???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/22200
Tipo do documento: Dissertação
Título: Velhices e envelhecimento: potências do cuidado tecido nas dobras e redobras do bordado
Autor: Oliveira, Cláudia Soares de 
Primeiro orientador: Tótora, Silvana Maria Corrêa
Resumo: Esta pesquisa buscou, ao traçar uma linha de vida entre a ciência, a filosofia e a arte, um modo de existir outro, ou seja, aquele que não segue um modelo preestabelecido mas que cria suas próprias condutas. Partiu-se de questionamentos em torno do cuidado com a vida na atualidade onde a formação técnica prevalece com ênfase nas disciplinas, nas especialidades e na tecnologia resultando uma medicina que controla e exige autocontrole do corpo a partir de um cuidado prescritivo, pois o que interessa é agir de modo integrado e protocolado em termos multiprofissionais sobre os processos desejantes vinculados à produção dos modos de existências, pautados pelo olhar do risco de adoecer e morrer. Nesse sentido, falar do cuidado no tempo da velhice é falar do cuidado da saúde do corpo biológico. A pesquisa se deu a partir do convívio junto ao grupo Teia de Aranha formado por mulheres bordadeiras de diferentes idades e pretendeu mostrar que o não-reconhecimento da realidade abre a brecha para o real, para o encontro com o imprevisível e para as potências da vida. A partir da convivência com essas bordadeiras mostramos o exercício daquilo que buscamos constituir: a produção de um cuidado que se exerce no cotidiano mais simples e necessário e que pode desencarcerar e potencializar a vida. Nessa perspectiva são abordados aspectos e momentos desse grupo onde o reconhecimento e acolhimento das incertezas, acasos e o desejo de persistir no caminho da vida cotidiana, resulta em uma ética afirmativa na produção de bons e alegres encontros que ampliam sensibilidades, lugares e tempos. Tecemos uma teia para pensar o cuidado com a vida a partir das pistas que julgamos potentes e que surgiram nos encontros de bordado ou nos encontros festivos do grupo. Com este enfoque abordamos a leitura e o bordado como possibilidades de fugir da normalização do modo de existência na velhice. Literatura, poesia e bordado enquanto lugares do cuidado inserido num tempo-espaço povoado de intensidades. Mostramos que o corpo-fazedor dessas bordadeiras que envelhecem entre amigas está em constante processo de contaminação e transformação e que a aposta nas trocas, nas forças do agir e do pensar irão implicar em um “cuidado de si”
Abstract: This study seeks, upon drawing a life line between science, philosophy and art, a way for the other to exist, or a way for one who does not follow a preestablished model to, rather, create her own behaviour. It arised out of questions centering on the contemporary manner of care for life where technical education prevails and puts an emphasis on disciplines, specialities and Technologies, resulting in a practice of medicine that controls and demands the auto control of the body, centered on prescriptive care since what is of most importance is to proceed in an integrated and orderly fashion in multi-professional terms about the desired processes attached to the production of existing copying mechanisms, and guided by an eye on the risk of getting sick and dying. In this sense, addressing care of the aging is addressing care for the biological body’s health. The study was made possible by the work done in conjunction with Teia de Aranha (Spider’s Web), a multi-aged women’s embroidery group, and was designed to demonstrate that the failure to recognize reality opens a pathway to that which is real, to an encounter with the unpredictable, and to life’s possibilities. Based on the interaction with these embroiderers, we show the exercise of that which we seek to form: the production of care which is carried out in simple and necessary day-to-day life which can release and energize life. In this perspective aspects and moments of this group are addressed where the recognition and reception of uncertainties, coincidences, and the desire to continue on life’s daily paths results in an affirmative ethic in the production of good and happy meetings which increase sensibilities, places, and times. We weave a web for thought on the care for life starting with the clues we judged to have potential and which arose in the embroidery meetings or in the group’s parties. With this focus, we addressed reading and embroidering as possibilities for escape from the normalization of modes of existence among the aging. Literature, poetry and embroidery while places of care inserted into a space-time populated with intensities. We show that the body — maker of these embroidered works — which grows old among friends is in the constant process of contamination and transformation and that focus on the exchanges, the efforts to act and to think will implicate a form of care in and of itself
Palavras-chave: Interação social na velhice
Envelhecimento
Qualidade de vida
Bordado
Social interaction in aged
Aging
Quality of life
Embroidery
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL::SERVICO SOCIAL APLICADO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Gerontologia
Citação: Oliveira, Cláudia Soares de. Velhices e envelhecimento: potências do cuidado tecido nas dobras e redobras do bordado. 2018. 153 f. Dissertação (Mestrado em Gerontologia) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Gerontologia, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/22200
Data de defesa: 27-Mar-2019
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Gerontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Cláudia Soares de Oliveira.pdf10,04 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.