Salma Tannus
Resumo: Por que o suicídio é tratado primordialmente como assunto das áreas da saúde que tendem a descrevê-lo frequentemente como “tabu”? Essa foi uma das principais inquietações que levou ao desenvolvimento da presente pesquisa. No intuito de contribuir com uma análise não reducionista do fenômeno do suicídio recorremos a Foucault, para desnaturalizar o fato de o suicídio ser um tema primordialmente de investigação e intervenção das áreas da saúde. Para pensar essa problemática sob a perspectiva dos escritos de Foucault foi necessário abordar o tema em seu estatuto político a partir das pistas que Foucault apresenta, investigando as modificações no estatuto político sobre vida e morte na realidade biopolítica. Realizamos um estudo sobre estatuto político do ato e do discurso sobre suicídio uma vez que ato e discurso estão contundentemente imbricados. Investigamos condições de possibilidade dos modos de produção de verdades sobre o suicídio. Foi possível verificar que o estatuto político do suicídio se modificou sobretudo a partir da alteração do estatuto político da vida no desenvolvimento das tecnologias da biopolítica que têm como preocupação central a manutenção da vida e o imperativo da saúde. Verificamos que, assim como a morte, o suicídio passa a ser escondido, interditado, numa realidade de poder político que investe e medicaliza a vida, ao passo que desqualifica a morte. O suicídio, assim como vida e morte, passa a ser tratado predominantemente pelos saberes da saúde e nesse estudo apontamos as implicações dessa realidade, para além do que parece estar socialmente naturalizado
Abstract: Why is suicide primarily treated as a subject from health areas that often tend to describe it as a “taboo”? This was one of the main concerns that led to the development of this research. In order to contribute to a non-reducionist analysis of the phenomenon of suicide we turn to Foucault, to denature the fact that suicide is a topic primarily of investigation and intervention of the areas of health. In order to think about this problem from the perspective of Foucault’s writings, it was necessary to approach the theme in its political status from the clues that Foucault presents, investigating the changes in the political status of life and death in biopolitical reality. We conducted a study on the political status of the act and the discourse on suicide since the act and speech are conclusively overlapped. We investigate conditions of possibility of the ways of producting truths about suicide. It was possible to verify that the political statute of suicide changed mainly from the change of the political status of life in development of Technologies of biopolitics that have central concern the maintenance of life and the imperative of health. We find that just like death, suicide becomes hidden, interdicted, in a reality of political power that invests and medicalizes life, while disqualifying death. Suicide as well as life and death, is dealt with predominantly by knowledge of health and in this study we point out the implications of this reality beyond what appears to be socially naturalized
Palavras-chave: Biopolítica
Vida
Morte
Suicídio
Biopolitics
Life
Death
Suicide
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia
Citação: Almeida, Flávia Andrade. Suicídio na biopolítica: estudo à luz dos escritos de Michel Foucault. 2019. 91 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2019.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/22729
Data do documento: 8-Out-2019
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Flávia Andrade Almeida.pdf644,92 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.