???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21778
Tipo do documento: Dissertação
Título: Eficácia e dinamismo da política fiscal: uma discussão entre a visão de Keynes e da Equivalência Ricardiana
Autor: Cardoso, André Bologna de Castro 
Primeiro orientador: Sawaya, Rubens Rogério
Resumo: A política fiscal sempre foi fonte de controvérsia entre as diversas correntes do pensamento econômico. Após a Grande Depressão de 1929, a política fiscal, influenciada pelo pensamento de John Maynard Keynes, ganhou status preponderante na sustentação da demanda agregada. Contudo, a partir dos anos 1970-1980, ela foi sendo considerada ineficaz para influenciar a economia e foi se subordinando à política monetária. A crise de 2008 trouxe importantes revisões na visão convencional sobre o papel da política. Antes reduzida a mero instrumento secundário de política econômica, no atual debate econômico, especialmente, com as limitações na política monetária, as ações fiscais foram alçadas a maior protagonismo. O objetivo desse trabalho é discutir a eficácia e o dinamismo da política fiscal sob dois prismas diferentes: o de Keynes e o da Equivalência Ricardiana. A partir dessa leitura de Keynes sobre política fiscal busca-se realizar a crítica da Equivalência Ricardiana tentando demonstrar que a política fiscal é um importante de política econômica, pois ela possui dinamismos e seus efeitos são importantes para economia como um todo
Abstract: Fiscal policy has always been a source of controversy among the various currents of economic thought. After the Great Depression of 1929, fiscal policy, influenced by the thinking of John Maynard Keynes, gained preponderance status in sustaining aggregate demand. However, from the 1970s onwards, it was considered ineffective to influence the economy and was subordinated to monetary policy. The crisis of 2008 brought important revisions in the conventional view on the role of politics. Before being reduced to mere secondary instrument of economic policy, in the current economic debate, especially with the limitations in the monetary policy, fiscal actions were elevated to greater protagonism. The objective of this paper is to discuss the effectiveness and dynamism of fiscal policy under two different prisms: Keynes vision and Ricardian Equivalence. From this reading of Keynes on fiscal policy we try to make the Ricardian Equivalence critique trying to demonstrate that fiscal policy is an important economic policy, because it has dynamisms and its effects are important for the economy as a whole
Palavras-chave: Política tributária
Macroeconomia
Economia keynesiana
Equivalência ricardiana
Fiscal policy
Macroeconomics
Keynesian economics
Ricardian equivalence
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Economia, Administração, Contábeis e Atuariais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política
Citação: Cardoso, André Bologna de Castro. Eficácia e dinamismo da política fiscal: uma discussão entre a visão de Keynes e da Equivalência Ricardiana. 2018. 145 f. Dissertação (Mestrado em Economia Política) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21778
Data de defesa: 7-Dec-2018
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
André Bologna de Castro Cardoso.pdf1,03 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.