REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/22081
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorBottura, Denise Aparecida Raia-
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4941396P0por
dc.contributor.advisor1Moraes, Suzana Guimarães-
dc.date.accessioned2019-04-24T10:20:12Z-
dc.date.issued2019-03-11-
dc.identifier.citationBottura, Denise Aparecida Raia. Hanseníase: atualização da equipe de saúde da família com a metodologia da problematização. 2019. 53 f. Dissertação (Mestrado em Educação nas Profissões da Saúde) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Sorocaba, 2019.por
dc.identifier.urihttps://tede2.pucsp.br/handle/handle/22081-
dc.description.resumoA Hanseníase é uma doença infectocontagiosa crônica e representa um grave problema para o Sistema de Saúde Brasileiro, pela sua magnitude e pelo seu alto poder incapacitante. Nos últimos trinta anos tivemos uma grande evolução no tratamento da hanseníase, juntamente com as mudanças no Sistema de Saúde Brasileiro, com a formação das Equipes de Saúde da Família e com o trabalho dos Agentes Comunitários da Saúde. Estes últimos atuando em contato direto e constante com a população. Faz-se, então, necessário investir na sua formação, com a finalidade de capacitá-los a trabalhar em equipe, com domínio de conhecimentos e habilidades para o desempenho de suas funções. Objetivo: Descrever a Metodologia da Problematização, como uma estratégia de ensino na capacitação da Equipe de Saúde da Família. Material e Métodos: estudo descritivo tipo relato de experiência com uma Equipe de Saúde da Família do consultório municipal “Dr. Martiniano Salgado” de Votuporanga, formada por 10 pessoas. Foram realizados 2 encontros. Na primeira etapa do Arco de Maguerez, foram utilizadas 2 dinâmicas, a dos Balões para avaliar o quanto sobre hanseníase a equipe tinha conhecimento e a segunda dinâmica, dos Cartazes para que os participantes pontuassem os problemas encontrados em relação à hanseníase. Resultado: a aplicação da metodologia da problematização mostrou-se satisfatória na capacitação da Equipe de Saúde da família, além de estimular a participação ativa dos participantes na resolução do problema. Discussão: A Metodologia da Problematização é realmente uma estratégia importante no processo formativo, promovendo o estímulo, a autonomia dos participantes e a construção do conhecimento coletivopor
dc.description.abstractLeprosy is a chronic infectious contagious disease and represents a serious problem for the Brazilian Health System, due to its magnitude and its high incapacitating power. In the last thirty years we have had a great evolution in the treatment of leprosy, together with the changes in the Brazilian Health System, with the formation of the Family Health Teams and with the work of the Community Health Agents. The latter acting in direct and constant contact with the population. It is then necessary to invest in their training, in order to enable them to work as a team, with mastery of knowledge and skills to perform their duties. Objective: To describe the Methodology of Problematization, as a teaching strategy in the training of the Family Health Team. Material and Methods: a descriptive study describing the experience with a Family Health Team of the municipal practice "Dr. Martiniano Salgado "of Votuporanga, formed by 10 people. Two meetings were held. In the first stage of the Arch of Maguerez, 2 dynamics were used, the Balloons to evaluate how much leprosy the team had knowledge and the second dynamics, of the Posters so that the participants scored the problems found in relation to leprosy. Results: the application of the problem-solving methodology proved to be satisfactory in the training of the Family Health Team, in addition to stimulating the active participation of the students in solving the problem. Conclusion: The Problem-solving Methodology is really an important strategy in the training process, promoting the stimulus, the autonomy of the students and the construction of collective knowledgeeng
dc.formatapplication/pdf*
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucsp.br/tede/retrieve/48744/Denise%20Aparecida%20Raia%20Bottura.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de São Paulopor
dc.publisher.departmentFaculdade de Ciências Médicas e da Saúdepor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsPUC-SPpor
dc.publisher.programPrograma de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúdepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectHanseníasepor
dc.subjectAgentes comunitários de saúde - Treinamento - Brasilpor
dc.subjectEducação permanentepor
dc.subjectLeprosyeng
dc.subjectCommunity health aides - Brazileng
dc.subjectContinuing educationeng
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAOpor
dc.titleHanseníase: atualização da equipe de saúde da família com a metodologia da problematizaçãopor
dc.typeDissertaçãopor
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Denise Aparecida Raia Bottura.pdf1,68 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.